Estudantes do programa de Educação Integral da Prefeitura, matriculados na Emef (Escola Municipal de Ensino Fundamental) Marleciene Priscila Presta Bonfim, no Remanso Campineiro, concluíram, nesta sexta-feira (28/06), a participação na oficina rotativa de “Decoração em telha 3D”. As aulas foram ministradas, em cinco encontros semanais, nas tardes de sexta-feira, pela instrutora voluntária Sueli Braz. A iniciativa faz parte da integração entre este e o programa intersetorial “Viva Mais”, especificamente na estação “Protagonismo”.

A estação de vivência reuniu 25 alunos do 4o e 5o ano, meninos e meninas entre 10 e 11 anos de idade, que, passo a passo, sob a supervisão da arte educadora, decoraram, eles mesmos, telhas com efeitos em 3D (tridimensional). A cada etapa um aprendizado, seja sobre materiais e quantidades, seja sobre peso e textura, seja sobre cores e técnicas de manuseio do pincel e lateralidade. 

 

Segundo a coordenadora pedagógica Sonarli Silva Gomes, responsável pela oficina, o objetivo é fazer com que a criança reaproveite materiais descartáveis, considere a possibilidade de trabalhar com o que estava jogado, em descarte, e o transforme em material decorativo, seja para enfeitar a própria casa, seja para presentear alguém.

A ideia é que, em breve, a oficina rotativa também seja implantada em escolas de Educação Integral a definir. Datas e locais serão divulgados posteriormente.

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia