Connect with us

Nossa Cidade

Prefeitura de Hortolândia retoma aulas de cursos livres e formações culturais

Publicado

em

Além das unidades culturais do município, neste ano as atividades também serão oferecidas em outros órgãos municipais e entidades parceiras da Prefeitura

Você quer desenvolver suas habilidades artísticas ou profissionalizar-se para atuar nas áreas de teatro ou dança? Então, fique ligado! A Prefeitura de Hortolândia retomou, nesta semana, as aulas presenciais dos cursos livres e formações culturais.

As atividades estavam suspensas desde 2020 em virtude da pandemia do Coronavírus. Nos dois últimos anos, a Prefeitura promoveu aulas e ações pontuais em formato remoto e on-line, cujos andamentos foram afetados pela intermitência provocada pela pandemia e pelos protocolos sanitários.

Para retomar os cursos livres e as formações culturais, a Prefeitura lançou no ano passado edital de credenciamento para selecionar os arte-educadores que vão ministrar as aulas presenciais nas unidades culturais do município.

De acordo com a Secretaria de Cultura, a novidade nessa retomada é que os cursos livres também serão oferecidos em outras unidades municipais e em entidades parceiras da Prefeitura. O objetivo é ampliar o atendimento para outras regiões da cidade. 

Os órgãos e as entidades que neste ano também terão cursos livres são os seguintes: Espaço Viva Mais, CCMIs (Centros de Convivência da Melhor Idade) Remanso Campineiro e Jardim Amanda, EMEF (Escola Municipal de Ensino Fundamental) Taquara Branca Agenor Miranda da Silva, Instituto Federal de São Paulo (IFSP) – Câmpus Hortolândia, Núcleo Vinde A Mim e Paróquia São Guido Maria Conforti.

CURSOS LIVRES

Serão ministrados 23 cursos livres: artes para crianças, balé, canto coral, capoeira, contação de história, dança contemporânea, dança de rua, dança de salão, dança do ventre, desenho artístico, formação de DJ, fotografia com celular, grafitti, jazz, lettering, musicalização infantil, percussão para PCD (pessoa com deficiência), pintura em tela, poesia e batalha de rima, redação e produção de texto, teatro (iniciação), violão e você na internet. Os cursos são para pessoas com idade a partir de 5 anos.

Para participar dos cursos livres, o interessado deve preencher a lista de interesse, que pode ser acessada por meio deste LINK, e aguardar o contato da Secretaria de Cultura, que está montando as turmas. O atendimento está condicionado à disponibilidade de vagas. De acordo com a Secretaria de Cultura, os cursos livres realizam, em média, 1.600 atendimentos por semestre.

FORMAÇÕES CULTURAIS 

As formações culturais “Artes da Cena” são cursos profissionalizantes para as áreas de Teatro e Dança. Os cursos têm componentes curriculares práticos e téoricos. Por meio desses cursos, o aprendiz pode solicitar o registro profissional (DRT) junto ao SATED (Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos e Diversões do Estado de SP) e ao SindDança (Sindicato dos Profissionais de Dança do Estado de São Paulo) para pode atuar nos respectivos mercados de trabalho. As fomações são para pessoas com idade a partir de 16 anos.

Para participar das formações, o interessado também deve preencher a lista de interesse, disponível por meio deste LINK e aguardar o contato da Secretaria de Cultura, que está montando as turmas. O atendimento está condicionado à disponibilidade de vagas. De acordo com a Secretaria de Cultura, as formações realizam, em média, 400 atendimentos por semestre. 

As formações culturais são ministradas na Escola de Artes Augusto Boal, localizada na rua Casemiro de Abreu, s/nº, Jardim Amanda.

CURSOS DE MÚSICA

A Prefeitura também retomou nesta semana as aulas presenciais dos cursos ministrados no Centro de Educação Musical Municipal de Hortolândia (CEMMH) Maestro Ronaldo Dias de Almeida. 

Os cursos oferecidos são os seguintes: bombardino, clarinete, fagote, flauta transversal, iniciação musical, oboé, percussão, saxofone, teoria musical, trompa e trompete. Podem participar dos cursos crianças e adolescentes com idade entre 8 a 16 anos. Os interessados em participar dos cursos, devem ir ao local para mais informações. O CEMMH está localizado na rua Vicente Palhão, s/nº, Jardim Santa Cândida. 

Mais informações sobre os cursos livres e as formações culturais estão disponíveis no site Mapa da Cultura, da Secretaria de Cultura, por meio deste LINK. Ou ainda pelo telefone (19) 3965-1400, ramal 7514, ou por meio do Zap da Cultura, serviço de atendimento da Secretaria de Cultura via WhatsApp, cujo numéro é (19) 99979-5576.

O secretário de Cultura, Régis Athanázio Bueno, destaca que os cursos livres e as formações culturais são importantes para a formação da sensibilidade artístico-cultural do público. “Estamos muito contentes em poder reabrir de maneira plena os espaços culturais da Prefeitura para a população. Neles, vamos oferecer o que há de melhor em termos de formação cultural. Formar novos artistas é também formar público. Criar novas sensibilidades e acolher a comunidade, que aprenderá a produzir cultura e terá acesso aos bens culturais da cidade”, salienta Bueno.

Confra abaixo os endereços dos locais onde serão ministrados os cursos livres e as formações culturais:

– Unidade Cultural Arlindo Zadi

Endereço: rua Graciliano Ramos, 280, Jardim Amanda

 

– Centro de Educação Musical Municipal de Hortolândia Maestro Ronaldo Dias de Almeida

Endereço: rua Vicente Palhão, s/nº, Jardim Santa Cândida

 

– Escola de Artes Augusto Boal

Endereço: rua Casemiro de Abreu, s/nº, Jardim Amanda

 

– Espaço Viva Mais:

Endereço: rua Pedro Pereira dos Santos, s/nº, Jardim Santa Clara do Lago

 

– Centro de Convivência da Melhor Idade (CCMI) Remanso Campineiro

Endereço: rua Euclides Pires de Assis, 200, Remanso Campineiro

 

– Centro de Convivência da Melhor Idade (CCMI – Jardim Amanda)

Endereço: rua Di Cavalcante (antiga rua Cinco), 1.947, Jardim Amanda

 

– EMEF Taquara Branca Agenor Miranda da Silva

Endereço: rua Moacir de Souza Campos, s/n°, Jardim Novo Horizonte 

 

– Instituto Federal de São Paulo (IFSP) – Câmpus Hortolândia 

Endereço: av. Thereza Ana Cecon Breda, 1.896, Vila São Pedro

 

– Núcleo Vinde a Mim

Endereço: rua do Canário, 308, Jardim Boa Esperança

 

– Paróquia São Guido Maria Conforti

Endereço: rua Antônio Gonçalves Pires Filho, 41, Jardim Novo Ângulo

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Nossa Cidade

Viveiro Municipal da Prefeitura recebe visita de grupo de desbravadores

Publicado

em

Cerca de 140 crianças e adolescentes aprenderam como é feita a produção de mudas de plantas pelo órgão

Conscientizar as novas gerações sobre a importância do desenvolvimento sustentável para garantir vida saudável à cidade. Foi com esse objetivo que o Viveiro Municipal Antonio da Costa Santos, órgão da Prefeitura de Hortolândia, recebeu a visita de um grupo de desbravadores da Igreja Unasp, formado por 140 crianças e adolescentes, no domingo (22/05).  

Na visita monitorada, os desbravadores conheceram o espaço e aprenderam como é a produção de mudas de plantas feita pelo viveiro e que são distribuídas gratuitamente para a população. A secretária de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Eliane Nascimento Oliveira, ainda explicou para os visitantes os demais trabalhos realizados pelo órgão, como o reaproveitamento de restos de madeira recolhidos nos serviços de poda e corte de árvore feitos na cidade. Esse material é usado na confecção de bancos e mesas que são instalados em praças e espaços públicos.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Continue Lendo

Nossa Cidade

Prefeitura entrega na próxima quinta-feira (26/05) DDM de Hortolândia

Publicado

em

Antigo sonho do município, delegacia disponibilizará atendimento diferenciado para as mulheres vítimas de violênciaA Prefeitura de Hortolândia, em parceria com o Governo do Estado, entrega na próxima quinta-feira (26/05), a partir das 16h30, as instalações da primeira DDM (Delegacia de Defesa da Mulher) do município. Localizado na rua Benedicta Pires de Assis, 88, bairro Remanso Campineiro, o espaço passou por reforma e adequações internas solicitadas pelo Estado, por meio da Secretaria de Estado de Segurança Pública.

A Delegacia de Defesa da Mulher era uma reivindicação antiga da população hortolandense, cuja instalação foi confirmada no último dia 6 de janeiro, por meio do Decreto n° 66.425. De acordo com o documento, a área de atuação será abrangida pelos limites territoriais da cidade. Assim como as demais DDMs sediadas em Sumaré, Santa Bárbara d’Oeste e Americana, a delegacia integrará a estrutura da Delegacia Seccional de Americana, vinculada ao Deinter-9 (Departamento de Polícia Judiciária do Interior) de Piracicaba.

Apesar de Hortolândia contar com mais de 234 mil habitantes, o município ainda não disponibiliza atendimento diferenciado para mulheres vítimas de violência. As denúncias de estupro, ou violência doméstica, por exemplo, são registradas nos Plantões Policiais ou distritos policiais da cidade.

Segundo o prefeito José Nazareno Zezé Gomes, a conquista da DDM para Hortolândia é uma grande vitória para as mulheres hortolandenses. Ele recordou que em 2016, o então deputado estadual Angelo Perugini havia protocolado junto ao Governo do Estado de São Paulo o pedido de criação da delegacia especializada para as mulheres. “O meu amigo e saudoso prefeito Perugini, quando ocupou a cadeira de deputado estadual, havia plantado em 2016 uma semente e, face a toda essa luta e trabalho, sem esquecer da fé, alcançamos agora em 2022 esse grande objetivo. A partir do momento que o Governo do Estado lançou o decreto, confirmando a DDM, nós já buscamos um local adequado para a sua implantação. O prédio ficou muito bom e atenderá as necessidades da Polícia Civil”, explicou o prefeito hortolandense.

No último ano, o CRAM (Centro de Referência e Atendimento à Mulher) “Debora Regina Leme dos Santos”, de Hortolândia, registrou o triste recorde de atendimento às mulheres vítimas de violência doméstica. Em 2021 foram registrados 660 atendimentos, um aumento de 50% em relação a 2020, quando foram anotadas 440 denúncias. Deste total, 421 casos terminaram na concessão de medidas protetivas de urgência, ação prevista pela Lei Maria da Penha (n° 11.340, de 7 de agosto e 2006).

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Continue Lendo

Nossa Cidade

Conhece o primeiro bairro planejado de Hortolândia? Confira:

Publicado

em

vilaVerde

O loteamento Jardim Vila Verde é o primeiro bairro planejado de Hortolândia. Com infraestrutura completa e já está 100% liberado para construções.

Com uma localização estratégica, próximo ao centro e a faculdade Adventista UNASP.

Não perca a chance de viver bem e perto de tudo que você precisa!
Venha para o Jardim Vila Verde
Temos poucas unidades disponíveis!

Telefone para contato: (19) 98921-6368

Stand de vendas no loteamento:
Rua: Antônio Caetano Junior (próximo ao número 20) Bairro Adventista Campineiro – Hortolândia/SP

Jardim Vila Verde – A felicidade mora aqui – Clique aqui e entre em contato com a gente

Continue Lendo

Noticias

Publicidade

Populares