Para auxiliar os profissionais da educação no planejamento e realização das atividades escolares, a Prefeitura de Hortolândia ofereceu, nesta terça e quarta-feira (02 e 03/03), formação sobre o funcionamento e a utilização dos aparelhos chromebooks recém-distribuídos. A ação da Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia, voltada aos gestores da rede municipal de educação, é mais uma alternativa para fortalecer o processo de ensino e aprendizagem no município. 

Durante a formação, os participantes aprenderam na prática o funcionamento dos novos computadores e todos os recursos oferecidos pelos chromebooks para a postagem das atividades no espaço “Educação na Rede”, utilizado durante a pandemia nas atividades de ensino remoto. Ao final, os gestores ainda puderam esclarecer as dúvidas, fazer sugestões e trocar informações com a formadora, Fabiana Rodrigues, por meio do chat da reunião. 

Em respeito aos protocolos de segurança e combate ao Coronavírus, o encontro aconteceu via plataforma Zoom e contou com a participação de mais de 60 profissionais da educação, entre eles, supervisores do Centro de Formação dos Profissionais de Educação “Paulo Freire”, diretores e coordenadores pedagógicos da Educação Infantil e do Ensino Fundamental.  

O Diretor do departamento de Educação, Ciência e Tecnologia, Felipe Amaro dos Santos Neto, também fez uma breve participação no encontro e destacou que as formações e plantões de dúvidas são ações fundamentais para promover efetivamente a utilização das tecnologias dentro da educação.  

“As formações voltadas para tecnologias integradas com a educação são importantes aliadas dos nossos profissionais de educação nesse momento, pois contribuem com a evolução do trabalho realizado nas escolas. É importante termos essa estrutura e equipamento, assim como é fundamental oferecer o conhecimento necessário para utilizá-las”, ressalta o diretor de Ensino Fundamental e Educação Integral, José Luís Menegoro.  

A distribuição e formação voltada ao uso dos chromebooks  faz parte da proposta da atual gestão que visa à integração de novas tecnologias como ferramentas de aprendizagem para a educação. A ação beneficia diretamente as 58 escolas municipais, sobretudo em tempos de pandemia do Coronavírus, em que as aulas foram retomadas, inicialmente, de maneira remota.

 

 

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia