Connect with us

Esportes

E.C Internacional JR. do Amanda: Campeão do Amador em 2010

Publicado

em

Campinho de terrão, traves de madeira de árvore, camisa branca com numerações feitas de canetinha. Você já viu esse roteiro? Se você já jogou futebol da várzea, vai se identificar com a história do time do Jardim Amanda que conquistou o título mais desejado de Hortolândia.

O Esporte Clube Internacional é um dos times mais humildes da cidade, que nasceu no dia 01 de maio de 1988, e conquistou a glória eterna do futebol amador em 2010. O Inter foi Campeão Amador vencendo os dois jogos contra o Canarinho, pelo placar de 4 a 2, no Campo do Poliesportivo, e 4 a 2 no Campo do Rosolen.

Nos dois jogos, o destaque da final foi o atacante Washington, que marcou quatro gols na primeira partida. “Foi uma das melhores sensações da minha vida. Nem mais o otimista dos torcedores imaginava que um atacante poderia marcar quatro gols na final do campeonato. Jamais esquecerei e sei que fiquei marcado na história do time, dos torcedores e da competição. Joguei vários campeonatos, mas a final de 2010 foi maravilhosa. Quando penso no jogo, fico muito feliz em poder ajudar a dar o título para essa torcida vibrante, que ama o time”, comenta Washington.

O torcedor fanático do time desde a fundaçao, Fabiano Oliveira de Freitas, mais conhecido como Binho, sempre amou o time desde o início das competições que o time começou a jogar, e quando foi campeão do Amador, foi o dia mais importante da vida dele. “Eu estava sempre presente cantando e apoiando o Inter, nos festivais que o time participava. Nós iamos em cima da carroceria do caminhão, passava o dia comendo pão com mortadela e tubaína. Quando o Inter disputou a primeira vez o Amador, onde subímos para a 1° divisão, foi aquela alegria geral. Mas não tem sensação mehor do que ser campeão do Campeonato Amador. Esperei a vida toda pelo título, e ele veio com duas goleadas em cima de um time tradicional de Hortolândia”, lembra o torcedor.

De acordo com o atual presidente do Inter, Clayton, a história do time se contrasta com vitórias. “Nascemos em um campinho de terra batida, onde os próprios jogadores da época carpiram e fizeram as traves de madeiras. Conseguimos ganhar várias competições e festivais, antes de disputar a segundona do Amador. Fomos campeões da segunda divisão e sempre nos mantivemos na elite do futebol amador de Hortolândia. Sempre fomos muito humildes, mas buscando apoio para conquistarmos vitórias e mais títulos para a torcida apaixonada. Até que em 2010 nos consagramos campeões da primeira divisão do Amador. Um feito inédito e muito comemorado por todos da diretoria, torcida e moradores do Jardim Amanda. Nossa história nunca foi fácil, mas sempre mantemos nosso foco, buscar sempre a vitória”, explica o presidente.

HISTÓRIA

No primeiro dia de maio de 1988, o senhor Sebastião Barreto de Mendonça, conhecido como Mendonça pelos amantes do futebol, resolver transformar sua paixão pelo esporte, em uma ferramenta de inclusão e melhoria de qualidade de vida das crianças e jovens do Jardim Amanda. Nascia o time do Esporte Clube Internacional Jr., que alia Raça, Amor e Tradição em busca vitórias.

Mendonça buscou apoio de outros pais e organizou um mutirão, juntamente com a garotada, transformando uma área sem utilidade, no campo raspado, com traves de madeiras. Sem condições de comprar um uniforme, todos os garotos se apresentaram com uma camisa branca, com o número pintado de canetinha. Deste modo foi disputado o primeiro jogo oficial do clube. A partir daí, o time jogou várias partidas na região, obtendo ótimos resultados nos torneios que disputava. Na época, não existia o Campeonato Amador em Hortolândia. Os jogos eram contra os times de Monte Mor e Sumaré.

“O time foi um dos primeiros a se filiar na Liga Hortolandense de Futebol. Desde então, o time conheceu grandes adversários pelos quatro cantos da cidade, disputando grandes jogos, com muita vontade e lealdade. É pelo trabalho, pela organização, união de seus diretores e torcedores que o E.C Internacional sonha em cada dia ser mais forte”, disse o presidente do time, Clayton.

Durante a trajetória, o clube conquistou os títulos: Bi Campeão da Copa dos CampeõesRregional (RMC), 2012 e 2013; Campeão Amador de Hortolândia, 1ª divisão, em 2010; Tetra Campeão de Juniores, categoria até 20 anos, 1994, 1998, 2009 e 2013; várias vezes campeão da Copa Amanda (campeonato do bairro onde o time nasceu).

Com toda essa história de humildade, o time já revelou atletas profissionais para o mundo do futebol, como: Roberto Ayza, atual jogador de um time da Romênia; Lucão que foi campeão juniores em 2013 pelo Inter, além disso, jogou profissional em um clube de Roraima, e disputou a série B do Brasileirão.

INFORMAÇÕES

Fundação 01/05/1988
Fundado por Sr. Mendonça, Sr. Vicente (in memórian), Sr. Delmario, junto com a garotada: Cleitinho, Fábio, Júnior e Chico.
O time usa as cores da Internacional de Milão: azul, preto e branco.
A sede do time fica na Rua Brás Cubas, 480, Jd. Amanda II.
Principais jogadores foram: eterno atacante Ronaldinho (Saci), artilheiro nato; Washington, Dú, Alex, Júnior, Rosendo, Pefa, Alan, Isaias e Vagnão.
O Inter disputa a primeira divisão do Campeonato Amador; além das categorias juniores, Veteranos e Master.
A Diretoria é composta por conselho executivo e fiscal, e o atual presidente é o Clayton.
A torcida é chamada de Torcida Inter, que além de apoiar o time em campo faz parte do projeto Roda de Samba, que já é referência na região: idealizadores Nego, Fernando, Olímpio, Betão, Marcelo e Tatão.
A receita do time é através do programa sócio torcedor, a venda da marca através de camisas, bonés, canecas e a divulgação/parceria com comerciantes do bairro, além do patrocinador master João Bomba da retifica Marte.
O objetivo do time é continuar com o trabalho de qualidade, montar bons elencos, disputar grandes jogos e grandes campeonatos. A próxima etapa, é criar um projeto social com as crianças e jovens do bairro, além de continuar com as ações sociais, como arrecadação de alimentos.

ASSOCIAÇÃO DE ATLETAS

A Associação de Atletas de Hortolândia, que será a responsável pela organização da competição amadora este ano, em parceria com a Secretaria de Esportes e Lazer, está resgatando a história do Futebol Amador de Hortolândia. O objetivo é valorizar os principais personagens, jogadores e times que ajudaram na fundação realização e manuntenção do campeonato. A série de matérias irá lembrar os grandes campeões da competição, os maiores goleadores, as maiores revelações (alguns até se tornaram jogadores profissionais) e as principais curiosidades. Fiquem ligados para as próximas matérias.

Esportes

Equipe de vôlei de praia do projeto Escolinhas Esportivas disputa competição oficial em São Paulo

Publicado

em

Atletas de Hortolândia foram destaque no torneio

Com o avanço da vacinação contra o Coronavírus e a volta das competições e atividades esportivas no Estado de São Paulo, o esporte de Hortolândia, mais uma vez, foi representado em uma competição oficial. Os times de vôlei de praia masculino e feminino do projeto Escolinhas Esportivas da Prefeitura de Hortolândia, participaram, no final de semana passado, de uma competição no Nacional Atlético Clube, em São Paulo, evento do Circuito Paulista da modalidade, torneio oficial da Federação Paulista de Vôlei de Praia.

De acordo com a Secretaria de Esportes, o time hortolandense viajou à capital com um grande contingente de jogadores para a competição. O time de atletas até os 19 anos de idade foi representado por três duplas masculina e uma feminina. Já o time para jogadores até 17 anos de idade contou com duas duplas masculinas e duas duplas femininas. No sub-17, Hortolândia ficou com a segunda e terceira colocações, com as duas duplas. Já no sub-19, o time masculino terminou na quinta posição.

“Mesmo com o pouco tempo de treinamento por conta do agravamento da pandemia do Coronavírus, conseguimos disputar uma competição oficial e importante em alto nível. Nossos atletas mostraram comprometimento e continuarão os treinamentos para as próximas competições. Acima dos resultados, é importante a dedicação dos meninos e meninas”, comenta o técnico da equipe de alto rendimento do vôlei de praia das Escolinhas Esportivas de Hortolândia, Thiago Gean Macedo.

ESCOLINHAS ESPORTIVAS

Os treinos de vôlei de praia na Praça de Esportes do Santa Clara, estão de volta. Interessados em matrículas nesta e outras modalidades disponibilizadas no projeto Escolinhas Esportivas da Prefeitura podem ligar, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, no telefone (19) 3965-1400 ramal 7409 para obter mais informações.

Continue Lendo

Esportes

Taekwondô de Hortolândia faz bonito em competição disputado no Espírito Santo

Publicado

em

Equipe do projeto Escolinhas Esportivas da Prefeitura somou seis medalhas em torneio oficial 

O time de taekwondô do projeto Escolinhas Esportivas da Prefeitura continua colecionando medalhas e conquistas.

No final de semana passado, o time viajou para Serra, no Espírito Santo, onde representou Hortolândia na disputa da Copa Regional Sudeste da Modalidade.

O evento, oficial da Confederação Brasileira da modalidade, contou com competidores de toda a região Sudeste e valeu pontos no ranking nacional de taekwondô, além de uma vaga para o Grand Slam do ano que vem, conquistada pelo atleta hortolandense Enzo Paludo Conceição. Sete atletas de Hortolândia participaram da disputa em diferentes categorias e, ao final da Copa, somaram seis medalhas. Foram quatro bronzes, entre eles no feminino, com Letícia Vitória, uma prata e um ouro com João Chaves.  “Além da vaga conquistada por Conceição para o Grand Slam do ano que vem, os demais atletas estão aguardando mais vagas. A classificação será definida no Campeonato Brasileiro, disputado no dia 25 de novembro no Rio de Janeiro. Voltamos às competições em grande estilo já que a pandemia do Coronavírus prejudicou a preparação para os torneios. Continuaremos os treinamentos visando a temporada de competições”, explica o técnico do time de Hortolândia e treinador do projeto Escolinhas Esportivas da Administração Municipal, Anderson Conceição.  

ESCOLINHAS ESPORTIVAS

  Com a retomada dos treinamentos do projeto Escolinhas Esportivas seguindo o Código Sanitário do Estado de São Paulo contra a disseminação do Coronavírus, interessados em treinar taekwondô e outras modalidades podem ligar, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, no telefone (19) 3965-1400 ramal 7409 para obter mais informações. 

No início de 2017, as Escolinhas Esportivas atendiam seis mil alunos em 21 modalidades. Agora, são 9.500 pessoas atendidas em 30 tipos de atividades. De acordo com a Secretaria de Esporte e Lazer, com a reestruturação do projeto e a implantação de novos espaços esportivos, foram criadas quase quatro mil novas vagas e outras nove modalidades.  

Continue Lendo

Esportes

Equipe do futebol amador de Hortolândia estreou em partida para amputados, neste sábado (18/09)

Publicado

em

Jogo contra Ajax, de São Paulo, mostra que esporte é inclusivo e pode ser disputado por todos

O esporte e a inclusão social caminham lado a lado para a integração social. Neste sábado (18/09), Hortolândia foi palco de uma partida de futebol para amputados, onde o resultado do placar pouco importou: ao final do jogo, prevaleceu a lição que a prática esportiva é para todos.

Segundo a Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social da Prefeitura, a partida foi entre duas equipes tradicionais do futebol amador, o Santa Clara de Hortolândia – que agora com o time de amputados, e o Ajax de São Paulo – onde a equipe já existia. Os times disputam os torneios de futebol amador em suas respectivas cidades e, agora, buscam neste novo projeto, ampliar a maneira de jogar futebol.

“A equipe do Ajax é um time tradicional da Zona Leste de São Paulo, acostumados a jogar grandes competições do futebol amador como a Copa Kaiser, por exemplo. Lá, eles já contam com este projeto de futebol para amputados e, agora, aqui em Hortolândia, buscamos na equipe do Santa Clara este tipo de inclusão. Essa foi a primeira partida do time e o projeto é a realização de mais jogos para ampliarmos a oferta de equipes que queiram ter esta modalidade, que alia futebol e inclusão social, despertando o interesse para que todos possam praticar o esporte”, explica o secretário de Inclusão e Desenvolvimento Social, Francisco Raimundo da Silva.

A partida deste final de semana foi jogada em um campo de futebol society particular no Jardim Interlagos. Ao final do jogo, os hortolandenses do Santa Clara empataram por 3 a 3 com o Ajax no tempo normal e venceram por 4 a 3 nos pênaltis. Ao longo do jogo, a principal atração foi o espírito esportivo e a união que a paixão pelo futebol traz. “Grandes equipes do futebol brasileiro já possuem uma equipe para esta modalidade. Estamos na torcida e contribuindo para que o esporte continue aliado a inclusão social”, comenta o secretário.

COMO FUNCIONA A MODALIDADE?

No futebol de amputados, as partidas acontecem em um campo de futebol society. Os times jogam com sete jogadores, sendo o goleiro amputado ou com alguma deficiência em um dos braços, e os atletas de linha amputados ou com alguma deficiência em uma das pernas. Para jogar, não pode se tocar na bola de forma intencional com a perna ou braço amputados e nem com a muleta, além disso, o tiro de meta cobrado pelo goleiro não pode passar o meio do campo e ele, goleiro, não pode sair da área.

Continue Lendo

Noticias

Emprega Hortolândia11 horas atras

Paulínia abre concurso público para 124 vagas com salário de até R$ 13 mil

Nesta ultima quarta-feira (22), a Prefeitura de Paulínia, divulgou por meio da Secretaria de Recursos Humanos, dois editais para Concurso...

Nossa Cidade12 horas atras

Hortolândia não aparece em ranking de cidades do país que melhor aplica os tributos arrecadados em melhorias para a população

Site aponta Jundiaí em primeiro lugar, Piracicaba em segundo como cidades que do Brasil que melhor aplica os recursos arrecadados...

Nossa Cidade12 horas atras

Mais de 400 atendimentos passaram pela Carreta da mamografia em Hortolândia

Mulheres que já tinham pedido de exame foram atendidas pelo serviço viabilizado pelo programa “Cuidando Delas”  A ação foi possível...

Nossa Cidade13 horas atras

220 motociclistas são orientados na “Operação Cavalo de Aço”

Ação da Prefeitura, em parceria com Rodovias do Tietê e Polícia Militar Rodoviária, aconteceu na Avenida da Emancipação, na tarde...

Nossa Cidade13 horas atras

Hortolândia cria Projeto para oferecer prática esportiva para pessoas debilitadas após a COVID-19

Apresentação do projeto será na segunda-feira (27/09), às 9h, no Centro Poliesportivo Nelson Cancian A Prefeitura de Hortolândia continua o...

Nossa Cidade13 horas atras

Prefeitura leva aula aberta de karatê para espaços públicos de Hortolândia

Objetivo é incentivar a prática do esporte para a população Para levar esporte gratuito à toda população de Hortolândia, a...

Publicidade

Youtube

 

PONTE DA ESPERANÇA

Populares