Nossa Cidade

Hortolândia inaugura serviço de hemodiálise, amanhã (15/02)

 

A Prefeitura de Hortolândia, por meio da Secretaria de Saúde, lança no município, nesta sexta-feira (15/02), o serviço de hemodiálise para pacientes renais crônicos. A Clínica Dialisa começa a funcionará no Jd. Campos Verdes: isso significa que os pacientes crônicos renais poderão realizar tratamento na própria cidade, a partir de segunda-feira (18/02). Até então, somente clínicas de Sumaré e Campinas estavam autorizadas a oferecer o serviço público aos moradores de Hortolândia

Anuncio


O serviço de hemodiálise no município, credenciado pelo SUS (Sistema Único de Saúde), é uma grande conquista para Hortolândia. Na cidade, há cerca de 150 pessoas em tratamento renal. O serviço oferecido na nova clínica tem capacidade para atender até 120 pessoas, em três turnos: manhã (7h) tarde (11h) e noite (18h). Os pacientes serão transferidos de forma gradual e já estão recebendo informações de como será este processo.

De acordo com a secretária de Saúde, Odete Carmem Gialdi, esta conquista é o resultado de uma articulação realizada nos últimos seis meses, com objetivo de oferecer mais comodidade aos pacientes que dependem de hemodiálise. “Conseguimos demonstrar para o Ministério da Saúde que temos todas as condições para oferecer o serviço aqui no município. Este é um marco na saúde da cidade, um desejo muito antigo dos pacientes que agora está sendo concretizado. Eles terão um atendimento mais perto de suas casas, trazendo mais qualidade de vida para eles e seus familiares”, destacou Odete.

A hemodiálise é um tratamento que consiste na filtragem do sangue, como se fosse um rim artificial. Casos mais graves precisam de hemodiálise até três vezes por semana. No entanto, todos os pacientes precisam realizar o tratamento pelo menos uma vez a cada sete dias. A hemodiálise é indicada para pessoas com insuficiência renal em estágios avançados, decorrente de problemas de hipertensão não controlados. Caso o paciente não consiga um transplante de rim, ele dependerá do tratamento pelo resto da vida.

As pessoas que têm pressão alta e diabetes devem adotar hábitos de vida saudáveis, como alimentação equilibrada e prática de atividades físicas. Também é necessário fazer acompanhamento médico na unidade básica de saúde. Manter o controle dessas doenças pode evitar a necessidade de hemodiálise no futuro.

SERVIÇO:

Inauguração da Clínica Dialisa

Sexta-feira (15/02), às 10h

Rua dos Estudantes, nº 415, Jd. Campos Verdes

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo