As igrejas mantêm cultos religiosos em diversas regiões de Hortolândia mesmo com a iminente contaminação do Covid-19 presente na cidade.

Mesmo com orientações de evitarem aglomerações, fiéis continuam frequentando seus templos, e pouco se preocupam com os alertas que as mídias têm divulgado.

A cristã Solange Aparecida Nunes de 42 anos, fala que enquanto as portas da igreja estiverem abertas continuará indo. “Meu pastor não irá suspender os cultos, e orientou a todos na igreja para usarem álcool em gel nas mãos. E ele falou enquanto em Hortolândia as autoridades não suspenderem oficialmente os cultos acontecerá normalmente”, disse.

Em mais de 50 congregações na cidade que atendem mais de 11.000 membros, um comunicado oficial da Igreja Congregação Cristã do Brasil em Hortolândia suspendeu reuniões e cultos em todas os seus templos.

Em países desenvolvidos como a França, fiéis foram infectados pelo vírus, exportando-o a territórios que, até então, vinham sendo poupados.