Por meio de projeto, servidores municipais atuarão neste ano, no Cursinho Popular

Para valorizar profissionalmente os funcionários públicos, a Prefeitura de Hortolândia retoma o projeto Servidor Instrutor. O objetivo é possibilitar que os funcionários municipais atuem como instrutores em cursos e capacitações, oferecidos pela Administração, para a população em geral, além de servidores dos demais órgãos e secretarias municipais. O projeto é de responsabilidade da Escola de Gestão, órgão da Secretaria de Administração e Gestão de Pessoal.

O gerente do órgão, Carlos Maldonado, explica que, por meio do projeto, a Prefeitura busca reconhecer e valorizar os conhecimentos e as experiências que os funcionários municipais adquiriram ao longo de suas carreiras. A Escola de Gestão tem um cadastro de servidores que tenham interesse em atuar no projeto. “Com isso, a ideia é que a Prefeitura possa aproveitar os conhecimentos acadêmicos e profissionais dos servidores”, salienta. Maldonado ainda destaca que, com o projeto, a Administração economiza recursos que seriam gastos com licitação de cursos de empresas externas.

Maldonado explica que os servidores cadastrados no projeto são remunerados pela Administração caso atuem fora do horário de expediente. 

De acordo com o gerente, o projeto foi criado nas administrações anteriores do prefeito Angelo Perugini e foi retomado no ano passado. Graças aos servidores cadastrados no projeto, foram realizados, em 2018, o treinamento de instrução de tiro, oferecido pela Secretaria de Segurança para a Guarda Municipal, e o Cursinho Popular, oferecido à população pela Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia. 

Neste ano, de acordo com Maldonado, a Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia dará continuidade ao Cursinho Popular, e novamente, contará com a atuação de servidores públicos cadastrados no projeto.   

Servidores interessados em se cadastrar no projeto devem comparecer à Escola de Gestão, que fica dentro do HORTOFÁCIL, localizado na rua Argolino de Moraes, 405, Vila São Francisco. É necessário que os servidores preencham uma ficha e apresentem currículo e documentos que comprovem que tenham capacitação e/ou formação na área em que queiram atuar.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Artigo anteriorPrefeitura conta com nova escavadeira para limpeza de margens de córregos
Próximo artigoAuxiliar de Expedição