13 de junho de 2024
Nossa Cidade

Hortolândia intensifica combate às queimadas ilegais, mais de 150 são multados

Educação Ambiental

As queimadas ilegais estão se tornando um problema alarmante em Hortolândia, afetando a qualidade do ar e a saúde dos moradores. A Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável revela que, de janeiro a maio deste ano, foram aplicadas 152 multas conforme a Lei Municipal 2464/2010, devido a incêndios criminosos em terrenos baldios e áreas urbanas.

As multas variam de 100 a 10 mil UFMHs (Unidades Fiscais Municipais de Hortolândia), o que equivale a valores entre R$ 453,85 e R$ 45.385,00. A Prefeitura tem realizado ações de sensibilização e conscientização em pontos estratégicos da cidade, visando alertar moradores e comerciantes sobre os perigos dos incêndios para a saúde humana e o meio ambiente.

Mais de 1.800 atendimentos porta a porta já foram realizados para sensibilizar a população. A maioria dos incêndios é causada por ação humana, como queima de folhas ou descarte irregular de lixo. Moradores como Jeniffer dos Santos Araújo, do condomínio Vivenda Girassol, na Vila Inema, expressam preocupação com os impactos na saúde e na qualidade de vida.

José Apóstolo dos Santos, coordenador da Fiscalização Ambiental, destaca a importância da participação da população no combate às queimadas ilegais, incentivando denúncias e sugestões através do aplicativo Agenda Verde, disponível gratuitamente para Android e iOS.

Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98