Connect with us

Nossa Região

Governo anuncia R$ 70,2 milhões para novas escolas e creches na região de Campinas

Publicado

em

O Governador João Doria anunciou nesta sexta-feira (7), em Jaguariúna, investimento de R$ 70,2 milhões para a realização de obras e construção de unidades escolares em 11 municípios da região de Campinas.

Doria também entregou uma unidade do Programa Creche Escola, com investimento de mais de R$ 1,6 milhão em parceria com a Prefeitura de Jaguariúna, e autorizou a liberação de R$ 7,5 milhões para pavimentação de ruas na cidade.

“Já inauguramos 170 creches nestes três anos de governo, com serviço gratuito para a população e padrão de creches privadas. Temos mais de cem creches em execução e que serão inauguradas neste ano”, declarou Doria.

“Também assinamos a autorização para mais R$ 70 milhões na área de Educação em 11 municípios. Educação é prioridade absoluta do nosso governo, ao lado da área da saúde”, acrescentou o Governador.

Doria autorizou a construção de três escolas de tempo integral, duas em Campinas e uma em Mogi Mirim, em um investimento somado de R$ 35 milhões. Os municípios de Amparo e Serra Negra foram beneficiados para a construção de duas unidades do Programa Creche Escola, que vão totalizar repasses de R$ com 8,4 milhões.

Por meio da Secretaria da Educação, o Estado vai aplicar outros R$ 26,7 milhões para revitalização de unidades de ensino na região. Quinze escolas da rede estadual receberão cobertura de quadra e outras 45 terão a rede elétrica reformada para o processo de climatização do ambiente escolar.

Nas cidades de Lindóia, Mogi Guaçu, Pedreira, Santo Antônio de Posse e Serra Negra, cinco creches receberão R$ 3,4 milhões no total para a construção de duas salas e dois banheiros em cada unidade.

“Saímos de 364 escolas de ensino em tempo integral para já chegarmos a 2.048 no início deste ano. Vamos fazer ampliações e os prefeitos e prefeitas têm respondido no que é necessário para a gente acelerar. Vamos continuar investindo em educação infantil e básica, este é o caminho para transformar”, disse o Secretário de Educação Rossieli Soares.

Programa Creche Escola

O CEI Professora Deise Mabel Haite de Oliveira, inaugurado em Jaguariúna, tem capacidade para atender 150 crianças de zero a cinco anos. O prédio possui salas pedagógicas, berçários com fraldário e lactário, secretaria, refeitório, banheiros e área de serviço. A unidade também respeita normas de segurança e acessibilidade.

Para projetos similares, as Prefeituras devem oferecer um terreno compatível com um dos três modelos de plantas oferecidos pela Secretaria da Educação, além da documentação requerida pelo Estado.

Desde a criação do programa, em 2011, o Governo de São Paulo entregou 501 unidades de ensino infantil. Outras 124 estão em execução em todas as regiões do estado.

Nossa Região

Vice-prefeito de Campinas testa positivo para covid-19

Publicado

em

prefeitura-de-campinas

O vice-prefeito de Campinas e secretário municipal de Relações Institucionais, Wanderley de Almeida, testou positivo para a covid-19 nesta quarta-feira (26/01).

Por orientação do Departamento de Vigilância em Saúde (Devisa) da Prefeitura, ele vai ficar em isolamento em sua residência pelo período de sete dias.   

Wandão, como o vice-prefeito é conhecido, tomou as três doses da vacina contra a doença, está bem e não apresenta sintomas. Ele já estava em isolamento desde o último fim de semana, após ter tido contato com uma pessoa que testou positivo.

É a segunda vez que o vice-prefeito contrai covid-19. A outra havia sido no início de 2021, sem maiores complicações.

Continue Lendo

Nossa Região

Trabalhador morre ao realizar serviço na Câmara de Sumaré

Publicado

em

camara Sumare

A Câmara Municipal de Sumaré vem a público informar o triste falecimento de um funcionário de uma empresa terceirizada que realizava manutenção no sistema de monitoramento do prédio, na tarde desta terça-feira (25).

O Corpo de Bombeiros está no local, e a perícia da Polícia Civil foi acionada para realizar os trabalhos de praxe e posterior investigação das causas do ocorrido. O expediente da Câmara foi encerrado na tarde desta terça.

O presidente da Casa, vereador Willian Souza, se solidariza com a família e amigos da vítima e afirma que seguirá acompanhando todos os passos da investigação a fim de esclarecer as circunstâncias da morte do funcionário da empresa.

Continue Lendo

Nossa Região

Campinas tem mais de 15 mil Fuscas em circulação

Publicado

em

fusca

Levantamento do Detran.SP comprova que um dos modelos de veículo mais emblemáticos da história, o Fusca, continua nos corações dos motoristas paulistas. No dia 20 de janeiro, quando se comemora o Dia Nacional do Fusca (data do início de fabricação do carro no Brasil, em 1959), existem cerca de 650 mil Fuscas ativos trafegando pelas vias do Estado, desde a versão 1.200 cilindradas ao moderno New Beetle.

São Paulo, Campinas, Guarulhos, Santo André e São Bernardo do Campo ocupam os cinco primeiros lugares com a maior frota deste veículo. Atualmente, mais de 209 mil exemplares circulam nestas cidades, sendo que dez mil deles são itens de colecionadores, que circulam com placas pretas.

O Fusca foi lançado em 1935 pelo alemão Ferdinand Porshe com o nome de Typ I para ser um veículo popular e econômico. Ao logo dos anos passou pela modernização em sua mecânica, estética e passou a ser utilizado com várias finalidades, como uso pelo correio e até veículo militar durante a guerra, em 1939. Ganhou apelidos pelo mundo, onde foram produzidos mais de 21 milhões de exemplares, como Beetle, Bug, Käfer, Type 1, Carocha, Coccinelle, Escarabajo e Maggiolino.

No Brasil, começou a ser produzido em 1959 com peças 100% nacionais, chamado carinhosamente de fusquinha e fuscão, que tinha motor 1500 cilindradas e cores fortes como laranja e verde abacate. Ao ser substituído no mercado automobilístico por outros modelos populares, sua produção foi paralisada em 1986, mas retomada, em grande estilo, pelo ex-presidente Itamar Franco, em 1993, em São Bernardo do Campo (SP). Em 1996 saiu de linha definitivamente.

Mas os apaixonados pelo carrinho continuam firmes, inclusive no Fusca Clube do Brasil, em São Paulo. O engenheiro Ervin Moretti, de 67 anos, diretor do clube, tem uma história antiga com o carro, que foi onde aprendeu a dirigir aos 18 anos quando tirou a CNH. ” “Tenho uma ligação sentimental com o fusca porque foi o primeiro carro que dirigi. Quando minha vizinha quis vender seu Sedan 1974, verde, fiquei apaixonado. Comprei, mandei reformar e o apelidei carinhosamente de Horácio, que era meu personagem preferido dos quadrinhos”, conta.

O fusca verde ganhou ainda um item especial, um autógrafo no porta-luvas do Maurício de Souza, quando o engenheiro visitou o estúdio do cartunista. Fora a pintura, ‘Horácio’ não precisou de mais nenhuma reforma, só manutenção e já rodou várias cidades, como Tiradentes e Araxá, em Minas Gerais, mas com todo cuidado. “ Saio apenas para exposições e encontros ao lado de minha esposa Flávia porque é um carro muito visado para roubos. E coloquei uma placa de alerta “ Isto não é um carro, é um FUSCA”, brinca Ervin, que tem como copiloto a esposa Flávia, também colecionadora, desta vez de uma Kombi vermelha apelidada de Mônica.

Continue Lendo

Populares