16 de julho de 2024
Nossa Cidade

Biblioteca central inicia mudança para novo prédio

Ponto de leitura reabre no final deste mês em espaço mais amplo e confortável

Biblioteca central inicia mudança para novo prédio

A Biblioteca Terezinha França de Mendonça-Unidade Central funcionará em novo endereço. A Prefeitura de Hortolândia, por meio da Secretaria de Cultura, iniciou a mudança nesta semana. O atendimento ao público está suspenso e será retomado até o final deste mês, quando será inaugurada a nova sede do ponto de leitura, localizada Rua Antonio Nelson Barbosa, 96, Jardim do Bosque, antigo prédio do cartório de registro civil.

O acervo da biblioteca é composto por mais de 20 mil livros, que estimulam o hábito de ler de cerca de 4.700 frequentadores do ponto de leitura. Com a mudança, quem ganha é o usuário da biblioteca que contará com espaço mais amplo e confortável para pesquisa, além de novos serviços.

De acordo com a Secretaria de Cultura, o novo prédio conta com um salão principal e duas salas no piso superior, uma área construída de 380m². A atual biblioteca funciona num espaço de 215m².

Além do espaço maior para a disposição do acervo, os usuários terão um prédio mais arejado, seguro, iluminado. Alguns projetos que por falta de espaço não poderiam ser executados agora poderão ser explorados por usuários, a exemplo dos totens interativos da IBM”, explica Priscila da Silva, do Setor de Projetos Culturais da Prefeitura.

Prefeitura busca recurso para construir
“super” biblioteca

De acordo com o secretário de Cultura, Tino Sampaio, a Prefeitura projeta a construção do prédio próprio da biblioteca para atender toda a cidade, numa área localizada na região do Parque dos Pinheiros. A ação é uma das prioridades de governo do prefeito Antonio Meira na área de Cultura.

A ideia é que o espaço tenha características de centro de convivência, com estrutura moderna, café e atividades culturais, que permitam a circulação de pessoas. “Queremos criar um espaço de estimulo à leitura para a todos os moradores, não só para quem está na escola”, disse o secretário.

Para implantar a moderna biblioteca serão necessários investimentos de R$ 6 milhões. Segundo Tino Sampaio, a Secretaria de Cultura busca recursos externos para viabilizar o projeto. A biblioteca é uma das principais demandas do Plano Municipal de Cultura, elaborado pela Prefeitura em parceria com a comunidade e a classe artística local.

Fonte: Assessoria de Comunicação / Prefeitura de Hortolândia

Para mais notícias, eventos e empregos, siga-nos no Google News (clique aqui) e fique informado

Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98