22 de maio de 2024
Nossa Cidade

Coral de 120 vozes cantará na inauguração da “Ponte da Esperança”

 

Um coral de 120 vozes, formado por estudantes de três escolas municipais, se apresentará neste domingo (26/05), durante a cerimônia de inauguração da Ponte da Esperança (estaiada), localizada entre o Jd. Santa Rita e o Jd. Novo Ângulo. A obra integra o traçado do Corredor Metropolitano no município e foi construída pela Prefeitura para conectar as regiões Leste (Jd. Novo Ângulo) e Oeste (Jd. Amanda) da cidade. O evento faz parte da programação comemorativa pelos 28 anos de emancipação política de Hortolândia, celebrado no dia 19 deste mês. 

Os coralistas se apresentarão por volta das 9h, após a missa, sendo acompanhados por professores de música na banda. Segundo a Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia, os cantores estudam na Emeb (Escola Municipal de Educação Básica) Jd. Interlagos e nas Emefs (Escola Municipal de Ensino Fundamental) Patrícia Maria Capelato Basso e Profa. Lílian Cristiane Martins de Araújo. O grupo interpretará a música “Criança ano 2000”, de autoria desconhecida, consagrada na voz do Padre Zezinho.

“São crianças que aprendem a técnica vocal, a forma de respirar corretamente e a dicção na pronunciação da fala. O Canto Coral ajuda na sociabilidade, na integração, e internaliza conceitos para uma vida de sucesso no convívio social e coletivo. Para nós, é uma alegria a participação das crianças numa inauguração que marca o aniversário da nossa cidade. O futuro de Hortolândia é a educação de qualidade dessas crianças. Além de toda ludicidade, a música proporciona o desenvolvimento integral de cada criança”, afirma a secretária de Educação, Ciência e Tecnologia, Sandra Fagundes Freire.

Sobre a ponte

Feita em concreto, a estrutura possui 700 metros de extensão e está localizada entre o Jd. Santa Rita de Cássia e o Jd. Novo Ângulo. É a primeira ponte do tipo estaiada da RMC (Região Metropolitana e Campinas) e a maior do interior paulista, com 180 metros de vão sob a base, composta por 16 pares de cabos de aço, os estais, ligados a um mastro de 75 metros de altura.

A obra da Ponte da Esperança teve início em 2012, na gestão anterior do prefeito Angelo Perugini. As obras viárias que colocariam a ponte em operação ficaram paradas de 2015 a 2017. Quando Perugini assumiu a atual administração, retomou a articulação junto ao Governo do Estado para a continuidade das obras do Corredor Metropolitano Noroeste, que permitiu o recomeço das obras viárias que colocarão a Ponte da Esperança para funcionar.

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98