Nossa Cidade

Deputado comemora avanço do projeto do Trem Intercidades na ANTT

Trem Intercidades

Um dos principais defensores da viabilização do Trem Intercidades como meio de transporte de passageiros entre Campinas e São Paulo, o deputado Dirceu Dalben (PL) comemorou o avanço nas tratativas para a execução do projeto orçado em R$ 8 milhões. A informação foi noticiada pela Folha de S. Paulo, recentemente.

O parlamentar sumareense esteve em Brasília, em setembro do ano passado, para participar de uma audiência pública do TCU (Tribunal de Contas da União) – sobre a renovação antecipada da concessão da malha ferroviária paulista à empresa Rumo Malha Paulista – e defendeu, ao lado dos ministros Augusto Nardes (TCU) e Tarcisio Gomes de Freitas (Infraestrutura), a utilização da ferrovia para o transporte de passageiros, com a implantação do Trem Intercidades de São Paulo a Campinas inicialmente e, posteriormente, até o Interior.

“Ao longo de toda a minha trajetória política tenho defendido a instalação do Trem Intercidades como meio de transporte de passageiros. Acredito que a retomada desta modalidade já muito conhecida e sua ampliação para maior capacidade de pessoas é uma importante ferramenta para solucionar os gargalos na mobilidade na Região Metropolitana de Campinas. O avanço neste projeto é uma grande conquista e nosso mandato segue sempre à disposição dos municípios paulistas, defendendo os interesses dos moradores”, destacou o deputado Dirceu Dalben.

A criação de rota e investimento na estrutura férrea para o transporte de passageiros faz parte do ‘pacote’ de melhorias que deverão ser realizadas pela MRS Logística em contrapartida à renovação antecipada da concessão do contrato por mais 30 anos. A ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) deve finalizar ainda este mês o relatório para a renovação da outorga.

O projeto do Trem Intercidades prevê a construção de novas linhas férreas no trecho entre Campinas e São Paulo, com capacidade para trafegar na velocidade média de até 120 km/h. O transporte de passageiros ficará sob responsabilidade do Governo do Estado de São Paulo.

Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98