19 de maio de 2024
Nossa Cidade

Lívia de Góis, da Emef Mª Célia, conquista 1o lugar no 2o Festival de Música

 

“Pegou fogo” a finalíssima do 2o. Festival de Música “Educando para o Talento”, promovido pela Prefeitura de Hortolândia. Neste ano, os candidatos que conquistaram os dois primeiros lugares fizeram alusão ao tema. Com a música “Pássaro de Fogo”, da cantora e compositora Paula Fernandes, a intérprete Lívia M. R. de Góis, de 10 anos, estudante da Emef (Escola Municipal de Ensino Fundamental) Profª Maria Célia Cabral Amaral, do Jd. Amanda II, foi a grande vencedora da disputa. O segundo colocado foi Nathã Felipe G. Cupertino, de 11anos, que interpretou “Cathing Fire”, de Maia Reficco. O garoto estuda na Emef Dayla Cristina Souza de Amorim, no Jd. Santiago. Embalada por torcidas organizadas, em meio à plateia, a etapa final do evento aconteceu, na manhã desta sexta-feira (17/05), no Palco da Prefeitura, instalado no recinto da Festa do Peão de Hortolândia 2019, na Avenida da Emancipação. O Festival faz parte das comemorações pelos 28 anos de aniversário da cidade.

Um pouco antes das apresentações do dia, o prefeito Angelo Perugini parabenizou todos os participantes do evento, que reuniu 159 inscritos em 22 escolas, 99 classificados para as eliminatórias, 40 semifinalistas e oito finalistas, assim como 3.500 estudantes na plateia. Perugini convidou a vencedora a se apresentar novamente neste domingo (19/05), dia de aniversário da cidade, no Palco da Prefeitura na Festa do Peão, que apresenta artistas da cidade.

Dada a proporção que o evento tomou junto à comunidade escolar, a secretária de Educação, Ciência e Tecnologia, Sandra Fagundes Freire, aproveitou a ocasião para anunciar a realização da próxima edição. “O prefeito também veio ouvir nossas crianças e reconhecer os talentos que saíram de nossas escolas. No futuro, quem sabe, poderão ser destaques dos futuros rodeios. A comunidade vai reconhecer cada vez mais estes talentos que vão fazendo a riqueza de nossa cidade. Até o próximo festival”, convidou.

“Estar aqui é uma oportunidade imensa. Do que eu mais gostei foi estar com este troféu. É uma conquista para mim. Eu amei. Não fiquei nervosa, porque já passei por isso. Sei que isto aqui é um festival para a gente conquistar nossos sonhos. Eu conquistei o meu agora. Eu vou ensaiar mais, pra sempre, para quando eu crescer, eu ser uma linda cantora”, afirmou Lívia de Góis. “A música é minha vida. Essa música eu escolhi de uma série chamada Kally’s Mashup, ela marcou a minha vida, porque ela é de música e música também é minha vida. Agora eu vou comemorar. Estou muito feliz por este momento. Quero agradecer a Deus e à minha família. Estou muito feliz””, revelou Nathã Cupertino.

Na plateia, também se viu um mundo de emoções. “Eu tenho vergonha”, revelou Rafaela Emanuelly Santiago de Sousa, de 11 anos, estudante do 5o. ano da Emef Caio Fernando Gomes Pereira. Embora não tenha se inscrito para cantar, a garota deixa o festival com uma nova lição. “Ele ensina que a gente precisa se jogar na vida”, comenta. “Ajuda a ter coragem”, complementa a amiga de sala Alice Melo Allegrette, de 10 anos. “É bem legal. É diferente. A gente se diverte, junto com os amigos, o que é melhor”, comenta a amiga Lis Eduarda d’Ávila, de 11 anos. Para a estudante Evelyn Sousa Carvalho, de 10 anos, esta é uma experiência de felicidade. “É muito legal. Eu tenho vergonha, mas gosto de cantar. Canto na minha igreja, sozinha. Aqui, achei muito bom, divertido”, surpresa por estar um show com artistas que são colegas da mesma rede estudantil.

Além do troféu, muitos aprendizados

Todos os que conquistaram do 1o ao 4o lugar receberam troféus e medalhas. Segundo a Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia, o evento é voltado a estudantes da rede municipal, do 1o ao 9o ano, e visa incentivar, desenvolver e aprimorar a cultura musical entre os estudantes municipais, valorizando os jovens cantores existentes dentro da escola. Pretende ainda despertar novos talentos e contribuir para a formação de público.

Para a coordenadora pedagógica Selma Epifania da Silva Santos, integrante da comissão organizadora do evento, a experiência de disputar um evento com estas proporções é única e enriquecedora. “É uma experiência imensurável. Subir num palco profissional, com qualidade de som, de retorno, o contato com um público diferente, de todas as regiões, porque aqui a criança tem contato com diversas regiões, com colegas que estudam na mesma rede e tem a oportunidade de apresentar a sua música a pessoas diferentes, que tem gostos diferentes. Em relação à cultura, tanto para a criança na plateia como para quem está no palco, vem alimentar uma história para a nossa cidade, que é a história do valor que tem o solo vocal, a música do solista aqui na nossa cidade. Descobrimos que temos muitos cantores belíssimos, com uma capacidade imensa para um futuro na música. A criança tem também a oportunidade de lidar com a frustração. Isso é superimportante para a vida social, em família, na sociedade e como cidadãos. Saber que nem sempre ele ganha, nem sempre ele perde. Lidar com a frustração ajuda na maturidade da criança, no crescimento enquanto pessoa”, afirma a coordenadora. 

Conheça os vencedores do 2o. Festival de Música “Educando para o Talento”

1. Lívia M. R. de Góis (Emef Profª Maria Célia Cabral Amaral) – Pássaro de Fogo

2. Nathã Felipe G. Cupertino (Emef Dayla Cristina Souza de Amorim) – Cathing Fire

3. Cibelle Dias Barbosa (Emef Tarsila do Amaral) – Ressuscita-me

4. Ana Gabrielly dos Anjos (Emeb Interlagos) – Maranata

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98