No Mês da Mulher, a programação especial elaborada pela Prefeitura de Hortolândia traz, nesta quarta-feira (24/03), um debate sobre um tema bastante atual: “Intolerância religiosa e preconceito”. A discussão começa às 19h, de maneira remota e online, via plataforma Zoom. Para participar, basta acessar o link bit.ly/MulheresDia24. Além desse, haverá ainda mais dois encontros, que trarão temas relevantes para o fortalecimento do protagonismo feminino. Todos começam neste mesmo horário, via internet (veja abaixo).

Os diálogos são uma iniciativa do Setor de Políticas Públicas para Mulheres do Departamento de Direitos Humanos e Políticas Públicas para Mulheres da Secretaria de Governo, em parceria com o CMDM (Conselho Municipal dos Direitos da Mulher) e a ONG (Organização Não Governamental) “Mulher em Ação: na construção de uma sociedade melhor”. 

Desta vez, participam da discussão três convidadas: Karen Larissa de Cagliari Gonçalves, estudante de Direito, representante e futura presidente do JMDB (Ala Jovem do Movimento Democrático Brasileiro) de Hortolândia; Tala Bueno, formada em gestão ambiental, ex-vice-presidente do CMDM de Hortolândia, ex-representante do Conselho LGTBQIA+, ex-participante do movimento de religiões de matriz africana, atuante nas causas negras, cooperativas, por asfalto, água, dentre outros; Doné Eleonora, conhecida como Mãe Eleonora, sacerdotisa do Ilê Asé Omo Oya Bagan Odé Ibô, coordenadora do Ponto de Cultura Caminhos, gestora do Território de Oya, graduanda de gastronomia e chefe de cozinha no Espaço Gourmet Flor do Dendê, presidente do Conselho da Promoção Racial da Cidade de Hortolândia, coordenadora do setorial das mulheres do PT de Hortolândia.

Mês da Mulher

O Dia Internacional da Mulher é comemorado no dia oito de março. Segundo a revista Nova Escola, embora a data esteja associada ao protesto feito por milhares de operárias russas, em 1917, ao Czar Nicolau II, pelas longuíssimas jornadas de trabalho e baixíssimos salários, pela fome e em protesto pela participação do país na Primeira Guerra Mundial, o Século XX marca um período de intensas lutas feministas por melhores condições de vida, de trabalho e ampliação de direitos.

Confira abaixo a programação completa:

quarta-feira, 24/03, 19h – “Intolerância religiosa e preconceito”

sexta-feira, 26/03, 19h – “Mulheres nas ações sociais”

quarta-feira, 31/03, 19h – “Fator pandemia para as mulheres”

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia