15 de junho de 2024
Nossa Cidade

Vacinação contra HPV e Hepatite A começa em setembro

vacina-hpv-hepatite

Meninas receberão segunda dose contra HPV; já vacina contra Hepatite A será obrigatória para crianças

A Prefeitura de Hortolândia prepara os profissionais da Secretaria de Saúde para a Campanha Nacional de Vacinação contra o HPV (Papiloma Vírus Humano). Nesta quarta-feira (20/08), profissionais das salas de saúde das UBSs (Unidades Básicas de Saúde) e USFs (Unidades de Saúde da Família) participaram de uma capacitação sobre o início da segunda etapa da campanha, que ocorrerá no dia 1º de setembro. Eles também foram orientados quanto à introdução, a partir de setembro, da vacina contra Hepatite A no calendário básico de vacinação.

A imunização contra o HPV, vírus causador do câncer de colo de útero, acontece no mesmo esquema utilizado durante a primeira etapa: meninas com idade entre 11 e 13 anos completos serão vacinadas nas escolas onde estão matriculadas. Para isso, profissionais da sala de vacina se deslocarão até as unidades de ensino, onde garantirão a imunização das estudantes. A meta é que as 4.731 adolescentes vacinadas durante a primeira etapa, realizada em abril, recebam a segunda dose da vacina.

Para garantir a meta de vacinação, a Secretaria de Saúde contará com auxílio de escolas municipais, estaduais e particulares. Cada escola avisará os pais sobre a data da vacinação, para que as alunas levem suas carteiras de vacinação e uma autorização assinada pelo seu responsável. Sem a carteira de vacinação ou esta autorização, a jovem não será vacinada.

A vacina utilizada é a quadrivalente, que previne contra quatro tipos de vírus HPV. Hoje são conhecidos cerca de 150 tipos de vírus HPV, sendo que 12 destes vírus são de alto risco, podendo infectar o trato genital e provocar câncer ou verrugas genitais. A transmissão acontece por contato direto com a pele ou mucosa infectada, como ocorre durante a relação sexual. Por isso, a indicação da vacina antes do início da atividade sexual garante maior proteção para as pessoas que nunca tiveram contato com o vírus HPV.

Hepatite A
A vacina contra Hepatite A é indicada para crianças com idade entre 12 e 23 meses completos. A imunização é injetável, aplicada em dose única. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), todos os anos ocorrem cerca de 1,4 milhão de casos de hepatite A no mundo, sendo identificados casos esporádicos e epidemias. No Brasil, estima-se que ocorram por ano 130 novos casos a cada 100 mil habitantes.

A principal forma de contágio da doença é a fecal-oral, por contato entre as pessoas infectadas ou por meio de água e alimentos contaminados. A estabilidade do vírus no meio ambiente e a grande quantidade de vírus presente nas fezes dos indivíduos infectados contribuem para a transmissão. A disseminação está relacionada com infraestrutura de saneamento básico e a aspectos ligados às condições de higiene praticadas.

Fonte: Prefeitura de Hortolândia

Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98