21 de junho de 2024
Policial

Adolescente afirma ter sido drogada e estuprada por dois homens em Monte Mor

policia

Uma adolescente de 14 anos, moradora do Jardim Paviotti, em Monte Mor, afirma que foi drogada e estuprada por dois homens na noite do último dia 18, em Monte Mor. Ela ainda teria sido mantida em cárcere privada, sendo liberada apenas na manhã seguinte. Segundo ela, após beber uma bebida dada pelos homens, não consegue mais se lembrar do que aconteceu, mas sentindo fortes dores na região íntima.

De acordo com declarações da menor, na noite do dia 18 de novembro, ela teria sido coagida por uma suposta amiga, identificada apenas como T., que a obrigou a seguir até o Jardim Paulista.

A menor teria contado ao pai que a “amiga” fez ameaças, afirmando que, caso ela se negasse a segui-la, “uns caras” invadiriam sua casa e “acabaria” com seus pais.

Coagida, a menor conta que acabou seguindo a conhecida, que segundo informações, morava no mesmo quintal que a adolescente.

ESTUPRO

Após chegarem ao Jardim Paulista, a “amiga” levou a estudante até um terreno baldio, onde dois homens à aguardavam. A vítima contou à Polícia Civil que os homens eram chamados pelos apelidos de “Índio e “Cabelo”.

Rapidamente, os homens colocaram a adolescente dentro de um carro, um Santana vermelho. A menina foi levada para uma residência não identificada, onde, segundo ela, foi obrigada a tomar um liquido desconhecido e, logo em seguida, teria ficado inconsciente.

DORES

O crime teria acontecido por volta das 22h. Após passar a noite inconsciente, a adolescente acordou na manhã seguinte sentindo fortes dores nas partes íntimas.

Os homens que estavam na casa pediram para que a vítima e a “amiga” entrassem no carro e seguiram até o Jardim Santa Rosa, em Monte Mor, onde abandonaram as meninas.

Assustada, a adolescente ligou para o pai, que imediatamente, foi até o respectivo bairro e socorreu a filha, levando-a até uma unidade de saúde, onde ela passou por atendimento médico e foi liberada.

Apesar de o crime ter acontecido no dia 18 de novembro, o caso só foi registrado em boletim de ocorrência na manhã de segunda-feira, na Delegacia de Monte Mor, onde um inquérito será aberto para apurar o caso.

A adolescente passará por exame de corpo de delito, onde poderá ser analisado se houve conjunção carnal. Até o fechamento desta reportagem, os suspeitos de terem estuprado a menor não haviam sido encontrados.

Thiago Alves | Monte Mor

Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98