Nossa Cidade

Julho das Pretas terá programação de destaque ao longo do mês, em Hortolândia

Atividade começa nesta segunda-feira (11/07) a partir das 20 horas, com a apresentação de um vídeo no canal da Secretaria da Cultura no YoutubeEm homenagem ao Dia Internacional da Mulher Negra, Latino-Americana e Caribenha e Dia de Tereza de Benguela, celebrado dia 25 de julho, a Prefeitura de Hortolândia realiza a partir desta segunda-feira (11/07), até 27 de julho, uma série de atividades da programação “Julho das Pretas”. As atividades são iniciativa da Secretaria de Governo, por meio do Departamento de Direitos Humanos, Setor de Igualdade Racial, através do Setor de Políticas Públicas de Promoção da Igualdade Racial, Coletivos de Mulheres, Conselho da Mulher e o Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial. O objetivo é convidar a sociedade hortolandense para uma reflexão sobre o assunto.

De acordo com informações do Setor de Igualdade Racial, a programação começa nesta segunda-feira (11/07), a partir das 20 horas, com a apresentação do vídeo “Julho das Pretas; Tempo de Esperançar nas Lutas das Mulheres Negras”. O vídeo pode ser acessado pelo canal da Secretaria Municipal da Cultura no Youtube.

Anuncio


No dia 12, às 19 horas, no Instituto Federal de Hortolândia, acontece a palestra “Racismo Estrutural e o Direito a Educação”. A atividade será mediada pela professora Mara Ester, coordenadora do curso Promotora Populares Legais. Participam a profissional da saúde, jornalista e biomédica Madalena Santos e a doutora em educação, pedagoga e diretora do Instituto Federal, Caroline Jango.No dia 23, a partir das 20 horas, no Instituto Doné Eleonora, no Jardim Adelaide, acontece o desfile de moda “Ressignificação Preta”.

Para o dia 25 de julho, a partir das 15 horas, na Escola de Artes do Jardim Amanda, acontece a Roda de Conversa, com o tema “Representatividade para Além da Representação”.

No fechamento das atividades, no dia 27 de julho, a partir das 9 horas, o canal da Secretaria Municipal da Cultura no Youtube lança o programa “Hoje é Dia de Tabuleiro, em homenagem a Memória da Mãe Eleonora. O documentário apresenta a influência da culinária afro na cozinha do brasileiro, transformando numa referência mundial. No programa “Hoje é Dia de Tabuleiro” é abordado ainda a diversidade cultural da Gastronomia, por meio do conceito etnogastronomia. Teremos também o episódio “Trajetória do Acarajé”.TEREZA DE BENGUELANo dia 25 de julho é celebrado a luta de Tereza de Benguela, mulher que ficou conhecida no Brasil por liderar um movimento quilombola no estado do Mato Grosso, durante o século XVIII. Casada com José Piolho, a mulher tomou a frente do movimento, após a morte de seu marido. Sob sua liderança, a comunidade negra e indígena resistiu à escravidão por décadas, sobrevivendo até 1770, quando o quilombo foi destruído pelas forças de Luís Pinto de Souza Coutinho.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo