Hortolândia foi destaque no IPRS (Índice Paulista de Responsabilidade Social) e atingiu em 2012 a marca de 30ª mais rica do Estado com destaque na Região Polo Têxtil.

Em 2010 no mesmo estudo a cidade aparecia em 40ª posição. O estudo mostra que o valor adicionado fiscal per capita variou de R$ 30.125 para R$ 30.909.

A pesquisa é feita em cima de quatro variáveis: consumo anual de energia elétrica por ligação residencial; consumo de energia elétrica na agricultura, no comércio e nos serviços por ligação nessas classes; valor adicionado fiscal per capita; e remuneração média dos empregados com carteira assinada. O peso de cada uma dessas variáveis foi obtido por meio do modelo de análise fatorial.

Fonte: O Liberal

Artigo anteriorDetento do CDP de Hortolândia morre após ser internado no HES
Próximo artigoMulher é esfaqueada na mão por marido bêbado no Jardim Campos Verdes