As obras de construção dos reservatórios de contenção de enchentes Jardim Santa Fé, no Parque Gabriel, estão em ritmo acelerado. Operários realizam o serviço de escavação da área onde ficarão as lagoas de contenção de enchentes. Os reservatórios estão sendo construídos pela Prefeitura de Hortolândia, por meio da Secretaria de Obras.

De acordo com a Secretaria, o remanejamento do coletor de esgoto já foi concluído. A obra de escavação está com 30% de etapas concluídas. A área no entorno do Córrego Santa Clara será transformada em Parque Linear. A obra toda consiste em recuperar o córrego, que vem desde a região do Jardim Santa Clara, passando pelo Jardim Santa Fé, Parque São Miguel e Parque Gabriel, além de construir os reservatórios e revitalizar a área próxima do curso d’água.

Os reservatórios terão 139.800 m2 de área, com capacidade para armazenar 520 mil m3 de água. Após ajuste no projeto original, serão construídos dois reservatórios: um que ficará permanentemente cheio d’água e o outro, vazio, que será acionado em momentos de contenção de cheia, com uma barragem entre eles.

Este projeto é uma das etapas de intervenções previstas para um trecho de 3 mil metros de extensão. A próxima etapa, prevista para o próximo ano, inclui implantação de pista de caminhada, ciclovia, quadras e playground na área ao redor do córrego recuperado.

A proposta da Administração Municipal é interligar as regiões por meio de um corredor verde, desde o Parque Socioambiental Irmã Dorothy Stang, no Jardim Nossa Senhora de Fátima; passando pelo Creape (Centro de Referência Ambiental Parque Escola), no Jardim Santa Clara do Lago; pelos parques lineares Chico Mendes e Renato Dobelin, na Região Central; além das lagoas de contenção Remanso das Águas I (que passa embaixo da Ponte da Inegração, entre o Jardim Santa Rita de Cássia e o Jardim Novo Ângulo); Remanso das Águas II (na região do Jardim Minda e Carmem Cristina); e o reservatório do Jardim Santa Fé.

Macrodrenagem

Os reservatórios Jardim Santa Fé fazem parte do projeto de macrodrenagem, que inclui a canalização do Ribeirão Jacuba e a construção dos reservatórios Remanso das Águas I e II. Todo o projeto de drenagem tem como objetivo acabar com as enchentes na cidade.

O Remanso das Águas I terá capacidade de armazenar 600 mil m3 de água; o Remanso das Águas II reservará 840 mil m3 de água. Somado à capacidade de armazenagem do Jardim Santa Fé, com a conclusão destas obras, o município terá capacidade de armazenar mais de 2 bilhões de litros d’água.

Mesmo em época de chuvas fortes, tanto o reservatório Remanso das Águas II quanto o Remanso das Águas I suportarão o volume de água sem transbordar, com auxílio de uma barragem. Em tempo de seca, as comportas das barragens ficarão fechadas e a água armazenada poderá auxiliar no abastecimento da cidade. Já o Jardim Santa Fé reservará o volume excedente da chuva, evitando que a água escoe pelo córrego até a Região Central.

Artigo anteriorFortaleça sua marca
Próximo artigoPrefeitura detalha mudança de trânsito na Região Central