As restrições adotadas para conter a disseminação do Coronavírus afetam diferentes ramos de negócio. Para ajudar quem tem empresa a mantê-la em funcionamento neste momento delicado, a Prefeitura de Hortolândia orienta o empreendedor a buscar crédito em instituições financeiras públicas. 

Uma delas é o Banco do Povo, do governo estadual, que oferece condições especiais em linhas de crédito. De acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Turismo e Inovação, o valor do crédito varia de R$ 200,00 a R$ 20.000,00, com taxa de juros de 0,35% ao mês. O prazo de pagamento será estendido com parcelamento em até 36 vezes. Já o prazo de carência será ampliado de 60 dias para 90 dias. Para crédito de até R$ 3.000,00 não é necessário avalista. Mais informações podem ser obtidas no site da Prefeitura, por meio deste LINK, no site do banco, https://www.bancodopovo.sp.gov.br/empresas.html, ou pelo e-mail

\n

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.


.

Outro órgão estadual, Desenvolve SP, por meio do Banco do Empreendedor, oferece linhas de crédito para investimento, capital de giro e específicos. As taxas são a partir de 1,20% ao mês, com carência de 9 a 12 meses e prazos de pagamento de até 60 meses. Mais informações estão disponíveis na internet por meio deste LINK.

Os bancos públicos federais também estão com linhas de crédito para empreendedores. O Banco do Brasil oferece empréstimos para capital de giro e prorrogação de parcelas de empréstimos empresariais de dois meses. Os juros são a partir de 0,84%, e prazo de pagamento de 24 a 36 meses. Mais informações podem ser obtidas no site do banco, www.bb.com.br, ou pelas linhas de atendimento do próprio banco.    

A Caixa Econômica Federal também oferece empréstimos para capital de giro e prorrogação de parcelas de empréstimos empresariais de dois meses, com juros a partir de 0,83%.Os prazos de pagamento vão de 24 a 60 meses. O banco ainda oferece redução das taxas de crédito rotativo e parcelamento de fatura dos cartões de crédito para pessoa jurídica por 90 dias, com taxas de 2,09 a 10,09 ao mês. Os interessados podem obter mais informações no site do banco, www.caixa.gov.br, ou pelas linhas de atendimento da própria instituição.

JURO ZERO

O empreendedor também pode obter crédito por meio do Programa Juro Zero Empreendedor, parceria do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) com o governo estadual. O programa oferece crédito de até R$ 15.000,00 para MEIs (Microempreendedores Individuais), e de até R$ 20.000,00 para ME (microempresa) e EPP (empresa de pequeno porte). Os juros vão de 0 a 0,35%, com prazo de até 36 meses e carência de 3 meses. Para obter o crédito, é necessário passar pelo programa de capacitação online Empreenda Rápido, www.empreendarapido.sp.gov.br.  

Outra opção é a cooperativa Sicoob (Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil) Ouro Verde, que iniciou atividades no município em julho do ano passado. A cooperativa oferece crédito de até R$ 200.000,00 por CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica), com taxas de 0,79% a 1,19% e prazo de pagamento de 18 meses.

Ainda de acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Turismo e Inovação, os bancos privados oferecem linhas de crédito emergencial para empreendedores financiarem o pagamento de salários de funcionários por até dois meses. Em contrapartida, as empresas não podem demitir funcionários pelo mesmo período de tempo. A carência é de até seis meses com 30 meses para pagar. Os juros são tratados diretamente com os bancos autorizados pelo BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), do governo federal.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Artigo anteriorRede subterrânea de energia será ativada na rua Luiz Camilo de Camargo em um mês
Próximo artigoApós feriado, Prefeitura retoma pintura de sinalização de solo no entorno do Terminal Metropolitano