16 de julho de 2024
Nossa Cidade

Hortolândia participa de Seminário Nacional de Políticas Públicas e Mulheres com Deficiência, em Brasília

Representantes dos setores de Pessoa com Deficiência e de Políticas Públicas para Mulheres da Prefeitura se reuniram com representantes do Governo Federal

Hortolândia participa de Seminário Nacional de Políticas Públicas e Mulheres com Deficiência, em Brasília

Representantes da Secretaria de Chefia da Prefeitura de Hortolândia estiveram presentes no I Seminário Nacional de Políticas Públicas e Mulheres com Deficiência, realizado pela Secretaria de Políticas para as Mulheres e pela Secretaria de Direitos Humanos do Governo Federal, em Brasília. O encontro ocorreu entre os dias 7 e 9 deste mês, no Hotel Nacional, em Brasília.

A chefe do Setor da Pessoa com Deficiência, Elaine Gombrade, representou a Administração, junto com Luzia Rodrigues Dias, servidora do Departamento de Políticas Públicas para Mulheres. O evento reuniu integrantes de entidades de todas as regiões do País para discutir ações de políticas públicas que respeitem a diversidade. O lema do evento é “tirar da invisibilidade 26 milhões de mulheres com deficiência”.

A secretária-executiva da SPM (Secretaria de Políticas para as Mulheres), Lourdes Bandeira, informou que as mulheres são maioria do total de 45 milhões de deficientes no Brasil. “O seminário está trazendo esse público para a visibilidade”, afirmou Lourdes. Ainda segundo a secretária, é necessário aliar o gênero à deficiência, pois, as mulheres nessas condições estão envelhecendo e ainda sofrem com a violência. “Isso significa maior demanda de políticas públicas para atendimento a essa parcela da população”, explicou.

Durante o evento, foi detalhado o Plano Nacional de Políticas para as Mulheres, que prevê ações que asseguram o acesso ao mercado de trabalho, à educação, à saúde e ao enfrentamento à violência para esse setor da sociedade. Para isso, existe a Central de Atendimento à Mulher – Ligue 180, que presta serviços de acolhimento e orientação 24 horas por dia.

Estiveram presentes representantes dos ministérios da Educação, Saúde, Trabalho e Emprego e Assistência Social, que responderam as perguntas dos participantes do seminário. A coordenadora geral do Enfrentamento da Violência contra a Mulher da SPM, Luana Grilo, apresentou os ciclos de violência contra a mulher e o Programa Mulher, Viver Sem Violência, que teve sugestões das participantes para implementação de ações voltadas à mulher com deficiência.

Esta é a primeira vez que um evento deste porte é promovido pelo Governo Federal, que pretende repetir as reuniões em diversas outras regiões de forma descentralizada, para fortalecer as futuras discussões.

Fonte: Assessoria de Comunicação / Prefeitura de Hortolândia

Para mais notícias, eventos e empregos, siga-nos no Google News (clique aqui) e fique informado

Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98