Connect with us

Nossa Cidade

Prefeitura agenda exames para Carreta de Mamografia

Publicado

em

mamografia-cancer-mama-outubro-rosa

Mulheres podem procurar a unidade de saúde mais próxima para marcar data da avaliação

A Prefeitura de Hortolândia inicia, nesta quarta-feira (25/01), o agendamento de exames para a Carreta de Mamografia –Programa Mulheres de Peito, uma parceria do município com o governo do Estado. O exame de prevenção ao câncer de mama deve ser agendado nas UBS´s (Unidades Básicas de Saúde) e nas USF´s (Unidades de Saúde da Família) de referência da paciente. Serão atendidas mulheres a partir dos 35 anos de idade.
De acordo com a Secretaria de Saúde, para agendar a mamografia é preciso apresentar documento de identidade com foto, além do Cartão SUS. Também é necessário disponibilizar um telefone para contato.
Os exames da Carreta de Mamografia serão realizados entre os dias 14 de fevereiro e 18 de março, período em que o serviço móvel do governo estadual ficará em Hortolândia.
A Prefeitura divulgará, nos próximos dias, o local onde será instalado o serviço móvel. De acordo com a Secretaria de Saúde, serão realizados 50 exames, de segunda a sexta-feira, e 20 aos sábados.

No dia do exame, as pacientes agendadas deverão se dirigir a Carreta de Mamografia com RG e o Cartão SUS. Mulheres de 35 a 49 anos devem apresentar, também, o pedido médico para realização da mamografia, emitido tanto pela rede pública de saúde quanto pela particular. Para pacientes acima de 50 anos não há necessidade de pedido médico pra fazer a avaliação. Basta levar o documento de identidade (RG) e o Cartão SUS.

PARCERIA
A Carreta de Mamografia é uma parceria da Prefeitura com a Secretaria Estadual da Saúde, uma conquista do prefeito Angelo Perugini, durante o mandato como deputado. A realização dos exames gratuitos de mamografia é uma das prioridades para a área da Saúde nos 100 primeiros dias do governo Perugini.
“Nosso objetivo é garantir que todas as mulheres de Hortolândia tenham a oportunidade de fazer o exame, gratuitamente. A mamografia é um importante instrumento de prevenção e diagnóstico do câncer de mama. Pode salvar vidas”, afirma o prefeito.
O serviço móvel garantirá atendimento a cerca de 1.300 mulheres. Os exames serão realizados de segunda à sexta-feira, das 9h às 18h, e aos sábados, das 9h às 13h.
“Vamos garantir para Hortolândia e região o acesso a um serviço importante de prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama, tudo gratuito”, disse o secretário municipal de Saúde, Lourenço Daniel Zanardi.

O SERVIÇO
A mamografia é o exame que permite diagnosticar de forma rápida o câncer de mama. O objetivo do Programa Mulheres de Peito tem o objetivo de promover a saúde e a prevenção do câncer, realizar o diagnóstico, tratar a lesão e reabilitar as pacientes.
De acordo com Roseni Noventa, supervisora técnica de unidades móveis da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, as carretas do Programa Mulheres de Peito contam com uma equipe multidisciplinar composta por técnicos em radiologia, profissionais de enfermagem, funcionários administrativos e um médico ultrassonografista.
As imagens captadas pelos mamógrafos são encaminhadas para o Serviço Estadual de Diagnóstico por Imagem (Sedi), serviço da Secretaria da Saúde que emite laudos à distância, na capital paulista. O resultado fica pronto em até 48 horas após a realização do procedimento.
Além de mamógrafo, as carretas são equipadas com aparelho de ultrassom, conversor de imagens analógicas em digitais, impressoras, antena de satélite, computadores, mobiliários e sanitários.

Nossa Cidade

Guardas Municipais de Hortolândia começam a atuar como agentes de trânsito

Publicado

em

Medida entrou em vigor, nesta terça-feira (09/08), após publicação de portaria no Diário Oficial Eletrônico do Município

A partir desta semana, 25 GMs (Guardas Municipais) de Hortolândia passaram a desempenhar mais uma função na esfera pública: a de agentes de trânsito. Os profissionais, previamente selecionados pela Secretaria de Segurança, foram capacitados para as novas tarefas em formação de 96 horas-aulas, 76 h/a na modalidade presencial e 20 h/a na modalidade remota, realizada entre 2021 e 2022 pela empresa Auto Trânsito, contratada pela Prefeitura por meio de licitação. 

A autorização para o início das novas atribuições legais, conferidas pelo Decreto Municipal no 3752/2017, foi publicada nesta terça-feira (09/08), na edição 1614 do Diário Oficial Eletrônico do Município, disponível neste link. O grupo de habilitados é formado por 22 homens e três mulheres.

Os GMs agentes tiveram noções de engenharia de tráfego, sinalização de trânsito, operação e fiscalização de trânsito e prática operacional. Também aprenderam sobre psicologia aplicada e o papel educador do agente de trânsito. A nova atribuição da força de segurança da Prefeitura está prevista na Emenda Constitucional nº 82/2014 (veja abaixo).

“No início do ano, eles foram capacitados e agora todas as seis equipes da Guarda Municipal estão aptas a atuar e autuar no trânsito de Hortolândia”, ressalta o secretário de Segurança, Joldemar Nunes Corrêa.

Confira a legislação que permite à GM atuar no trânsito

A Emenda Constitucional Nº 82/2014 acrescentou ao artigo 144 da Constituição Federal, que trata das forças de segurança pública, o parágrafo 10, que afirma o seguinte: “A segurança viária, exercida para a preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do seu patrimônio nas vias públicas: II- compete, no âmbito dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, aos respectivos órgãos ou entidades executivos e seus agentes de trânsito, estruturados em Carreira, na forma da lei. (Incluído pela Emenda Constitucional nº 82, de 2014)”.

O artigo 4º, Inciso VI da Lei 13.022/2014 (Estatuto das Guardas Municipais), diz que: “É competência geral das guardas municipais a proteção de bens, serviços, logradouros públicos municipais e instalações do Município. VI – exercer as competências de trânsito que lhes forem conferidas, nas vias e logradouros municipais, nos termos da Lei nº 9.503, de 23 de setembro de 1997 (Código de Trânsito Brasileiro), ou de forma concorrente, mediante convênio celebrado com órgão de trânsito estadual ou municipal”.

Fonte: Prefeitura

Continue Lendo

Nossa Cidade

Programa “Agenda Verde” continua com trabalho de orientação ambiental com moradores

Publicado

em

Nesta semana, agentes da Prefeitura percorreram as regiões do Jardim Nova Hortolândia e Parque do Horto

Manter a cidade limpa é uma tarefa que requer a participação dos moradores. Então, que tal você ser aliado do município no combate contra o descarte irregular de resíduos? Para incentivar a população a se unir ao poder público nessa luta, a Prefeitura de Hortolândia continua a percorrer a cidade com o programa “Agenda Verde”. Nesta semana, a Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável realiza ação casa a casa nas regiões do Jardim Nova Hortolândia e Parque do Horto. 

Os agentes de Fiscalização Ambiental e do Núcleo de Educação Ambiental conversam e informam os moradores sobre a retomada do programa. As equipes também dão orientações sobre como fazer o descarte correto de resíduos nos PEVs (Pontos de Entrega Voluntária de entulho e outros materiais recicláveis) da Prefeitura e distribuem material explicativo sobre outros temas ambientais, como queimada e ligação correta de esgoto.

Durante a ação no Jardim Nova Hortolândia, o coordenador do Núcleo de Educação Ambiental, Ricardo Zanoni, salienta que foi constatado descarte irregular de resíduos em um terreno localizado na esquina das ruas Odete Vieira Santos e Treze A. 

“Alguns moradores nos informaram que o proprietário sempre limpa o terreno. Mas, infelizmente, as pessoas insistem em fazer o descarte irregular no local. Apesar disso, os moradores elogiaram o trabalho da Prefeitura. Eles destacaram que a Administração Municipal faz a parte dela na limpeza da cidade e criticaram a falta de educação de outros moradores da região que fazem o descarte irregular ali no local”, salienta Zanoni.  

Na ação, os agentes também têm reforçado com a população a importância de manter os cuidados para evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor de doenças como Dengue, Zika e Chikungunya, e o aplicativo Agenda Verde. 

Aplicativo 

A retomada do programa conta com uma ferramenta de comunicação disponível para os moradores. É o aplicativo Agenda Verde. Por meio da ferramenta, as pessoas podem fazer denúncias de descarte irregular de resíduos na cidade. O Aplicativo pode ser baixado nas plataformas Google Play ou App Store do celular da pessoa. A identidade do denunciante é mantida em sigilo.

Agenda Verde

O programa “Agenda Verde” foi instituído em 2017, na gestão do falecido prefeito Angelo Perugini. Nessa primeira fase, o programa executou ações de enfrentamento às demandas ambientais, com ênfase nas questões da destinação correta dos resíduos, limpeza e zeladoria da cidade. 

Crime ambiental

O descarte irregular de resíduos em vias e áreas públicas é crime ambiental, sujeito à multa. O valor da multa varia de 25 a 10.000 UFMHs (Unidade Fiscal Municipal de Hortolândia, que neste ano é de R$ 4,0941), de acordo com a lei municipal Nº 873, de 2001 (Código de Posturas). Já o valor da multa para descarte irregular em terreno particular também varia de 25 a 10.000 UFMHs.

Fonte: Prefeitura

Continue Lendo

Nossa Cidade

Hortolândia imuniza mais de 67.000 pessoas contra gripe

Publicado

em

Com a queda brusca na temperatura registrada nesta semana, é bom tomar cuidado com a saúde e se imunizar contra a Influenza. A Prefeitura de Hortolândia mantém a campanha de vacinação contra a doença. De acordo com dados da Secretaria de Saúde, o município já imunizou 67.901 pessoas (vide cobertura vacinal abaixo)

Para ser vacinado, é necessário apresentar algum documento com foto. A campanha vai ser realizada enquanto houver disponibilidade do imunizante no município. A orientação da Secretaria de Saúde é que a população deve tomar a vacina uma vez por ano.

A Prefeitura reforça ainda que é obrigatório o uso de máscara, inclusive de pessoas acompanhantes, dentro das unidades de saúde, durante a vacinação. 

A Secretaria de Saúde reforça que a vacinação das crianças e de outros públicos, como idosos e gestantes, continua baixa. Por isso, a orientação é para que as famílias e/ou os responsáveis levem as crianças para receberem a vacina contra a gripe, uma vez que o público infantil é mais suscetível a contrair a doença, em especial nesta época do inverno. Também continuam a ser vacinados os públicos-alvos da campanha deste ano.

A Secretaria de Saúde também reforça a orientação que crianças com até 11 anos que, porventura, tenham sido imunizadas contra a COVID-19, somente poderão receber a vacina contra a gripe após cumprir o intervalo de 15 dias.

Cobertura Vacinal contra a Influenza
GRUPODOSES APLICADAS%
Caminhoneiros160
Trabalhadores do transporte coletivo409
Trabalhadores portuários3
Forças Armadas12
Forças de segurança e salvamento146
Funcionários do sistema prisional404
População privada de liberdade5.59691%
Profissionais de Educação1.39866%
Pessoas com comorbidades7.65149%
Pessoas com deficiência560,9%
Crianças8.48452%
Gestantes1.23658%
Puérperas19054%
Idosos19.25269%
Profissionais de saúde3.61153%
Outros grupos sem comorbidade (vacinação feita somente em clínicas particulares)19.293
Total67.90162%

*Obs.: A cobertura vacinal é calculada com base nos dados de 2021 das populações estimadas dos públicos-alvos

Continue Lendo

Populares