Nossa Cidade

Ministro da Educação inaugura campus do Instituto Federal em Hortolândia

ifsp hortolandia

Prefeito Angelo Perugini estará presente na solenidade que consolida a luta por ensino técnico gratuito em Hortolândia

Com a presença do ministro da Educação, Aloizio Mercadante, e do prefeito de Hortolândia, Angelo Perugini (PT), será inaugurado nesta sexta-feira (21/08), às 15h, o campus Hortolândia do IFSP (Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologia de São Paulo), localizado na Av. Tereza Ana Cecon Breda, s/n, Vila São Pedro. Além do diretor geral do campus, Prof. José Ricardo Moraes de Oliveira, também foram convidados para a solenidade o reitor do IFSP, Prof. Arnaldo Ciquielo Borges; a primeira-dama e deputada estadual Ana Perugini e a secretária municipal de Educação, Sandra Fagundes Freire.

A implantação do Instituto Federal no município é uma parceria da Prefeitura com o MEC (Ministério da Educação). Antes da construção do novo prédio, o campus do IFSP funcionava provisoriamente no Centro de Formação Paulo Freire, localizado na Rua Euclides Pires de Assis, 205, no Remanso Campineiro. A Prefeitura cedeu o prédio para que o instituto técnico pudesse dar início, no primeiro semestre de 2011, às aulas do curso técnico em informática.

Atualmente, funcionam no campus Hortolândia quatro turmas de Ensino Médio. Duas delas são cursos técnicos integrados anuais em parceria com a Escola Estadual Profª. Liomar Freitas Câmara — uma turma de “Técnico em Fabricação Mecânica ” e outra em “Informática”, ambas com 40 vagas, no período vespertino. Funcionam também duas outras turmas semestrais, concomitantes, do curso “Técnico em Informática”, com 40 vagas no período da tarde e 40 no da noite.

INVESTIMENTO

Para garantir a implantação do instituto federal em Hortolândia, a Prefeitura doou ao MEC a área de 108 mil metros quadrados na Vila São Pedro, avaliada em cerca de R$ 1,7 milhão, bem como a terraplenagem, um investimento de R$ 26.300. Também desenvolveu o projeto arquitetônico da unidade.

Em contrapartida, o governo federal investiu cerca de R$ 5,5 milhões na construção do prédio, primeira das três etapas previstas para a obra. Projetado para atender 1.200 alunos, o campus deverá abrigar os cursos técnicos de Mecânica, Eletroeletrônica e Eletrotécnica, além do curso de nível superior. No final de outubro, no site do IFSP (www.ifsp.edu.br), será anunciado o vestibular para o curso técnico concomitante de “Fabricação Mecânica”. Serão 40 vagas à noite.

QUALIDADE

Segundo Jacqueline De Blasi, a implantação do campus Hortolândia é “muito importante para a cidade não só no aspecto empresarial e técnico, mas no educacional”. A diretora em exercício destaca a qualificação do corpo docente, formado atualmente por 16 mestres e doutores na área. A previsão é que, até 2014, este número seja ampliado para 60.

“O instituto federal é resultado da luta do povo hortolandense pelo nível superior gratuito e também vem suprir a necessidade de escolarização dos munícipes no sentido de uma melhor preparação dos jovens para ocupar os melhores empregos nas empresas que estão vindo para Hortolândia. O instituto técnico é amplo, uma obra de vanguarda, com excelente biblioteca para os moradores. Portanto, vem para acompanhar o desenvolvimento do município e a presença do ministro, para celebrar mais esta conquista”, comemora a secretária municipal de Educação Sandra Fagundes Freire.

“Há alguns anos, tínhamos um nível de analfabetismo alto e a demanda era para o Ensino Fundamental, o que está diminuindo, porque os munícipes estão com escolaridade mais adequada. Por isso, a demanda para o Ensino Médio e superior tem aumentado e a implantação do Instituto Federal vem exatamente neste momento, para suprir esta demanda por ensino superior gratuito e com excelente qualidade”, destaca Sandra Fagundes.

Texto: Ana Medina Néri
Foto: Reginaldo Prado

Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98