Obra, uma parceria da Prefeitura com a iniciativa privada, faz parte do PIC

A obra da avenida que ligará o Jd. São Bento ao Jd. São Sebastião avança para uma nova etapa. Após a instalação das tubulações de drenagem, a construção da Avenida do Futuro, de responsabilidade de um empreendimento empresarial particular que se estabelecerá às margens da Rodovia Jornalista Francisco Aguirre de Proença (SP-101), ganha mais um capítulo com o início da implantação de guias e sarjetas em toda a extensão dos aproximadamente 740 metros da via que nascerá naquele espaço. A obra é uma ação do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento).

Em contrapartida à implantação dos lotes empresariais, a empreendedora Sena Construções trabalha neste acesso viário, atendendo a legislação do Plano Diretor da Prefeitura de Hortolândia. De acordo com informações da Secretaria de Obras, o trecho, com 25 metros de largura, possuirá duas faixas de rolagem, em cada um dos sentidos da avenida, além de canteiro central com paisagismo, e será pavimentado em breve.

Atualmente, o acesso mais rápido entre o Jd. São Bento e o Jd. São Sebastião é feito por meio de uma estrada de terra, que corta lotes particulares, passando por baixo da Rodovia dos Bandeirantes. Outra opção é seguir pela SP-101, num percurso de cerca de 12 minutos de carro, apesar de os bairros serem vizinhos. 

Além de permitir a interligação facilitada entre o Jd. São Sebastião e o Jd. São Bento, a obra em andamento prevê a criação de uma rua marginal à SP-101, ligando a nova estrada diretamente à Rodovia SP-101, ampliando os acessos à cidade. Conforme o projeto de implantação do condomínio empresarial, a via marginal sairá da altura da rua Nara Leão, no Jd. São Bento, até o Caminho Cinco do bairro Chácaras Acaray. Neste ponto, será implantada uma rotatória, onde inicia a Avenida do Futuro, sentido Jd. São Sebastião.

De acordo com a secretaria de Planejamento e Gestão Estratégica, todos os empreendimentos residenciais, comerciais, empresariais e industriais que chegam ao município têm, como contrapartida, a obrigação de construir ruas e avenidas que facilitem o acesso da população, colaborando para o crescimento ordenado da cidade.

PIC

A obra da Avenida do Futuro faz parte do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento), programa que prevê investimentos para promover o desenvolvimento urbano, ambiental, social e humano para que Hortolândia cresça com planejamento e sustentabilidade nos próximos 30 anos. Os recursos financeiros do PIC são fruto de parcerias da Prefeitura com os governos estadual, federal e a iniciativa privada.

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Artigo anteriorPrefeitura reforça sinalização no entorno de escola no Jd. Nova América
Próximo artigoFesta Julina no Fátima acontece neste fim de semana