Connect with us

Nossa Cidade

Prefeitura capacita equipes de UBSs para orientar a população sobre a Toxoplasmose em gestante

Publicado

em

Em paralelo ao enfrentamento à pandemia do Coronavírus, a Prefeitura de Hortolândia fortalece o trabalho de prevenção a outras doenças. Uma delas é a Toxoplasmose em gestante. Nesta semana, a Secretaria de Saúde realizou uma roda de conversa online (foto) sobre a doença com as UBSs (Unidades Básicas de Saúde) do município. Participaram cerca de 60 pessoas, dentre coordenadores e profissionais técnicos das unidades. A atividade foi ministrada pelos departamentos de Atenção Básica em Saúde, Atenção Especializada e Vigilância Epidemiológica. De acordo com a Secretaria de Saúde, a Toxoplasmose em gestante passou a ser doença de notificação compulsória desde 2016, conforme determinação do Ministério da Saúde.

De acordo com a diretora do Departamento de Atenção Especializada da Secretaria de Saúde, Maria de Fátima Gomes Oliveira, a atividade é para sensbilizar e capacitar as equipes das UBSs para que estejam aptas a fazer atendimento, orientação e prevenção à doença junto à população, em especial as gestantes. Na atividade foram abordados temas como sintomas, diagnóstico e tratamento da doença. De acordo com a Secretaria de Saúde, está prevista a realização de mais encontros.

PRÉ-NATAL

A toxoplasmose é uma doença infecciosa causada pelo protozoário (microorganismo unicelular) Toxoplasma gondii. A infecção pelo protozoário pode ocorrer em seres humanos e animais. A transmissão pode ocorrer pela ingestão de carne crua ou mal cozida, de água e/ou legumes contaminados, provenientes do solo, lixo ou de qualquer local onde gatos defecaram, ou da mãe para o feto.

Geralmente, a doença não apresenta sintomas. Porém, a maior preocupação é quando a infecção ocorre no início da gestação. Neste período, o feto pode ser infectado pela mãe, daí o risco de ocorrer a doença. “Por isso, é importante que a mulher faça o pré-natal assim que descobre que está grávida”, salienta a diretora Maria de Fátima Gomes Oliveira. Dentre os riscos da doença estão aborto, morte ou mal formação do feto, nascimento prematuro e problemas de visão, podendo causar cegueira no feto. 

O diagnóstico da doença é feito por meio de exame de sangue que é oferecido pela rede municipal de Saúde. A Secretaria de Saúde ressalta que o tratamento durante a gestação é muito importante para garantir a saúde da mãe e principalmente do bebê. O tratamento é sempre indicado quando ocorre suspeita ou confirmação de infecção aguda na gravidez. Os medicamentos são oferecidos pela rede municipal de Saúde.

Confira abaixo dicas para prevenir a Toxoplasmose em gestante:

– Higienizar as mãos antes das refeições ou após manusear lixo, ter contato com gatos, manipular alimentos ou manusear terra

–  Utilizar luvas ao manipular carnes cruas ou manusear terra ou solo

– Consumir apenas água filtrada ou fervida. Manter os reservatórios de água bem fechados

– Higienizar frutas, legumes e verduras em água corrente antes do consumo

– Higienizar tábuas de corte, facas, balcões e pia após a preparação de alimentos

– Não consumir carnes cruas, malcozidas ou malpassadas e não provar a carne crua durante seu preparo. Cozinhar a carne a pelo menos 67° C (ao ponto para bem passada)

– Evitar ingerir carnes defumadas ou curadas em salmoura e embutidos (salame, copa, lingüiça, entre outros)

–  Não consumir leite e derivados crus e não pasteurizados, seja de vaca ou de cabra

– Evitar o contato com cães que andam soltos. Cães também podem transmitir a doença ao sujar o pelo no solo onde haja fezes de gato

– Alimentar gatos com ração, não deixando que façam ingestão de outros animais caçados ou carne crua

– Evitar que a gestante troque a caixa de areia de gatos domésticos. Caso não seja possível, a gestante deve limpar e trocar a caixa diariamente, utilizando luvas e pá, além de colocá-la ao sol com frequência. 

– Evitar o contato com fezes de gato no lixo ou solo. Caso haja contato, higienizar as mãos

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Nossa Cidade

Previsão aponta segunda, terça e quarta de chuva na região

Publicado

em

Estes três dias irão trazer alguma quantidade de chuva para a cidade. Quer saber mais e quais os períodos das precipitações? Então vem com a gente que contaremos logo abaixo!

Nesta Segunda (18), está previsto 10 mm*, juntamente com a máxima de 22°, ou seja, o frio aparece e deixa o início da semana mais aconchegante. Na Terça Feira (19), a quantidade de chuva cai pela metade*. Serão pancadas esporádicas que poderão ocorrer a qualquer momento. A umidade relativa do ar sobe para até 80%.

Seguindo, na Quarta Feira (20) o hortolandense ainda verá algumas pancadas na madrugada e manhã. Com ventos de até28 km/h, a sensação térmica mais gelada será sentida por todos.

Quinta e Sexta Feira (21 e 22, respectivamente) serão dias de sol com algumas nuvens e névoa ao amanhecer. Não chove e os termômetros marcam entre 13° e 26°.

No Sábado (23), o Sol se abre completamente e uma massa de ar quente parece rondar a região. Isso faz com que a temperatura suba, refletindo-se ainda no Domingo (24), que será o dia mais quente da semana, com 32°.

* 90% de probabilidade de chuva

Continue Lendo

Nossa Cidade

Prefeitura de Hortolândia realiza vacinação contra a COVID-19, neste sábado (16/10)

Publicado

em

A vacinação será realizada no horário das 8h às 15h30

Com 70% da população acima de 12 anos já protegida com a 2ª dose ou dose única contra a COVID-19, Hortolândia continua a avançar com a imunização. Neste sábado (16/10), a Prefeitura realizará vacinação no CCMI (Centro de Convivência da Melhor Idade) do Remanso Campineiro e nas UBS (Unidades Básicas de Saúde) Novo Ângulo e Rosolém. Já as UBS Amanda II, Parque do Horto e Rosolém, que realizarão o “Dia V” da campanha de multivacinação, também neste sábado, vão fazer a imunização contra a COVID-19 somente para adolescentes. O horário da vacinação em todos os locais será das 8h às 15h30.

Para que o município atinja mais rapidamente 100% da população imunizada contra a COVID-19, a Secretaria de Saúde reforça a solicitação às pessoas que ainda não receberam a 2ª dose para que compareçam à vacinação deste sábado. De acordo com dados da Secretaria de Saúde, 18.189 pessoas estão faltantes com a 2ª dose na cidade.

1ª DOSE

Para receber a 1ª dose, é necessário realizar o agendamento no site da Prefeitura de Hortolândia. No agendamento é indicado o local onde a pessoa deve se dirigir para ser imunizado, levando documento com foto, CPF (Cadastro de Pessoa Física) e comprovante de endereço. Para crianças e adolescentes com idade entre 12 e 17 anos, também é exigido um termo de autorização assinado pelos pais ou responsáveis, além da presença desta pessoa maior de idade no ato da vacina.

2ª DOSE

Para receber a 2ª dose, não é necessário agendamento. Basta se dirigir ao local anotado na carteira de vacina, levando documento com foto e CPF, além do comprovante de recebimento da 1ª dose.

Para quem recebeu a 1ª dose da vacina Pfizer, é possível antecipar a 2ª dose. Antes, o intervalo entre a 1ª e a 2ª doses era de 12 semanas (equivalente a 84 dias). Com a nova determinação do Ministério da Saúde e da Secretaria de Estado da Saúde, o intervalo foi reduzido de 12 para 8 semanas (equivalente a 2 meses, ou 56 dias). Com isso, quem se enquadra neste critério já pode procurar o mesmo local para ter a 2ª dose antecipada.

A Secretaria de Saúde ainda informa que adolescentes com comorbidades que receberam a 1ª dose da Pfizer também poderão antecipar a 2ª dose a partir desta segunda-feira (18/10).

3ª DOSE

A vacinação da 3ª dose é oferecida atualmente para idosos com idade de 60 anos ou mais e pacientes imunossuprimidos. A imunização é feita exclusivamente no CCMI. É preciso fazer agendamento no site da Prefeitura. 

A Secretaria de Saúde reforça a orientação que os idosos podem receber a 3ª dose somente seis meses após a 2ª dose. No dia da vacinação, os idosos devem levar os comprovantes de vacinação da 1ª e 2ª doses. Caso o idoso tenha sido vacinado com a 1ª ou a 2ª dose fora de Hortolândia, ele deverá apresentar comprovante de residência deste ano e CPF (Cadastro de Pessoa Física). 

A Secretaria de Saúde ainda salienta que a 3ª dose continua a ser aplicada para imunossuprimidos com idade a partir de 12 anos e profissionais da rede particular de saúde. Esses públicos também devem fazer o agendamento para a 3ª dose no site da Prefeitura. Os imunossuprimidos devem seguir o intervalo de 28 dias entre a 2ª dose e a 3ª dose. No dia da vacinação, os imunossuprimidos devem levar o comprovante da 2ª dose, CPF e comprovante da doença. Já os profissionais da rede particular de saúde devem apresentar algum documento que comprove sua atuação na área.

Continue Lendo

Nossa Cidade

Prefeitura pinta pictograma de Pessoa com Deficiência em nove abrigos de ônibus no Jardim Amanda

Publicado

em

Ação da Secretaria de Mobilidade Urbana aconteceu nesta sexta-feira (15/10)

Mais nove novos abrigos de ônibus, recém-implantados pela Prefeitura no Jardim Amanda, ganharam, nesta sexta-feira (15/10), sinalização específica para PCD (Pessoa Com Deficiência).

De acordo com os dados da Secretaria de Mobilidade Urbana, agora já são 63 os equipamentos em que a sinalização de reserva de vaga para PCD foi pintada pela Administração Municipal. A medida contribui para que a população respeite o direito do deficiente que utiliza o transporte público para se deslocar.

Logo cedo, técnicos do Setor de Pintura percorreram a Avenida Brasil, onde implantaram a sinalização específica em quatro abrigos: um em frente ao numeral 635, outro no lado oposto ao supermercado Poupar, mais um em frente ao supermercado Minicusto e, por fim, outro em frente ao numeral 1.100.

Em seguida, a equipe se dirigiu à Avenida Cora Coralina, onde foram sinalizados outros cinco equipamentos: um próximo ao cruzamento com a Avenida Anita Garibaldi, outro em frente ao numeral 351b, um próximo ao cruzamento com a Rua Padre Feijó, outro em frente ao número 1.175 e, finalmente, um próximo ao cruzamento com a Rua Anita Garibaldi.

A sinalização para PCD é implantada nos 165 novos abrigos de ônibus, à medida que estes vão sendo construídos pela Administração Municipal. Os mais recentes foram implantados nestes dois bairros. Segundo o diretor de Operações, José Eduardo Vasconcellos, a pintura do pictograma garante a reserva da vaga para cadeirante.

Sinalização de lombadas

Além da pintura de pictogramas PCD nos novos abrigos de ônibus, a Secretaria de Mobilidade Urbana também sinalizou lombadas, na manhã desta sexta-feira (15/10). A primeira a receber pintura de faixas amarelas foi a localizada na Rua Joaquim Martarollli, entre as ruas Maria Ribeiro dos Santos e Joseph Paul Burlandy, no Parque São Miguel. A segunda, também na Joaquim Martarollli, fica entre a Rua Carlos de Campos Adorno e a Avenida Olívio Franceschini, no Parque São Gabriel.

Novos pontos de parada

Ao todo, Hortolândia ganhará 218 novos sinalizadores de pontos de parada de ônibus: 165 abrigos e 53 totens que demarcam os locais de embarque e desembarque. Modernos, os novos equipamentos garantem comodidade e segurança aos usuários do transporte público. Além de confortáveis, os novos pontos contam com painéis que permitirão aos usuários consultar o itinerário e o tempo de chegada dos ônibus. Os abrigos dispõem de iluminação, espaço para cadeirante e piso tátil para deficientes visuais, assim como bancos reforçados para obesos.

De acordo com a Secretaria de Mobilidade Urbana, abrigos e totens serão instalados em toda a cidade, em ruas e avenidas de grande fluxo de pessoas. A ação mantém Hortolândia no ranking das cidades mais inteligentes do Brasil, pois estes pontos vão contar, muito em breve, com Wi-Fi para que todos possam acompanhar os horários e itinerários por meio de aplicativo na internet.

Continue Lendo

Populares