Connect with us

Nossa Região

Atacadão anuncia loja em Americana com geração de 500 empregos

Publicado

em

Atacadao

Nesta quarta (22), a Prefeitura de Americana anunciou a construção de uma nova da rede Atacadão na cidade, que deve gerar cerca 500 empregos. As obras devem começar em julho e a previsão de inauguração da unidade é dezembro.

O investimento na cidade será de R$ 80 milhões. A nova loja será instalada no portal de entrada da cidade, com 10 mil metros de área construída e mais de 150 vagas de estacionamento. Serão 250 empregos diretos e 250 empregos indiretos.

No encontro, que contou com a presença do secretário de Desenvolvimento Econômico de Americana, Rafael de Barros, e de Planejamento, Diego Guidolin, o prefeito foi informado de que as contratações dos funcionários da unidade serão feitas por meio do Cuca (Centro da Universidade do Conhecimento de Americana), em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, sem a exigência de experiência profissional prévia.

“Fico muito feliz em anunciar mais um empreendimento que irá gerar empregos em Americana. Nossa cidade está retomando a plena atividade econômica e a vinda da rede Atacadão, que é uma empresa sólida, com mais de 250 lojas no Brasil, é prova disso”, disse o prefeito Chico Sardelli.

O vice Odir também comemorou a chegada da nova empresa. “Uma preocupação minha e do nosso prefeito Chico sempre foi valorizar e proteger as empresas de Americana, sem deixar de tentar atrair mais investimentos de fora, então esse anúncio é muito importante nesse sentido”, disse.

Para o secretário de Desenvolvimento Econômico, Rafael de Barros, as contratações via Cuca e sem necessidade de experiência serão positivas para a juventude. “Muitos jovens estão em busca do primeiro emprego, então essa oportunidade oferecida pelo Atacadão será muito importante para que eles consigam entrar no mercado de trabalho”, disse o secretário.

Nossa Região

Campinas confirma mais três casos de monkeypox

Publicado

em

Por

variola

A Secretaria de Saúde de Campinas confirmou nesta quinta-feira(11) mais três casos de varíola dos macacos. O total de casos chega agora a 30.

A região metropolitana de Campinas soma 41 casos da varíola nas seguintes cidades: Campinas 30; Jaguariúna 2; Indaiatuba 2; Paulínia 2; Hortolândia 1; Americana 1; Vinhedo 1; Amparo 1; Valinhos 1;

Em Campinas, 14 casos foram classificados como importados, de acordo com a Secretaria de saúde da cidade. 13 com transmissão na própria metrópole.

Ainda segundo a pasta, 13 saíram do isolamento, e os demais estão sob acompanhamento ambulatorial, sem gravidade e com boa evolução.

Sintomas

O principal sintoma é o aparecimento de lesões parecidas com espinhas ou bolhas que podem surgir no rosto, dentro da boca ou em outras partes do corpo, como mãos, pés, peito, genitais ou ânus;
– Caroço no pescoço, axila e virilhas;
– Febre;
– Dor de cabeça;
– Calafrios;
– Cansaço;
– Dores musculares.

Pessoas infectadas devem permanecer isoladas até que as “casquinhas” das lesões caiam, o que demora cerca de 21 dias.

Os contatos próximos devem monitorar o aparecimento de sintomas e evitar o contato físico com outras pessoas.

Cuidadores e familiares não devem tocar em lesões e ter cuidado ao manipular roupas, lençóis e toalhas que foram usados pela pessoa infectada.

Prevenção


– Evitar contato direto com lesões características.
– Lavar com frequência das mãos ou uso de álcool em gel.
– Limpar com frequência as superfícies de alto contato.
– Usar máscara em locais com aglomerações de pessoas.
– Evitar situações de contato físico pele a pele em ambientes com aglomeração.
– Usar fontes confiáveis para ter informações sobre a doença.

Continue Lendo

Nossa Região

Mega-sena acumula e Hortolândia leva uma na quadra

Publicado

em

Por

mega-sena

Ninguém acertou as seis dezenas do sorteio da Mega-sena realizado na noite desta quarta-feira (10) e o prêmio acumulou para R$ 27 milhões. Os números sorteados no concurso 2509 foram 08-37-39-50-59-60.

Na quina 47 apostas acertaram cinco dos seis números sorteados e vão levar o prêmio de R$ 48.983,97 cada.

Na quadra, 2.560 apostas que acertaram quatro números. Na região, uma aposta de Hortolândia e quatro aposta de Sumaré, além de 25 em Campinas que levarão o valor de R$1.284,73 cada.

Continue Lendo

Nossa Região

Monte Mor deve receber unidade do Patrulheiros

Publicado

em

emprego

Plano de Ação é assinado entre a Prefeitura de Monte Mor e o Patrulheiros.

Nesta sexta-feira (05), o prefeito de Monte Mor, Edivaldo Brischi; acompanhado pela secretária de Desenvolvimento Econômico e Social e primeira-dama, Elaine Ravin Brischi; e pelo secretário de Planejamento e Obras de Monte Mor, Alexandre Campos; assinou o Plano de Ação, convênio com a organização da sociedade civil, Patrulheiros Matriz Campinas, que atende adolescentes e jovens, viabilizando a implantação de uma unidade dos Patrulheiros em Monte Mor.

Em reunião no Paço Municipal com o presidente da organização Patrulheiros Matriz Campinas, Adailton Silva; com o diretor financeiro, Leandro Garcez; com a gerente administrativa, Adriana Arten; e com a coordenadora de marketing, Aline Costa; o Plano de Ação foi oficialmente assinado, com a definição da Secretaria de Planejamento e Obras para dar início à adequação necessária do espaço físico que será ocupado pela unidade, na rua Antônio Eunis Martins, no prédio do Centro Profissionalizante Pedro Terruel, ao lado do Ginásio Baía Assis, no Jardim Paulista em Monte Mor.

Segundo o prefeito de Monte Mor, Edivaldo Brischi, a metodologia educadora de inclusão e imersão do jovem ao mundo do trabalho, da organização Patrulheiros, vai trazer mais oportunidades para os nossos jovens, sendo mais uma ferramenta para fomentar ainda mais as opções para a juventude de Monte Mor.

Estiveram presentes na ocasião da assinatura, o vereador e presidente da Câmara Municipal de Monte Mor, Alexandre Pinheiro (PTB) e o vereador professor Adriel (PT).

SOBRE PATRULHEIROS

Patrulheiros Matriz Campinas é uma organização da sociedade civil que atende adolescentes e jovens, de 15 a 22 anos e suas famílias em situação de vulnerabilidade socioeconômica, sem distinção de etnias, gênero, visão política ou crença religiosa.

São prestados serviços socioassistenciais, promovendo o fortalecimento dos vínculos familiares e comunitários, a inclusão social, o protagonismo e o exercício da cidadania, na perspectiva da autonomia e emancipação dos usuários, além de inserir adolescentes e jovens no mundo do trabalho por meio da socioaprendizagem.

Tendo como missão contribuir na promoção, proteção e formação cidadã, do adolescente e do jovem, em situações de vulnerabilidade e/ou risco social e pessoal, apoiando e fortalecendo suas famílias e comunidades na superação das desigualdades sociais. Com o objetivo de aperfeiçoar e ampliar as atividades destinadas aos jovens e comunidade, em prol de uma sociedade mais justa, solidária, consciente, participativa e responsável.

Continue Lendo

Populares