12 de junho de 2024
Policial

Professora de Hortolândia é brutalmente assassinada

A professora Andréia Marelize Borelli, 44, foi encontrada morta e carbonizada na tarde de anteontem, em Sumaré, em um terreno na Rua das Orquídeas, no bairro Chácaras Primavera. A casa dela, no Jardim Santa Clara, em Hortolândia, havia sido invadida horas antes por criminosos que levaram eletroeletrônicos e fugiram com o carro da vítima, um Chevrolet/Celta – a família acredita que ela foi levada junto.
A vítima era coordenadora pedagógica da Emef (Escola Municipal de Ensino Fundamental) Villagio Ghiraldelli, em Hortolândia. A prefeitura decretou luto na escola hoje.
andreia
Em seu perfil no Facebook, dezenas de amigos lamentavam a morte cruel e descreveram como Andréia era querida. De acordo com familiares da mulher, que pediram para não serem identificados, ela estava com as mãos amarradas.
Segundo consta no BO (Boletim de Ocorrência), uma pessoa que mora em frente ao terreno onde a mulher foi encontrada relatou que por volta de meio-dia de sábado viu dois carros de cor prata ou cinza no local. Homens atearam fogo no terreno e fugiram.
Quando a testemunha foi ao local para apagar o fogo, notou que havia um corpo em chamas, e acionou o Corpo de Bombeiros para apagar o incêndio, que estava se alastrando. As polícias Militar e Civil foram acionadas, e após a contenção das chamas, as autoridades encontraram no terreno um celular e um galão vazio.
ROUBO
Horas antes de o corpo da mulher ser encontrado, a casa onde ela morava, no Jardim Santa Clara, em Hortolândia, havia sido invadida por ladrões, que levaram home theater, computador, notebook, entre outros equipamentos eletrônicos, e fugiram no carro da mulher.
A família acredita que tenha ocorrido um latrocínio (roubo seguido de morte), e que Andréia tenha sido levada pelos criminosos durante a ação.
No perfil da professora no Facebook, a maioria dos comentários mostrava indignação com a brutalidade do crime.
“Minha família está chocada com tamanha brutalidade… É muito triste receber esta notícia… Perdi uma grande professora, uma pessoa muito linda, de alto astral e que tinha um grande futuro pela frente… Todos amávamos e respeitávamos…”, escreve um rapaz. “Primeiro veio a dor junto com ela vem a revolta e a indignação… Perdemos a amiga e Hortolândia perde uma excelente educadora”, escreveu outra amiga.
Fonte: TodoDia
Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98