Connect with us

Nossa Região

Domingo ainda registra temperaturas baixas, mas frio perde força

Publicado

em

frio

Depois da última semana em que uma massa de ar polar derrubou as temperaturas em todo o país, a partir de domingo (22), o frio perde força sobre as regiões e as tardes ainda serão amenas, mas as manhãs terão aumento na temperatura.

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), algumas capitais amanheceram neste domingo (22) com temperaturas próximas a 10 gruas Celsius (°C) ou menos e possibilidade de geada em áreas do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e Serra da Mantiqueira (SP e MG).

A partir de amanhã (23), todo o Centro-sul do país deixa de sentir a sensação de frio. O Rio de Janeiro volta a registrar 27°C, São Paulo alcança os 24°C e a previsão é de temperaturas agradáveis na Região Sul, considerando a época do ano, que não registra calorão nestas regiões.

Durante a próxima semana e até o fim do mês de maio, os dias seguem o padrão normal dentro da Climatologia. A massa de ar seco segue atuando no Centro-sul do Brasil, e os índices de umidade do ar tendem a cair.

Volta a chover sobre o Rio Grande do Sul ao longo da semana e os dias terão grande amplitude térmica, ou seja, manhãs e noites frias, mas com tardes quentes.

Publicidade

Segundo os meteorologistas, os modelos meteorológicos indicam que, em meados de junho, há previsão para a chegada de uma nova massa de ar polar, que resulta em uma onda de frio tão intensa quanto a observada nos últimos dias.

Campo

As temperaturas baixas da última semana e ocorrência de geadas no Centro-sul do país poderão impactar os cultivos de milho e feijão de segunda safra, que se encontram em fases fenológicas sensíveis, além das hortaliças e das culturas perenes como o café, cana-de-açúcar e frutas.

Segundo o Inmet, outro fator importante é que a queda de temperatura e a maior intensidade de geada podem ocasionar a ocorrência da temperatura letal, ou seja, uma temperatura que promove danos mais graves e irreversíveis às culturas.

Os registros de temperaturas nas estações meteorológicas menores que 2°C na fase de florescimento, por exemplo, podem comprometer a cultura do milho, enquanto 1°C, nesta mesma fase, impacta severamente a cultura do feijão (o feijão é afetado por temperaturas mais altas que essa).

Publicidade

Café e banana

Por ser uma cultura pouco tolerante ao frio, no caso do café, a ocorrência de temperaturas abaixo de 0°C no abrigo podem provocar danos parciais ou totais à planta. Já para a cultura da banana, temperaturas inferiores a 4°C podem ocasionar danos nas folhas e prejudicar os frutos em formação. A ocorrência e intensidade de geadas podem ser amenizadas a depender do relevo e velocidade dos ventos.

Geada

A geada é um fenômeno causado pela ocorrência de baixas temperaturas e seu efeito nas plantas varia de acordo com a espécie, a sua tolerância ao frio e a fase fenológica em que ela se encontra e sua ocorrência resulta, muitas vezes, em severos prejuízos econômicos principalmente se ocorrem precoce ou tardiamente.

fonte ebc

Publicidade

Nossa Região

Mega-Sena acumula mais uma vez; 3 aposta de Hortolândia acertam na quadra

Publicado

em

Por

mega-sena

O concurso 2.496 da Mega-Sena, realizado nesta quinta-feira (30) à noite no Espaço Loterias da Caixa em São Paulo, não teve acertadores das seis dezenas. Os números sorteados foram: 07 – 26 – 31 – 38 – 46 – 58.

A quina teve 50 ganhadores e cada um vai receber R$ 54.371,58. As 3.505 aposta que acertaram na quadra receberão o prêmio individual de R$ 1.108,04..

Na Região, uma posta de Campinas acertou a quina, três apostas de Hortolândia duas de Monte Mor e uma de Sumaré acertaram na quadra.

O próximo concurso (2.497), sábado(2), deve pagar um prêmio de R$ 43 milhões. As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país ou pela internet, no site da Caixa Econômica Federal. O sorteio é realizado às 20h, no Espaço Loterias Caixa, no Terminal Rodoviário do Tietê, em São Paulo.

Publicidade
Continue Lendo

Nossa Região

Unicamp inaugura hospital especializado em cirurgias de cabeça, pescoço, doenças do trato respiratório, ouvido e garganta

Publicado

em

iou

A população contará com uma nova unidade hospitalar dentro da sua rede pública na Unicamp. O IOU, Instituto de Otorrinolaringologia & Cirurgia de Cabeça e Pescoço terá capacidade para 200 mil atendimentos e 4 mil cirurgias por ano, em um sistema híbrido, com 70% dos atendimentos voltados para o SUS (Sistema Único de Saúde) e 30% para o público privado. O mais moderno instituto especializado em Otorrinolaringologia e Cirurgia de Cabeça e Pescoço, ensino e pesquisa do Brasil, será inaugurado nesta terça-feira (28), às 9 horas, em Campinas (SP). 

O Instituto, sem fins lucrativos, será o maior complexo em atendimento, cirurgia, ensino e pesquisa da área. Oferecerá tratamento multidisciplinar, procedimentos modernos e cirurgias de alta complexidade, com métodos pouco invasivos, para pacientes com câncer e doenças do trato respiratório, nariz, ouvido e garganta. Será o principal centro médico-hospitalar para uma população de 7 milhões de habitantes das 90 cidades próximas à Campinas.

Excelência em treinamento e pesquisa

O hospital-escola receberá ao ano aproximadamente 130 estudantes  de medicina e fonoaudiologia da Unicamp além de residentes de todas as partes do Brasil.  O Instituto conta com um Laboratório de Genômica, coordenado pelo cientista Paulo Arruda, um dos maiores nomes da genética brasileira, e se dedicará a duas linhas de pesquisa: genética da surdez e a de cânceres de cabeça e de pescoço.

Publicidade

O Instituto já nasce como um centro de referência em procedimentos de alta complexidade, uma vez que foi idealizado pela Divisão de otorrinolaringologia do hospital das Clínicas da Unicamp, pioneira na cirurgia do câncer de laringe por método minimamente invasivo e na reabilitação vocal por próteses fonatórias.

“Somos a primeira instituição pública do Brasil a fazer cirurgias endoscópicas para câncer de laringe usando laser de CO2, que reduz o período de internação de 10 dias para 24 horas, além de facilitar enormemente o pós-operatório.. Ele é considerado um padrão-ouro internacional e é apenas um exemplo dos métodos inovadores adotados no Instituto”, exemplifica Agrício Crespo.

IOU em números

200 mil consultas médicas/ano

Publicidade

88.668 exames de apoio diagnóstico/ano

4.320 cirurgias de portes variados/ano

7.000 m2 de construção, em terreno de 11.000 m2

30 consultórios médicos e para terapias complementares

Publicidade

18 estações de treinamento em cirurgias videoendoscópicas e microcirurgias

4 salas de cirurgias

10 salas de procedimentos especializados

3 consultórios odontológicos

Publicidade

3 auditórios modulares com capacidade para 220 pessoas

15 quartos para internação

Continue Lendo

Nossa Região

Aposta de Diadema leva Mega Sena. Aposta de Sumaré leva 35 mil

Publicado

em

mega sena

Uma aposta da cidade de Diadema, em São Paulo, acertou as seis dezenas do concurso 2.494 da Mega Sena, realizado na noite de ontem (25).

O prêmio final foi de R$ 78.763.087,85.

Confira as dezenas sorteadas:

01 – 04 – 10 – 22 – 53 – 54
 

Outras 157 apostas acertaram a Quina, composta por cinco dezenas, e premiaram R$ 35.919,96 cada, inclusive uma aposta de Sumaré. Já a quadra teve 11.899 acertadores, que receberão R$ 677,55.

O próximo sorteio está previsto para o dia 28 de junho. O total em prêmios é de cerca de R$ 35 milhões.

Publicidade

fonte ebc

Continue Lendo

Populares