22 de maio de 2024
Nossa Cidade

Hortolendo supera expectativas de público e atrai visitantes da região

Hortolendo atrai visitantes da região

Vínculo afetivo entre livros e crianças, criado no evento, motiva trabalho em sala de aula.

Além das expectativas. Esta é avaliação das secretarias de Cultura e Educação sobre a terceira edição do Hortolendo, festa literária realizada pela Prefeitura de Hortolândia no último dia 26 de maio, dentro das comemorações de 22 anos de aniversário da cidade.

Cerca de 30 mil pessoas compareceram ao parque Creape (Centro de Referência Ambiental Parque Escola), no Jardim Santa Clara do Lago II, segundo estimativa do secretário de Cultura, Amaratino Jesus de Oliveira, o Tino Sampaio. Isto significa que houve um aumento de aproximadamente 20% na adesão do público, com relação aos anos anteriores, quando foi verificada a presença de mais de 20 mil pessoas, em cada edição, entre alunos das unidades escolares da rede municipal, estadual e particular de ensino, artistas locais e comunidade.

Na ocasião, foram distribuídos entre os estudantes da rede municipal 21 mil livros paradidáticos e o mesmo número de squeezes (garrafas para armazenar água), segundo a editora Adonis, parceira da Administração. Na tenda do projeto Autores Mirins, concurso cultural da Prefeitura, que procura identificar talentos literários entre os estudantes da Educação Infantil e do Ensino Fundamental da rede, foram doados mais três mil livros autografados. Houve até fila para cumprimentar os escritores estreantes. No balcão de trocas, sucesso absoluto: todos os livros de literatura foram trocados por outros ou levados pela população.

 

TURISMO CULTURAL

A novidade é que, neste ano, constatou-se a presença de um grande número de visitantes de outros municípios, o que significa que a festa desempenhou também o papel de acontecimento turístico. “Houve um maior fluxo turístico, projetando a cidade como município que se preocupa com a leitura, oferecendo novos métodos de aprendizagem que não apenas os formais, uma maneira mais divertida de aprender, que atrai as crianças”, ressalta Tino.

O vínculo afetivo que se forma entre a criança, a família, a escola, a Secretaria de Educação e os próprios livros, a partir deste evento, é um dos aspectos mais relevantes do Hortolendo, na visão da secretária de Educação, Cleudice Baldo Meira. “Este vínculo positivo repercute no aprendizado, motiva a leitura”, explica.

“Vimos famílias inteiras indo ao evento: pais, mães, avós, responsáveis, além das autoridades. Um encontro intergeracional aconteceu no evento”, comemora o secretário de Cultura. “Tanto que, às 15h, a alimentação se esgotou.Vimos também muita gente fazendo piquenique na grama”, completa.

SUCESSO

A avaliação da secretária de Educação é semelhante. “O destaque fica por conta da participação de toda a comunidade, das famílias que participaram intensamente. Isto é o sucesso do evento”, assinala. “O brilho nos olhinhos das crianças, que não só entraram nas tendas, mas participaram. Isto é gratificante, ver tantas crianças com livros nas mãos, folheando, lendo, olhando interessadas!”

Verificou-se, também, um maior número de pessoas visitando o Museu de História Natural que existe no parque. E, a partir de sugestões dos frequentadores, os responsáveis pela gestão do espaço já repensam o uso costumeiro de alguns recantos do parque escola.

Outro ponto de destaque, na avaliação de ambos os secretários, foi o envolvimento e a dedicação de todos os servidores escalados para participar do evento, em diversas secretarias. Para a edição do próximo ano, a meta é buscar novas parcerias na iniciativa privada a fim de reduzir custos para a municipalidade.

Texto: Ana Medina Néri

Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98