15 de junho de 2024
Nossa Cidade

Residencial Europa I começa a receber moradores

Beneficiários de apartamentos do Condomínio Portugal já podem se mudar; demais condomínios serão liberados nas próximas semanas

Mudanca-residencial-europa-1

As 240 famílias beneficiárias do Condomínio Portugal, integrante do Residencial Europa I, no Jardim Novo Ângulo, já estão autorizadas a entrar nos seus apartamentos. A mudança deste grupo de moradores foi liberada, nesta segunda-feira (10/110), e desde então, os beneficiários começam a mudança, gradativamente.

Foi organizado um cronograma que define as datas de chegada de cada família, com o objetivo de que a mudança para os blocos aconteça de maneira tranquila. Com a chegada dos moradores do Condomínio Portugal, a Prefeitura fará a liberação para que os demais beneficiários também se mudem para a casa própria. A previsão é que os contemplados com apartamentos do Condomínio Espanha se mudem a partir do próximo dia 24. Já as famílias do Condomínio Suíça poderão se mudar a partir do dia 8 de dezembro.

Os apartamentos têm todos o mesmo tamanho: 48,42 m² de área útil. No interior, há dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço. Os imóveis são entregues com piso frio em todos os cômodos, além de revestimento no banheiro, na cozinha e na área de serviço. Todas as torres permitem, no futuro, a instalação de elevador. Na área externa de cada um dos condomínios há parque infantil, campo de futebol, salão de festas e quiosque.

A pensionista Valéria Aparecida de Souza, de 32 anos, que organizava seus móveis nesta terça-feira (11/11) no novo apartamento, estava feliz com a conquista da casa própria. “Eu pagava aluguel e não via a hora de me mudar. Estou muito contente de realizar este sonho. A partir de agora, vou pagar por uma casa que é minha”, disse.

Empreendimento garante moradia digna às famílias

O Residencial Europa I beneficia 240 famílias que foram sorteadas do cadastro habitacional e outras 500 famílias provenientes de áreas de risco ou ocupação irregular. O sorteio foi realizado em abril. Em maio, a Prefeitura convocou os sorteados para apresentarem a documentação exigida pela Caixa Econômica Federal. A instituição financeira realizou a análise dos documentos a fim de comprovar se as famílias estão dentro dos critérios definidos pelo Ministério das Cidades. O principal requisito é ter renda bruta familiar de até R$ 1.600,00.

O empreendimento foi construído em parceria entre a Prefeitura de Hortolândia e os governos federal e estadual. A obra recebeu investimento total de R$ 60.880.280,31. Cada unidade custou R$ 82.260,65. As famílias beneficiadas pagarão pelo apartamento um valor de R$ 25 a R$ 80 por mês, em 120 parcelas. A mensalidade varia de acordo com a renda familiar. Em todo o período de pagamento, o valor máximo que a família beneficiária investirá no apartamento é R$ 9.600,00.

Fonte: Prefeitura de Hortolândia

natura-600

Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98