14 de junho de 2024
Nossa Cidade

Após manutenção, Samu conta com sete ambulâncias em condições de uso

O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) de Hortolândia conta atualmente com sete veículos em condições de circulação, todos com equipamentos adequados aos primeiros socorros de vítimas de acidentes, sendo inclusive uma UTI(Unidade de Terapia Intensiva)-Móvel, necessária para estabilizar pessoas em estado grave. Mas nem sempre foi assim. No início deste ano, quando o prefeito Angelo Perugini assumiu a Administração Municipal, quatro ambulâncias estavam paradas por problemas mecânicos. Já as que circulavam, tinham equipamentos antigos e precisavam de manutenção. Desde então, uma força tarefa foi posta em prática com objetivo de colocar a saúde para funcionar. Todos os veículos que estavam parados, foram consertados; os que estavam circulando, passaram por manutenção preventiva. Com isso, agora há quatro veículos em circulação, além de três reservas.

A manutenção dos veículos e equipamentos do Samu é uma das ações da OS (Organização Social) APGP (Associação paulista de Gestão Pública), empresa contratada pela Prefeitura de Hortolândia para fazer a gestão das unidades de urgência e emergência do município. Esta é mais uma reportagem da série de notícias sobre a reestruturação do sistema de saúde em Hortolândia.

De acordo com o coordenador do Samu, Renato Lopes Machado, as condições precárias dos veículos são coisas do passado. “É muito difícil saber que alguém precisa de ajuda e que, por problemas mecânicos, corremos o risco de não chegar a tempo. Mas isso não acontece mais. Todas as nossas ambulâncias estão em ordem e temos veículos de reserva, caso ocorra algum problema”, afirmou. “Antes, os carros quebravam para depois ir para a manutenção. Agora, temos contrato com uma oficina que realiza manutenção preventiva”, destacou o coordenador.

Além da manutenção mecânica dos veículos, o Samu recebeu novas macas e equipamentos para as ambulâncias, além de medicamentos usados nos primeiros socorros. “Nosso estoque de remédios estavam muito fraco. Agora, temos itens em quantidade mais que suficiente”, atestou Machado.

Conforme balanço do Samu, no mês de maio foram atendidos 871 chamados pela equipe de Hortolândia. A equipe de socorristas pode ser acionada pelo telefone de emergência 192.

Cuindando de quem cuida da gente

A área da saúde é prioridade no governo Perugini. Além dos investimentos no Samu, a Prefeitura trabalha na reestruturação das UPAs-24h (Unidades de Pronto Atendimento) e do Hospital Municipal e Maternidade Governador Mário Covas. Novos serviços e contratações garantem mais organização e segurança na realização dos procedimentos. A compra de novos equipamentos possibilitaram a ampliação do número de leitos de 66 para 73. Além disso, mudanças estruturais, reformas internas e a modernização do centro cirúrgico são outras ações que já estão acontecendo no Hospital.

Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98