Nossa Cidade

“Fique Sabendo” alerta para prevenção da Aids

A Prefeitura de Hortolândia, por meio da Secretaria de Saúde, realizou durante a campanha “Fique Sabendo”, mais de 1,6 mil testes rápidos de HIV/Aids e Sífilis. Entre os dias 23 de novembro e 1º de dezembro, período da campanha, todas as unidades de saúde do município realizaram a testagem gratuita, envolvendo mais de 60 profissionais capacitados para o acolhimento da população. Neste período, três exames tiveram resultado positivo para HIV e seis para Sífilis, sendo que estas pessoas já estão sendo acompanhadas pela equipe multidisciplinar do Amdah (Ambulatório Municipal de DST/Aids de Hortolândia), unidade de referência no tratamento de doenças sexualmente transmissíveis.

Com estes positivos, foram diagnosticados 42 novos casos de HIV na cidade neste ano, enquanto que em 2014, foram 38 positivos. Uma estimativa do Ministério da Saúde, disponível no Mapa de Indicadores e Dados Básicos do HIV/Aids, indica que a incidência histórica de HIV na região Sudeste é de 20 novos casos/ano, a cada 100 mil habitantes, o que coloca Hortolândia dentro da média.

O aumento no número de casos positivos se deve, principalmente, pela maior oferta de testes de diagnóstico. “Atualmente, 20 unidades de saúde fazem o teste gratuito de HIV na cidade. Isso amplia o acesso da população ao diagnóstico precoce e tratamento. Os casos positivos são encaminhados ao Amdah, onde o paciente recebe orientação, acompanhamento e tratamento permanentes”, destacou a psicóloga e coordenadora do Amdah, Ana Lúcia Denadai Schmidt.

A coordenadora enfatiza que as campanhas de prevenção realizadas pelo Programa Municipal de HIV/AIDS, com apoio do Ministério da Saúde, têm despertado na população maior consciência sobre prevenção e incentivado as pessoas a fazer o teste rápido. “Atualmente, a maior incidência de HIV na cidade está entre jovens homossexuais, mas também temos vários casos de pacientes heterossexuais, casados, idosos, público de todas as idades. Muitas pessoas ainda não consideram importante o uso de preservativo. Por isso, nosso trabalho é contínuo”, afirmou Ana.

Atualmente, o Amdah atende cerca de 250 pacientes com HIV em Hortolândia, além de realizar teste gratuito de HIV/Aids, mesmo fora do período da campanha “Fique Sabendo”. No local, também são oferecidos medicamentos para Aids, estágio em que o vírus HIV manifesta sintomas, afetando a imunidade do paciente. A unidade funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 16h. O endereço é rua Ernesto Bergamasco, 262, na Vila Real. O telefone é (19) 3897-3653.

 

Sífilis

 

O Amdah também oferece tratamento e acompanhamento para pacientes diagnosticados com Sífilis, doença que tem cura e não deixa sequelas se diagnosticada precocemente. O teste gratuito para a doença também está disponível na unidade. Não é necessário encaminhamento médico para realizar os exames.

Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98