Connect with us

Nossa Região

Campinas tem mais de 15 mil Fuscas em circulação

Publicado

em

fusca

Levantamento do Detran.SP comprova que um dos modelos de veículo mais emblemáticos da história, o Fusca, continua nos corações dos motoristas paulistas. No dia 20 de janeiro, quando se comemora o Dia Nacional do Fusca (data do início de fabricação do carro no Brasil, em 1959), existem cerca de 650 mil Fuscas ativos trafegando pelas vias do Estado, desde a versão 1.200 cilindradas ao moderno New Beetle.

São Paulo, Campinas, Guarulhos, Santo André e São Bernardo do Campo ocupam os cinco primeiros lugares com a maior frota deste veículo. Atualmente, mais de 209 mil exemplares circulam nestas cidades, sendo que dez mil deles são itens de colecionadores, que circulam com placas pretas.

O Fusca foi lançado em 1935 pelo alemão Ferdinand Porshe com o nome de Typ I para ser um veículo popular e econômico. Ao logo dos anos passou pela modernização em sua mecânica, estética e passou a ser utilizado com várias finalidades, como uso pelo correio e até veículo militar durante a guerra, em 1939. Ganhou apelidos pelo mundo, onde foram produzidos mais de 21 milhões de exemplares, como Beetle, Bug, Käfer, Type 1, Carocha, Coccinelle, Escarabajo e Maggiolino.

No Brasil, começou a ser produzido em 1959 com peças 100% nacionais, chamado carinhosamente de fusquinha e fuscão, que tinha motor 1500 cilindradas e cores fortes como laranja e verde abacate. Ao ser substituído no mercado automobilístico por outros modelos populares, sua produção foi paralisada em 1986, mas retomada, em grande estilo, pelo ex-presidente Itamar Franco, em 1993, em São Bernardo do Campo (SP). Em 1996 saiu de linha definitivamente.

Mas os apaixonados pelo carrinho continuam firmes, inclusive no Fusca Clube do Brasil, em São Paulo. O engenheiro Ervin Moretti, de 67 anos, diretor do clube, tem uma história antiga com o carro, que foi onde aprendeu a dirigir aos 18 anos quando tirou a CNH. ” “Tenho uma ligação sentimental com o fusca porque foi o primeiro carro que dirigi. Quando minha vizinha quis vender seu Sedan 1974, verde, fiquei apaixonado. Comprei, mandei reformar e o apelidei carinhosamente de Horácio, que era meu personagem preferido dos quadrinhos”, conta.

O fusca verde ganhou ainda um item especial, um autógrafo no porta-luvas do Maurício de Souza, quando o engenheiro visitou o estúdio do cartunista. Fora a pintura, ‘Horácio’ não precisou de mais nenhuma reforma, só manutenção e já rodou várias cidades, como Tiradentes e Araxá, em Minas Gerais, mas com todo cuidado. “ Saio apenas para exposições e encontros ao lado de minha esposa Flávia porque é um carro muito visado para roubos. E coloquei uma placa de alerta “ Isto não é um carro, é um FUSCA”, brinca Ervin, que tem como copiloto a esposa Flávia, também colecionadora, desta vez de uma Kombi vermelha apelidada de Mônica.

Nossa Região

Frio de até 4 graus é esperado para esta semana, confira:

Publicado

em

Ainda não chegamos ao inverno, mas vamos presenciar a semana mais gelada do ano. Então, as temperaturas prometem cair. Mantenham os casacos e guarda chuvas a postos e vamos para nossa previsão do tempo.

Confira a temperatura para a semana de acordo com o ClimaTempo

  • Segunda (16 de Maio)

Temperatura: entre 15° e 22°

Chuva: 8mm (probabilidade de 90%).

Vento a 10km/h

Umidade relativa do ar: entre 44% e 99%

  • Terça (17 de Maio)

Temperatura: entre 10° e 20°

Vento a 12Km/h

Umidade relativa do ar: entre 27% e 95%

  • Quarta (18 de Maio) 

Temperatura: entre 4° e 16°

Vento a 20Km/h

Umidade relativa do ar: entre 33% e 80%

  • Quinta (19 de Maio) 

Temperatura: 6° e 17°

Vento a 16Km/h

Umidade relativa do ar: entre 42% e 91%

  • Sexta (20 de Maio) 

Temperatura: entre 4° e 18°

Vento a 12Km/h

Umidade relativa do ar: entre 41% e 87%

  • Sábado (21 de Maio) 

Temperatura: entre 7°e 19°

Vento a 13Km/h

Umidade relativa do ar: entre 41% e 91%

  • Domingo (22 de Maio) 

Temperatura: entre 8° e 20°

Vento a 14Km/h

Umidade relativa do ar: entre 38% e 89%

Continue Lendo

Nossa Região

Unicamp usa cogumelo para desenvolver clareador dental

Publicado

em

cogumelo

Uma formulação inovadora para produção de clareadores dentais naturais a partir de cogumelos comestíveis do tipo shimeji foi desenvolvida em pesquisas conduzidas na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) em parceria com a Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). A invenção permitirá a remoção de manchas nos dentes sem o uso de produtos químicos abrasivos e com menos efeitos adversos do que os métodos disponíveis no mercado.

A tecnologia é resultado de um estudo interdisciplinar que envolveu pesquisadores da Unifesp e de três Faculdades da Unicamp: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF), Faculdade de Ciências de Alimentos (FEA) e Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP).

O método, com patente já depositada, possibilita o reaproveitamento de partes descartadas na produção de cogumelos, reduzindo a geração de resíduos da indústria e gerando valor à cadeia produtiva ao dar um destino nobre a partes que iriam para o lixo. “O clareador dental à base de extrato de shimeji foi desenvolvido pensando na sustentabilidade que mantém o tripé ambiental, econômico e social. Podemos dispor de grande quantidade de matéria-prima de baixo custo sem precisar aumentar a produção de cogumelos, e apoiando os pequenos produtores, que se beneficiariam da agregação de valor a um resíduo”, avalia Juliano Bicas, professor da FEA.

O invento, protegido com estratégia da Agência de Inovação Inova Unicamp, foi licenciado em 2021 para a Webbe Startups, uma spin-off acadêmica da Unicamp que tem como atividade principal o resultado de uma pesquisa ou conhecimento gerado na Universidade.

Confira o texto na integra – clique aqui

Continue Lendo

Nossa Região

Campinas leva na quina. Ninguém acerta da Mega Sena

Publicado

em

mega-sena

Nesta quarta, dia 14 de maio, ocorreu o novo concurso da Mega-Sena, concurso 2481. E como não houve vencedor, o prêmio se acumulou e subiu e deve chegar a 45 milhões de reais. As seis dezenas sorteadas foram: 01 – 08 – 21 – 27 – 36 – 37

Mesmo assim, a quina e a quadra distribuíram bons valores. Sendo assim, 72 bilhetes receberão um montante de R$ 62.081,21 (pela quina) inclusive uma aposta de Campinas e outros 5.710 bilhetes formaram a quadra e terão direito a R$ 1.118,30

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília), nas casas lotéricas credenciadas pela Caixa, em todo o país ou pela internet.

A aposta mínima, com seis dezenas marcadas, custa R$ 4,50

Continue Lendo

Populares