Hortolândia é reconhecida mais uma vez em âmbito estadual. O munícipio foi contemplado pelo programa “Juntos Pela Cultura”, realizado em parceria pela associação Amigos da Arte e o governo do Estado, para realizar um documentário sobre cultura caipira. O prefeito José Nazareno Zezé Gomes e o secretário de Cultura, Régis Athanázio Bueno, receberam o troféu do programa, nesta quarta-feira (14/07). Hortolândia ainda foi escolhida pelo programa para ser um dos municípios que participarão do projeto “Circuito SP Online”, com uma live artístico-cultural promovida em agosto. Além disso, a Banda Municipal de Hortolândia foi anunciada para receber o Prêmio Funarte de Apoio a Bandas de Música, da Funarte (Fundação Nacional de Artes), órgão vinculado ao Ministério do Turismo, que destinará quatro instrumentos importados ao município.

Para o secretário de Cultura, Régis Athanázio Bueno, os três prêmios conquistados trazem mais reconhecimento ao munícipio e vão contribuir para o fomento da arte e da cultura na cidade. “Isso representa uma excelente oportunidade de ampliar nossa agenda cultural e políticas públicas de formação e de difusão, e reconhecer importantes lideranças da cidade. Agradeço o empenho da equipe da Secretaria de Cultura para inscrever os projetos e ao prefeito Zezé Gomes pelo apoio à cultura e às artes. Isso nos permite buscar outras parcerias para proporcionar ações culturais à população. Sinto-me honrado em fazer parte desse processo que traz tantos benefícios ao povo. Cultura é investimento e desenvolvimento. É uma janela de boas e infinitas possibilidades”, destaca Bueno.

DOCUMENTÁRIO

De acordo com a Secretaria de Cultura, o programa “Juntos Pela Cultura” apoiará o município na produção de um documentário sobre Mestre Chiquinho, ilustre morador que há 40 anos atua na divulgação das manifestações da cultura caipira na cidade. O documentário, intitulado “Ao Mestre Chiquinho Com Carinho”, começará a ser produzido em agosto. Com duração prevista de 15 minutos, o documentário mostrará a trajetória de Mestre Chiquinho, desde suas origens até sua chegada e atuação na cidade. A exibição do documentário está prevista para o fim do ano nas plataformas digitais da Prefeitura. O material também será disponibilizado para entidades, organizações e escolas do município e enviado para o programa.

Nascido em Arealva (SP), Francisco Aparecido Borges de Almeida, mais conhecido como Mestre Chiquinho, mora em Hortolândia desde meados dos anos 1970. É um dos fundadores da Companhia de Santos Reis Rosa dos Anjos, que mantém viva a tradição da Folia de Reis na cidade. É também um dos criadores do grupo Pioneiros do Catira, que faz apresentações de catira, estilo de dança popular cujo ritmo é conduzido pelas batidas dos pés e das mãos dos dançarinos, e da Orquestra de Viola Caipira de Hortolândia. 

Mestre Chiquinho destaca que ser contemplado pelo programa coloca o município em destaque. “Fico feliz porque esse reconhecimento coloca a cidade em evidência. Hortolândia é muito rica em cultura. Na cidade, temos pessoas que vieram de diferentes regiões do Brasil. A Administração me pediu materiais de arquivo e eu os cedi para que o projeto pudesse ser apresentado. Por isso, agradeço à Prefeitura por essa iniciativa”, destaca Mestre Chiquinho.

LIVE ARTÍSTICO-CULTURAL

Hortolândia ainda foi contemplada pelo programa para ser um dos municípios que participarão do projeto “Circuito SP Online”. De acordo com a Secretaria de Cultura, a cidade realizará uma live artístico-cultural, prevista para acontecer em agosto, no CEMMH (Centro de Educação Musical Municipal de Hortolândia). O evento terá transmissão pelas plataformas digitais da Prefeitura. Ainda segundo a Secretaria de Cultura, a atração será definida pelo programa.

INSTRUMENTOS MUSICAIS

O município conquistou, também, outro importante reconhecimento em nível federal. A Banda Municipal de Hortolândia foi contemplada pelo Prêmio Funarte de Apoio a Bandas de Música, da Funarte (Fundação Nacional de Artes), órgão vinculado ao Ministério do Turismo, para receber quatro instrumentos importados (bombardão, bombardino, trompa e saxofone). De acordo com a Secretaria de Cultura, a história, o desenvolvimento, a qualidade e o nível técnico da Banda Municipal foram requisitos fundamentais para o grupo ser contemplado pelo prêmio.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Artigo anteriorFamília de Campinas busca por desaparecido
Próximo artigoEstão abertas inscrições para curso técnico em Fabricação Mecânica do Instituto Federal