25 de junho de 2024
Nossa Cidade

Criatividade, respeito e amor marcam as atividades sobre o Mês da Mulher nas escolas municipais de Hortolândia

Estudantes e profissionais da Educação aproveitaram o 8 de março para refletir sobre a data e homenagear educadoras e familiares

Uma data para lembrar ou para esquecer? Embora a sua criação tenha sido influenciada por episódios dramáticos no início do Século 20, como o incêndio com mais de 100 mulheres mortas numa indústria têxtil dos Estados Unidos, em 1911, e a marcha de mulheres russas por pão e paz, em 1917, o Dia Internacional da Mulher foi lembrado ao longo de março, em diversas escolas municipais de Hortolândia, seja para discutir sobre os direitos femininos na atualidade, seja para homenagear educadoras e familiares.

Na Emef (Escola Municipal de Ensino Fundamental) Tarsila do Amaral, no Jardim Amanda, estudantes criaram um grande painel, repleto de mãos coloridos em azul e rosa. Na Emeief (Escola Municipal de Educação Infantil e Ensino Fundamental) Luiza Vitória Oliveira Cruz, no Parque Orestes Ôngaro, um painel interativo convidava cada visitante a se fotografar com asas de anjo. Já na Emei (Escola Municipal de Educação Infantil) Jardim Amanda I, as atividades foram variadas: a educadora Luciana Souza Santos interpretou músicas e foram distribuídas lembrancinhas para as servidoras e também para as mães; na parede da escola, um painel com balões coloridos e enormes flores de papel crepom chamava as mulheres à participação a fim de se sentirem protagonistas de seu próprio cartão e de sua própria vida.

Na Emef Nicolas Thiago dos Santos Lofrani, no Jd. Sumarezinho, houve palestra sobre “Saúde Emocional: O que é ser mulher?”, com uma psicóloga convidada. Na Emef Dona Ana José Bodini Januário, no Jd. Amanda, estudantes também criaram um painel com fotos de mulheres, ressaltando os direitos das mulheres e afirmando que “lugar de mulher é onde ela quiser”. 

Já na Emef Agenor Miranda da Silva Taquara Branca, houve tanto atividades de alfabetização e produção de textos, quanto painel e distribuição de lembrancinhas (cartão com bombom). Na Emef Marleciene Priscila Presta Bonfim, no Remanso Campineiro, a comunidade foi convidada a conhecer a história da professora que dá nome à escola, a fim de desenvolver o sentimento de pertencimento dos alunos e da própria comunidade.

Em outras unidades escolares, a proposta foi misto de reflexão e também celebração. Foram realizadas atividades interdisciplinares para que as crianças aprendessem sobre a história de mulheres importantes no esporte e nas artes plásticas, conhecessem a biografia de mulheres famosas, fizessem a leitura de textos, participassem da confecção de murais, de dobraduras e lembranças para as integrantes da escola e comunidade, escrevessem mensagens e marca-textos sobre a data. Mulheres da comunidade escolar foram convidadas para dançar Zumba.

“Costumo dizer que, nesses momentos em que temos apresentações na escola, é para aquecer e acalentar o coração de cada uma que se esforça tanto neste trabalho”, afirma educadora infantil Luciana Souza Santos, da Emei Jardim Amanda I.

Mês da Mulher

A Prefeitura de Hortolândia promove, ao longo deste mês, uma série de atividades para celebrar o dia internacional da mulher. A programação mobiliza diversas secretarias municipais.

De acordo com a chefe do Setor de Políticas Públicas para Mulheres, Jacyra Souza, as ações de celebração do “Mês da Mulher” começaram no dia 1° de março com a iluminação ornamental em tons rosa na Ponte da Esperança (Estaiada). Além disso, os portais das avenidas São Francisco e Thereza Ana Cecon Breda estão com mensagens alusivas à programação. Os ônibus municipais receberam cartazes em homenagem ao Mês da Mulher. 

As secretarias municipais também organizam uma série de atividades convidando a comunidade feminina a uma participação mais efetiva nas ações e no desenvolvimento de políticas públicas. Haverá palestras, rodas de conversa, ações de fortalecimento e realização de exames voltados à promoção da saúde da mulher.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98