24 de junho de 2024
Nossa Cidade

“Caixa de Sugestões” aproxima Secretaria de Educação da comunidade escolar

capacitação

Projeto visa obter opinião de pais, professores, funcionários e gestores de escolas municipais sobre ações da Secretaria

Moradores que têm filhos matriculados em escolas municipais ganharam um aliado na hora de se comunicar com a Prefeitura: é o projeto “Caixa de Sugestões”, da Secretaria de Educação. Cada unidade de ensino, em um sistema de rodízio, recebe duas caixas onde podem ser depositadas sugestões, elogios e demandas específicas de cada escola: uma para a população, que fica na Secretaria, e outra para os profissionais da Educação, localizada na Sala dos Professores. As caixas de sugestão ficam no local durante 15 dias. Para participar, por meio dos bilhetes, não é necessário se identificar.

O objetivo da ação, iniciada em março, é abrir um canal de participação com a comunidade escolar. A nova ferramenta traz mais agilidade na solução de problemas, bem como auxilia na gestão da Secretaria. Além de atender a demandas da população quanto à Educação, o projeto, permanente, é voltado também para gestores de Emeis (Escolas Municipais de Educação Infantil), Emefs (Escolas Municipais de Ensino Fundamental) e Emeiefs (Escolas Municipais de Educação Infantil e Ensino Fundamental).

Após 15 dias de permanência na escola, o conteúdo das caixas é levado para a Secretaria, onde acontece a leitura e a análise das propostas, o entendimento das solicitações e a apuração das críticas. Em reunião entre a secretária, diretores dos departamentos responsáveis e supervisores de cada escola, é avaliado, junto ao setor responsável pela área, o que pode ser feito para atender às propostas. Solicitação de serviços de roçagem e pintura, por exemplo, são encaminhadas à Manutenção Escolar.

Posteriormente, a Secretaria retorna à unidade de ensino com um parecer sobre a demanda. A resposta às solicitações dos gestores é dada pela própria secretária de Educação, Cleudice Baldo Meira, e sua equipe, que  comparecem à escola para se encontrar com o grupo.

Atualmente, gestores das unidades escolares servem de intermediários para levar as respostas da Secretaria à comunidade. Futuramente, o retorno sobre as propostas da população será dado também por meio de encontro direto com a secretária e demais profissionais da Secretaria, como acontece com os gestores.

Mais agilidade na solução de problemas

Segundo a secretária de Educação, Cleudice Baldo Meira, o projeto “Caixa de Sugestões” tem permitido que diversos encontros com professores, funcionários e gestores das escolas aconteçam, abordando diferentes temas. “O principal objetivo é buscar o estreitamento dos laços e esclarecer dúvidas sobre questões voltadas aos projetos da Secretaria de Educação e a seus profissionais. Educação se faz com o compromisso e o envolvimento de todos”, destaca Cleudice.

De acordo com a assistente executiva responsável pelo projeto, Vera Guedes, a iniciativa estreita relações e mostra que a Secretaria está acessível a todos. “O foco é o diálogo. Nosso objetivo é ouvir a comunidade e a escola, traçar metas e atingi-las, além de trabalhar com a gestão de pessoas das unidades de ensino”, explica Vera.

Durante o encontro com a secretária, além do retorno das propostas, acontece uma dinâmica: a construção de uma bola de papel, onde cada um deposita um pedacinho que formará o todo, ao dar sua opinião e contar o que acharam da reunião. A bola construída com a contribuição de todos torna-se, então, um símbolo do acesso à Secretaria.

Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98