Nossa Região

Região de Campinas tem 84 trechos rodoviários sujeitos a neblina na malha concedida, alerta ARTESP

inundações

Levantamento feito pela ARTESP – Agência de Transporte do Estado de São Paulo aponta os principais trechos rodoviários da malha concedida de 11,1 mil quilômetros sujeitos a neblina. O mapeamento mostrou a existência de 294 segmentos rodoviários em que o fenômeno atmosférico é mais comum (veja a lista completa aqui), dos quais 84 ficam na região de Campinas (confira tabela abaixo). Os trechos rodoviários com alta incidência de neblina na região atravessam, no total, 41 municípios, sendo Itapira, Mogi Mirim e Rio Claro aqueles com mais pontos sujeitos a ocorrências deste tipo.

Os meses mais frios do ano são marcados pela maior incidência de neblina, que aparece principalmente nas primeiras horas do dia e no final da tarde. A condição climática interfere na visibilidade e deixa a pista menos aderente, por conta da umidade. Isso pode causar acidentes de colisão e choques contra outros veículos ou obstáculos como guard-rails e muretas de proteção. 

“Durante a época de outono e inverno, a neblina é uma condição climática comum, que deve ser mapeada para que as concessionárias, junto com o apoio da ARTESP, possam realizar ações de segurança, com o objetivo de garantir que o usuário tenha uma viagem tranquila. Recomenda-se que o motorista redobre a atenção e reduza a velocidade na pista”, comenta Milton Persoli, diretor geral da ARTESP.  

Pontos com maior incidência de neblina na região

LOCALIZAÇÃO

MUNICÍPIO(S)

SP-063 – Rodovia Romildo Prado

km 0 ao km 15

Louveira/Itatiba

SP-101 – Jornalista Francisco Aguirre Proença

km 2 ao km 7,99

Campinas/Hortolândia

km 18 ao km 18,99

Monte Mor

km 48 ao km 71,25

Capivari/Rafard/Tietê

SP-127 – Rod. Fausto Santomauro/Rod. Cornélio Pires

km 02 ao km 08

Rio Claro

km 11 ao km 13

Rio Claro

km 17 ao km 20

Piracicaba

km 21 ao km 22

Piracicaba

km 28 ao km 29

Piracicaba

km 41 ao km 43

Piracicaba

km 56 ao km 58

Rio das Pedras

SP-147 – Rod. Monsenhor Clodoaldo de Paiva/Rod. Engenheiro João Tosello/Rod. Deputado Laércio Corte

km 42,35 ao km 42,85

Itapira

km 48,25 ao km 48,75

Itapira

km 50,49 ao km 52,55

Mogi Mirim

km 54,97 ao km 56,05

Mogi Mirim

km 68,09 ao km 68,59

Mogi Mirim

km 69,93 ao km 70,43

Mogi Mirim

km 79,39 ao km 79,89

Engenheiro Coelho

km 86,21 ao km 86,71

Engenheiro Coelho

km 93,63 ao km 94,13

Limeira

km 101,41 ao km 101,91

Limeira

km 113,37 ao km 113,87

Limeira

km 122,5 ao km 123

Limeira

km 128,29 ao km 128,79

Iracemápolis

km 134,5 ao km 143

Piracicaba

SP-191 – Rod. Wilson Finardi/Rod. Irineu Penteado

km 4,75 ao km 5,25

Mogi Mirim

km 10,65 ao km 11,15

Mogi Mirim

km 23,25 ao km 23,75

Conchal

km 25,15 ao km 25,65

Conchal

km 32,05 ao km 33,45

Araras

km 35,17 ao km 35,67

Araras

km 52,47 ao km 55,03

Araras

km 62,23 ao km 62,73

Rio Claro

km 64,73 ao km 65,23

Rio Claro

km 68,25 ao km 69,03

Rio Claro

km 71,61 ao km 72,11

Rio Claro

km 73,51 ao km 74,01

Rio Claro

SP-215 – Rodovia Vicente Botta

km 54,37 ao km 54,87

Casa Branca

km 58,15 ao km 58,65

Casa Branca

km 60,83 ao km 61,33

Casa Branca

km 65,85 ao km 66,35

Santa Cruz das Palmeiras

km 80,81 ao km 81,31

Santa Cruz das Palmeiras

SP-225 – Rodovia Engenheiro Paulo Nilo Romano

km 91,43 ao km 117

Itirapina/Brotas

km 125 ao km 127

Brotas

km 129 ao km 132,5

Brotas

km 146 ao km 147,5

Brotas

km 153 ao km 173

Brotas/Dois Córregos/Jaú

SP-300 – Rodovia Dom Gabriel Paulino Bueno Couto

km 64 ao km 65

Jundiaí

km 70 ao km 73

Itupeva

km 83 ao km 97

Cabreuva

SP-308 – Comendador Mário Dedini (Rodovia do Açúcar)

Km 102,2 ao km 115,99

Salto/Elias Fausto

Km 124 ao km 126,99

Capivari

Km130 ao km 148,99

Capivari/Rio das Pedras

SP-310 – Rodovia Washington Luiz

km 153,25 ao km 172

Cordeirópolis/Santa Gertrudes/Rio Claro

km 174,8 ao km 183

Rio Claro

km 187 ao km 190

Corumbataí

km 191 ao km 202

Corumbataí/Itirapina

km 204 ao km 209

Itirapina

SP-330 – Rodovia Anhanguera

km 46 ao km 68

Jundiaí

km 100 ao km 103

Campinas

km 120 ao km 158

Americana/Limeira

km 161,37 ao km 161,87

Araras

km 165,27 ao km 165,77

Araras

km 175,01 ao km 175,51

Araras

km 183,67 ao km 184,17

Leme

km 187,91 ao km 188,41

Leme

km 190,39 ao km 190,89

Leme

km 198,43 ao km 198,93

Santa Cruz da Conceição

km 204,01 ao km 204,51

Pirassununga

km 207 ao km 207,5

Pirassununga

km 210,49 ao km 210,99

Pirassununga

km 219,55 ao km 220,05

Porto Ferreira

km 227,75 ao km 235,15

Porto Ferreira

SP-332 – Rodovia General Milton Tavares de Souza

km 130 ao km 140

Paulínia/Cosmópolis

SP-348 – Rodovia dos Bandeirantes

km 46 ao km 65

Jundiaí

km 120 ao km 130

Sumaré/Santa Bárbara D’Oeste

km 138 ao km 171

Limeira

SP-352 – Rod. Antonio Cazalini/Rod. Comandante Virgulino de Oliveira

km 162,91 ao km 163,41

Itapira

km 166,11 ao km 166,61

Itapira

km 170,43 ao km 170,93

Itapira

km 172,55 ao km 173,95

Itapira

km 179,05 ao km 179,55

Itapira

km 184,92 ao km 185,42

Itapira

SP-360 – Rodovia Engenheiro Constâncio Cintra

km 61 ao km 81

Jundiaí/Itatiba

Em caso de baixa visibilidade, redobre a atenção

Para evitar transtornos, a ARTESP recomenda que o motorista tome cuidados redobrados, principalmente nos horários com mais neblina.

  • Reduza gradualmente a velocidade ao perceber os primeiros sinais de neblina;
  • Mantenha uma distância segura do veículo à frente;
  • Acenda os faróis baixos – tanto de dia quanto à noite. Já o farol alto, independente do horário, dificulta a visibilidade pela grande dispersão de luz emitida sob neblina;
  • Não pare o veículo no acostamento;
  • Nunca pare na pista;
  • Não ligue o pisca-alerta com o veículo em movimento;
  • Use a pintura de faixa da pista como referência do caminho a seguir;
  • Fique atento a sinais sonoros externos que possam indicar uma situação atípica à frente como buzinas, sirenes e som de colisão. Para isso, deixe a janela aberta, ainda que parcialmente;
  • Evite uso de aparelhos que possam dispersar a atenção;
  • Troque periodicamente as palhetas e deixe o para-brisa limpo;
  • Deixe o para-brisa limpo;
  • Mantenha o vidro aberto ou ligue a ventilação dentro do carro para não embaçar os vidros;
  • Caso julgue não ter condições de visibilidade para seguir viagem, pare somente em locais seguros como postos de abastecimento e SAUs (Serviço de Atendimento ao Usuário).

Ações na região 

Em caso de neblina, as concessionárias responsáveis pelas rodovias da malha concedida do Estado sinalizam a condição nos Painéis de Mensagens Móveis (PMVs), para que o motorista redobre a atenção e reduza a velocidade para que em caso de emergência tenha tempo hábil de parar o carro sem se envolver em um acidente. 

Sobre a ARTESP

A ARTESP – Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte do Estado de São Paulo – regula o Programa de Concessões Rodoviárias do Governo do Estado de São Paulo há mais de 20 anos. Sob sua gerência, estão 20 concessionárias, que atuam em 11,1 mil quilômetros de rodovias, o que representa mais de 40% da malha estadual, abrangendo 335 municípios.

A Agência também fiscaliza o Transporte Intermunicipal de Passageiros, exceto nas Regiões Metropolitanas de São Paulo, de Campinas, da Baixada Santista, do Vale do Paraíba/Litoral Norte e Sorocaba. Dentre as ações, realiza auditoria de frota, garagem e instalações, ações fiscais na operação das linhas regulares, nos terminais rodoviários e nas rodovias. Além disso, a ARTESP é responsável pela regulação da concessão de 27 aeroportos regionais.

Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98