20 de maio de 2024
Nossa Cidade

Prefeitura e EMS acertam detalhes do Centro de Cuidado ao Idoso

EMS

Local terá creche e abrigo permanente para pessoas com 60 anos ou mais

O prefeito Angelo Perugini se reuniu, nesta quarta-feira (29/5), com representantes da empresa farmacêutica EMS, com o padre Nelson Ferreira de Campos e gestores municipais para acertar detalhes do projeto arquitetônico para construção do primeiro CCI (Centro de Cuidado ao Idoso) em Hortolândia, uma parceria da Administração com a fabricante de medicamentos. O espaço, que será construído no Jardim Terras de Santo Antônio, terá abrigo permanente para pessoas em vulnerabilidade social com 60 anos ou mais, além de “creche para idosos”, das 7h às 18h. A idealizadora do espaço, a Paróquia São João Paulo II, foi o palco da terceira reunião para discutir o projeto. O anúncio da parceria foi feito pelo prefeito no primeiro encontro do grupo, realizado no dia 21 de fevereiro deste ano.

A área cedida pela Administração para abrigar o CCI fica na Rua Antonio Gazzetta (antiga Rua 1), 181, no Jd. Terras de Santo Antonio, ao lado da Emei (Escola Municipal de Educação Infantil) Miguel Camilo. De acordo com o projeto, a área total construída será de 2.335 metros quadrados, em um terreno com área total de 7.364,86 metros quadrados. De acordo com a planta apresentada à comunidade, o espaço terá blocos de apartamento separados para homens e mulheres, recepção, salas administrativas, salas de atendimento individual e em grupo, salão multiuso, refeitório, cozinha, lavanderia, despensas, áreas verdes, área de descanso e varanda coberta. 

A Prefeitura cedeu o terreno onde estará alocado o espaço e, por meio da Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social, fará a gestão do CCI, após a conclusão da obra. Caberá à EMS a responsabilidade pela construção do prédio. 

De acordo com a Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social, a unidade terá capacidade para atender de 60 a 100 idosos, em vulnerabilidade social inscritos no Cadastro Único e com recomendação judicial de medidas protetivas. A iniciativa está em concordância com a política nacional do SUAS (Sistema Único de Assistência Social), cuja proposta é promover a valorização, proteção e cuidados a pessoa idosa. 

O secretário de Inclusão e Desenvolvimento Social, Régis Athanázio Bueno, destacou a importância em ampliar o atendimento aos idosos em vulnerabilidade social. “É de extrema importância o município ter uma política pública de cuidado ao idoso que não encontra condições de autonomia ou de semi autonomia de tomar decisões, fazer atividades. Hoje, nosso trabalho é voltado à recreação. Em breve, será também o de cuidar do idoso, por meio de creche e abrigo”, afirmou o secretário Régis Bueno. 

A empresa EMS tem outro caso de parceria com a Prefeitura em benefício da comunidade local. Em 2008, garantiu a implantação da Emei Emiliano Sanches, no Jardim Interlagos, com capacidade para atender 220 alunos. Na parceria, a Prefeitura cedeu área e a empresa construiu o prédio. 

PIC

O Projeto Casa do Idoso faz parte do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento), um conjunto de mais de 100 obras e serviços em realização  pela Administração Municipal para promover o desenvolvimento econômico, urbano, social e humano de Hortolândia.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98