A Prefeitura de Hortolândia continua a promover os encontros virtuais com os diferentes setores artístico-culturais da cidade. Nesta terça-feira (16/03), às 19h30, acontece a segunda roda de conversa, desta vez com profissionais das áreas de artes plásticas, artesanato e patrimônio cultural. O encontro será por meio da plataforma Zoom. A participação também está aberta para a população. Quem quiser acompanhar, deve enviar mensagem via WhatsApp para o telefone (19) 99979-5576 para receber o link de acesso do encontro. Na semana passada, a primeira roda de conversa com o setor de música contou com a participação de 55 profissionais da área.

O secretário de Cultura, Régis Athanázio Bueno, explica que o objetivo é receber as propostas dos setores culturais da cidade e da população e, a partir daí, traçar novas estratégias e propostas de políticas públicas para ampliar ainda mais o acesso dos moradores à cultura e fomentar a produção cultural da cidade.

Régis ressalta que o contato entre a Prefeitura e o setor cultural da cidade se fortaleceu em função do repasse dos recursos da lei federal Aldir Blanc, que socorreu artistas e empresas do ramo que tiveram as atividades afetadas pela pandemia de Coronavírus. Coube à Prefeitura a tarefa de mapear e identificar os profissionais que poderiam ser contemplados com os recursos da lei federal.

De acordo com o mapeamento da Secretaria de Cultura, cerca de 50 profissionais do município atuam nas áreas de artes plásticas, artesanato e patrimônio cultural (conjunto de bens materiais e imateriais que formam a identidade de um povo. Na cidade, esta área abrange capoeira, tradições, festas e manifestações populares, gastronomia, entre outras atividades). 

As rodas de conversa prosseguem neste mês. Na próxima terça-feira (23/03), o encontro será com os segmentos de artes visuais e literatura. O último encontro será realizado no dia 30/03, com os profissionais de teatro, dança e circo. A Secretaria de Cultura reforça que continua o cadastramento de profissionais de cultura da cidade por meio do site Mapa da Cultura.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia