A Prefeitura de Campinas já implantou, na manhã desta sexta-feira, dia 26 de março, as primeiras barreiras sanitárias nos principais pontos de acessos rodoviários à cidade.

A medida visa reduzir a circulação de pessoas de fora da cidade durante o feriado prolongado em outros municípios. A ação é realizada pela Guarda Municipal e tem o apoio da Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) e da Polícia Civil.

Este tipo de blitz vai ocorrer no período diurno até o dia 4 de abril e está prevista no decreto 21.403, publicado na edição de ontem do Diário Oficial. O mesmo modelo será adotado pelas cidades da Região Metropolitana de Campinas. A abordagem prossegue até 4 de abril.

O objetivo é orientar motoristas de veículos de outras cidades, principalmente da capital do estado e Grande São Paulo, a voltar para seu município de origem caso o deslocamento não seja por um motivo essencial.

Os pontos de barreiras sanitárias serão itinerantes e realizados durante todo o dia. Os detalhes sobre os locais, horários e efetivo não serão divulgados para garantir a efetividade da ação.