Nossa Cidade

Hortolândia emite 1ª multa e autua 7 por causa de dengue

A Prefeitura de Hortolândia multou, neste ano, o dono de um imóvel por não combater os criadouros do mosquito Aedes aegypti, transmissor do vírus da dengue. Outros sete imóveis chegaram a ser notificados pela administração, mas como seus proprietários resolveram o problema, não foram multados. Segundo o mais recente balanço, a cidade já registrou 221 casos da doença.

O imóvel – um ponto de reciclagem – foi multado em R$ 3 mil, taxa que é incluída na Dívida Ativa, somada ao valor do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) com vencimento no próximo ano. Ele havia sido notificado anteriormente, por causa do excesso de criadouros.

De acordo com o Código Sanitário Estadual, a multa média é de 25 Ufesps (Unidades Fiscais do Estado de São Paulo), o que equivale a cerca de R$ 500. No entanto, o valor pode ser superior, dependendo do volume de criadouros encontrados.

“Foram autuados sete imóveis, neste ano, por apresentarem focos de dengue. Os responsáveis tiveram um prazo de dez dias para solucionar o problema, que foi resolvido”, informou a Secretaria de Saúde, por meio de nota oficial.

“ARRASTÕES”

A prefeitura também ressaltou que combate a dengue com a realização constante de “arrastões” aos finais de semana, em todos os bairros da cidade, priorizando os locais com maior número de pessoas infectadas.

Agentes de saúde vistoriam quintais em busca de criadouros do mosquito transmissor da doença. Além disso, rotineiramente, os agentes do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) visitam as residências levando orientações aos moradores sobre como evitar a dengue.

Cerca de 50 agentes atuam em toda a cidade, todos os dias da semana.

• REPOUSO
“As orientações para uma recuperação mais rápida (do paciente que contraiu dengue) são repouso, ingestão de pelo menos dois litros de água, alimentação rica em frutas e sucos, banhos de 20 minutos para ajudar a baixar a febre e uso de antitérmicos em doses e horários recomendados pelo médico. Aspirina não deve ser usada, uma vez que pode ocasionar hemorragia”, informou a secretaria.

Fonte: TodoDia.

Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98