Connect with us

Nossa Cidade

Defesa Civil orienta população sobre cuidados em dia chuva forte

Publicado

em

Em virtude das fortes chuvas que tem ocorrido na Região Metropolitana de Campinas nas últimas semanas, a Defesa Civil, órgão da Prefeitura de Hortolândia, orienta a população sobre como proceder antes, durante e depois de inundação brusca ou pontos de alagamentos. Com as obras de drenagem e canalização do Ribeirão Jacuba, realizadas pela Prefeitura, o município deixou de sofrer com inundação desde 2013. No entanto, alguns pontos de alagamentos podem ser encontrados quando a chuva ultrapassa cerca 30 milímetros num curto período.

Além das equipes da Defesa Civil, em caso de ocorrências, a população conta agora com a atuação do Corpo de Bombeiros, que inaugurou uma base própria no município em fevereiro, com o apoio da Administração Municipal. A Corporação pode ser acionada pelo número 193. O número da Defesa Civil é 3809-6050.

Entre os desastres naturais, as enchentes são consideradas os que mais danos causam à saúde da população, ao patrimônio e ao meio ambiente. Com a chegada da estação das chuvas, cresce a preocupação sobre o aparecimento de doenças, sobretudo as transmitidas por água, alimentos, vetores, reservatórios e animais peçonhentos.

O gerente da Defesa Civil, Iluíde Carboneiro, ressalta a importância de alguns cuidados básicos que fazem a diferença no momento da enchente ou pontos de alagamento. “As dicas são fundamentais para os munícipes que diariamente saem de Hortolândia para cidades vizinhas a fim de trabalhar e estudar. É preciso evitar, ao máximo, trafegar em áreas que tem histórico de alagamentos. Ao encontrar-se em ruas alagadas, procure se proteger o máximo possível, evitar o contato com a água. Use calçados ou improvise com sacos plásticos como proteção para as pernas. A força das águas em locais inclinados é incontrolável. As águas de enchentes são pesadas e violentas e oferecem grande risco de contaminação. Mesmo que você saiba nadar bem, não se arrisque em travessias ou brincadeiras”, disse.

Iluíde ressalta que, mesmo Hortolândia deixando de apresentar riscos, é fundamental que motoristas e pedestres fiquem extremamente atentos em caso de temporais. “Não é possível prever a força da água ou o local que ficará mais cheio. É importante também contribuir com o meio ambiente e não realizar descarte de lixos e entulhos nas vias públicas, saquinhos, copos, entre outros materiais, que enchem as bocas de lobo e fazem pontos de alagamento”, destacou.

Confira abaixo outras dicas de segurança:

Cuidados gerais:
Evitar cruzar pontes onde o nível do rio subiu;
Não se abrigar embaixo de árvores e se manter distante de postes;
Não se aproximar de cercas de arame, varais metálicos, linhas aéreas e trilhos;
Não se abrigar debaixo de árvores isoladas;
Não tomar água ou comer alimentos que estavam em contato com as águas da inundação.

Cuidados quando se está dentro de carros:
Ao primeiro sinal de chuva forte, evite sair de casa. Não corra riscos desnecessários. No entanto, se já estiver no trânsito, fique atento;
Aos primeiros sinais de alagamento, procure áreas elevadas para estacionar e aguarde o nível da água baixar;
Ande devagar, aumente a distância do veículo da frente e não feche os cruzamentos;
Sintonize seu rádio no noticiário local e procure informações sobre as áreas alagadas;
Não pare o carro próximo a árvores ou postes;
Evite áreas alagadas. As poças podem esconder crateras. Se for inevitável, ao atravessá-las, mantenha aceleração contínua em primeira. Em hipótese alguma, a água pode entrar pelo cano de descarga;
Aguarde que o carro que esteja a sua frente transponha a área alagada para, em seguida, proceder a sua travessia.

Fonte: Prefeitura de Hortolândia

Nossa Cidade

UBS Amanda I amplia horário de vacinação de 1ª, 2ª e 3ª doses contra COVID-19, nesta quinta-feira (27/01)

Publicado

em

A ampliação do horário será realizada somente nesta quinta-feira

Para quem ainda não completou a imunização contra a COVID-19, nesta quinta-feira (27/01) a Prefeitura de Hortolândia ampliará o horário de vacinação das 16h às 20h30 na UBS (Unidade Básica de Saúde) Amanda I, localizada na rua Almada Negreiros, 1.299. A unidade fará a vacinação de 1ª, 2ª e 3ª doses para crianças a partir de 12 anos, adolescentes, jovens e adultos. A ampliação do horário será somente nesta quinta-feira.

A ação é para imunizar as pessoas faltantes que, em razão do horário de saída dos seus trabalhos, não têm conseguido completar a imunização durante a semana. A vacinação contra a COVID-19 nas demais UBSs da cidade continua no horário normal das 8h às 15h30 (confira quadro abaixo).

A Secretaria de Saúde reforça para a população a importância de completar o esquema vacinal com a 2ª dose e o reforço com a 3ª dose. Ao fazer isso, a população fica imunizada contra a COVID-19 e as novas variantes do Coronavírus que estão surgindo, e diminui o risco de transmitir a doença para pessoas de seu convívio.

Ainda segundo a Secretaria de Saúde, o intervalo da 1ª para a 2ª dose para quem recebeu a Coronavac é de 28 dias. Quem recebeu a AstraZeneca, o intervalo é de 8 semanas. Já para quem foi imunizado com a Pfizer, o intervalo da 1ª para a 2ª dose é de 21 dias para adultos e de 8 semanas para adolescentes. Para quem recebeu a 1ª dose da Janssen, o intervalo para a 2ª dose é de 2 meses. Já o intervalo da 2ª para 3ª dose é de 4 meses. Quem é imunossuprimido, o intervalo da 2ª para a 3ª dose é de 28 dias.

Quem for receber a 1ª dose tem que apresentar Carteira de Identidade (RG) ou algum documento com foto, CPF (Cadastro de Pessoa Física) e comprovante de endereço.

Já para quem for receber a 2ª ou a 3ª doses, é necessário levar o comprovante de vacinação, Carteira de Identidade (RG) ou algum outro documento com foto e CPF. Os adolescentes podem receber a 2ª dose desacompanhados de pai, mãe ou responsável.

Confira abaixo os dias da semana e as UBSs onde é feita a vacinação de 1ª, 2ª e 3ª doses contra a COVID-19:

– Segunda-feira: UBSs Figueiras e Orestes Ôngaro

– Terça-feira: UBSs Amanda I e Nova Europa

– Quarta-feira: UBSs São Jorge e Santiago

– Quinta-feira: UBSs Santa Esmeralda e Taquara Branca

– Sexta-feira: UBSs Adelaide, Santa Clara e São Bento

Continue Lendo

Nossa Cidade

Em breve, Corredor Metropolitano receberá novos radares controladores de velocidade

Publicado

em

Ação da Prefeitura de Hortolândia tem o objetivo de salvar vidas no trânsito 

As ações para aumentar a segurança viária seguem intensificadas pela Prefeitura de Hortolândia em todas as regiões. O Corredor Metropolitano é uma das áreas que recebe atenção das equipes da Administração Municipal com o objetivo de evitar que veículos circulem pelo local acima da velocidade permitida, além da ultrapassagem em semáforos com o sinal vermelho. Segundo a Secretaria de Mobilidade Urbana, para evitar estas infrações, serão instalados dois radares controladores de velocidade na avenida Antonio da Costa Santos, que corta os bairros Jardim Novo Ângulo, Jardim Nova América e Parque Perón.

“Um destes dispositivos, próximo da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Jardim Novo Ângulo será para controlar a velocidade. Já o outro aparelho, que será instalado no cruzamento da via com a rua Viçosa, além da velocidade, fiscalizará o avanço sobre o semáforo vermelho e a parada de veículos sobre a faixa de pedestres, atrapalhando o fluxo das pessoas. Com estas ações, queremos a colaboração dos motoristas para respeitar as leis de trânsito evitando acidentes e salvando vidas”, explica o diretor de operações da Secretaria de Mobilidade Urbana, José Eduardo Vasconcellos.

Os dispositivos começam a ser instalados nos próximos dias e, antes de serem ligados, eles passam por aferições para comprovar o  correto funcionamento dos radares. Para salvar vidas no trânsito, a Prefeitura realiza, desde 2017, uma série de ações, que vão desde a implantação dos radares controladores de velocidade, principal ação para diminuir acidentes, até atividades educativas com motoristas e pedestres, além do reforço na sinalização. A cidade também recebe, periodicamente, um mutirão de Tapa-Buraco em todas as regiões. Outra medida importante é a instalação dos painéis eletrônicos informativos nos portais de entrada e saída da cidade e investimentos na malha cicloviária.

MAIS SEGURANÇA

Hortolândia segue diminuindo os índices de acidentes de trânsito com vítimas fatais nas ruas e avenidas da cidade. Dados divulgados mensalmente pelo Infosiga (Sistema de Informações Gerenciais de Acidentes de Trânsito do Estado de São Paulo) apontam que as ações realizadas pela Prefeitura têm aumentado a segurança viária no município. De acordo com o órgão estadual, de janeiro a novembro de 2021, foram 16 vítimas de acidentes de trânsito na cidade, uma vítima a menos que no mesmo período de 2020. Este é um dos números mais baixos já registrados desde 2015, quando o Infosiga passou a divulgar os dados de acidentes de trânsito com morte. No mesmo período daquele ano, Hortolândia registrou 22 vítimas fatais no trânsito.

Segundo o Infosiga, de janeiro a novembro de 2016, 23 pessoas perderam a vida no trânsito da cidade; em 2017 foram 24; em 2018, o triste recorde de 26 mortes no trânsito; já em 2019, ano em que as ações de segurança viária foram intensificadas no município com a implantação dos radares controladores de velocidade, desativados desde 2013, a cidade registrou 14 óbitos em acidentes viários – o menor número.

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Continue Lendo

Nossa Cidade

Construção de parque linear da região Central foi iniciada pela Prefeitura nesta quarta-feira (26/01)

Publicado

em

Área de lazer fará parte do “Superviário” de Hortolândia  

A Prefeitura de Hortolândia iniciou, nesta quarta-feira (26/01), as obras de construção do novo  parque linear na região central, área de lazer que margeará a rua Luiz Camilo de Camargo, paralelo à linha férrea. A obra faz parte do “Superviário”, maior complexo viário da cidade, em implantação pela Administração Municipal. No local, máquinas realizam a abertura do pavimento da via para a instalação das tubulações de drenagem da rede de águas pluviais. De acordo com a Secretaria de Obras, esta ação compreende a primeira etapa de construção do parque. O próximo passo é a realização de serviços para fazer a ciclovia e novas calçadas na área.

O parque estará será localizado  do lado direito  da rua Luiz Camilo de Camargo para quem segue sentido Centro. Nesta etapa do trabalho, as intervenções acontecem desde o Parque dos Pinheiros, próximo da Delegacia de Polícia, onde também acontece a abertura do terreno para iniciar a construção da base da ponte que  fará a ligação para a rua Pacaembu (Jd. Carmem Cristina) até o Supermercado Assaí. A construção do  parque linear prosseguirá no trecho do Jardim Carmen Cristina até a duplicação da avenida Sabina Baptista de Camargo. A obra manterá o padrão das áreas de lazer do município,  que têm além da ciclovia, iluminação em LED, pista de caminhada, espaço para implementação de academia ao ar livre e espaços de convívio em todo o trecho.

“Para que a obra no local seja concluída mais rapidamente, não está permitido o estacionamento de veículos no lado esquerdo da rua Luiz Camilo de Camargo para garantir a fluidez do tráfego na região. A proibição temporária acontece entre os cruzamentos com as ruas Eliza Laurinda da Silva e Júlio Silva Batista”, explica o diretor de operações da Secretaria de Mobilidade Urbana, José Eduardo Vasconcellos. 

SUPERVIÁRIO

O maior complexo viário da cidade terá 5 km de extensão desde a Vila Real até a avenida Panaíno. As intervenções são realizadas com recursos do Banco CAF (Banco de Desenvolvimento da América Latina), proveniente de financiamento internacional contratado pela Prefeitura em 2018 para realização de diversas obras de infraestrutura e mobilidade urbana, ações que garantirão a retomada do desenvolvimento econômico da cidade.

Paralelo as intervenções na rua Luiz Camilo de Camargo para a construção do parque linear, as obras também avançam em outros trechos do “Superviário” e, segundo a Secretaria de Obras, aproximadamente 50% do trabalho já foi concluído. A colocação da base para a pavimentação da futura via continua em andamento no trecho próximo ao Assaí Atacadista, do outro lado da linha férrea. Trabalho que também é realizado em parte do caminho sob a Ponte da Esperança (estaiada), onde, inclusive, o asfalto já foi aplicado em mais da metade do trecho. 

O maior complexo viário da cidade terá 5 km de extensão desde a Vila Real até a avenida Panaíno. Haverá, ainda, a duplicação do trecho da avenida Sabina Baptista de Camargo, desde a rua Nossa Senhora do Carmo (Jardim Minda) até o cruzamento com a avenida Carlos Roberto Prataviera (que dá acesso ao cemitério), na rotatória atrás da empresa Magneti Marelli e ao lado do Parque Socioambiental Remanso das Águas. Uma ponte será construída neste trecho, sobre o córrego que corta a via, elevando a altura da pista e evitando inundações em dias de chuva forte.

A área lateral ao reservatório de contenção de enchentes que fica embaixo da Ponte Estaiada ponte será transformada em um novo espaço de convivência para desfrute da população, com equipamentos públicos de lazer e duas travessias para pedestres sobre afluentes do Ribeirão Jacuba. Haverá pista de caminhada, ciclovia, academia ao ar livre, playground, espaços de convívio com lixeiras e bancos, além de estacionamento. Ao lado desta nova área de lazer, a nova avenida prosseguirá até a avenida Panaíno, atrás do Condomínio Green Park. A obra contempla, ainda, a ligação do viário que será construído até a avenida Panaíno, com sobreposição da linha férrea.

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Continue Lendo

Populares