16 de junho de 2024
Nossa Região

Campinas se despede de Júlio Lobo, o contador de histórias do universo

Júlio Lobo

Com profundo pesar, a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo de Campinas lamenta informar o falecimento de Júlio Lobo, ocorrido neste domingo, 26 de maio. Júlio dedicou 47 anos de sua vida ao Observatório Municipal de Campinas Jean Nicolini, deixando um legado incomparável. A família Aguilera Lobo informa que o velório será realizado nesta segunda-feira, 27, a partir das 12h, no Cemitério da Saudade, em Campinas, seguido pelo sepultamento às 15h.

Nascido em 7 de janeiro de 1960, Júlio Lobo era mais do que um astrônomo. Autodenominava-se um contador de histórias do universo e estudioso de lendas, mitos e curiosidades. Sua paixão pela astronomia foi despertada na infância, quando testemunhou um espetáculo celestial que o deixou maravilhado. Esse evento singular o impulsionou a explorar os segredos do cosmos, um caminho que trilhou com dedicação e entusiasmo ao longo de sua vida.

Integrante do seleto grupo de “caçadores de meteoros”, Júlio Lobo desempenhou um papel fundamental no Observatório Jean Nicolini desde tenra idade, começando como estagiário em 1977. Sob a mentoria de Jean Nicolini, seu compromisso era claro: aproximar as pessoas do universo, compartilhar conhecimento e inspirar futuras gerações de astrônomos.

Nos últimos meses, Júlio Lobo nutria projetos ambiciosos, vislumbrando uma Astronomia Cultural que conectasse as pessoas à noite estrelada e às narrativas ancestrais do céu e da natureza. Sua visão transcendia as fronteiras da ciência, buscando enriquecer a experiência humana por meio da contemplação do cosmos.

Ao longo de sua trajetória, Júlio Lobo foi um fervoroso defensor da popularização da astronomia, incentivando pessoas de todas as idades a se encantarem por esse campo do conhecimento e a contribuírem para o avanço da pesquisa astronômica brasileira. Sua partida deixa um vazio irreparável na comunidade científica e no coração daqueles que foram tocados por sua sabedoria e paixão.

“Hoje, ele foi encontrar as estrelas que tanto admirou através de seus telescópios”, afirmam seus colegas de trabalho e admiradores, celebrando sua vida e legado. Júlio Lobo deixa um espaço imensurável no firmamento da astronomia brasileira, mas suas histórias e ensinamentos continuarão a brilhar como estrelas guias para as gerações futuras.

Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98