Brasil

Brasil cria 244 mil empregos formais em março de 2024

AUXILIAR DE CARGA E DESCARGA

Em março de 2024, o Brasil registrou um aumento expressivo na criação de empregos com carteira assinada, somando 244.315 novas vagas, de acordo com números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged). Este é o melhor resultado para o mês desde 2020, destacando um crescimento robusto no mercado de trabalho formal.

O saldo acumulado de janeiro a março de 2024 alcançou 719.033 empregos, representando um aumento de 34% em comparação com o mesmo período do ano anterior. O ministro do Trabalho e Emprego, Luiz Marinho, ressaltou a importância deste crescimento para a classe trabalhadora, especialmente às vésperas do Primeiro de Maio, dia dedicado a celebrar as conquistas trabalhistas.

Os dados revelam que o setor de serviços foi o maior contribuinte para este aumento, com a criação de 148.722 novos empregos. Outros setores como comércio, indústria e construção também apresentaram números positivos, enquanto a agropecuária teve uma redução, devido às suas sazonalidades.

O estoque total de empregos formais no país agora é de 46.236.308, com um crescimento de 0,53% em relação ao mês anterior. Apesar do saldo positivo, houve uma leve queda no salário médio de admissão, que foi de R$ 2.081,50, representando uma diminuição de 0,25%.

A distribuição de empregos também mostrou uma maior inclusão das mulheres, que preencheram a maioria das novas vagas. A faixa etária mais beneficiada foi a de jovens entre 18 e 24 anos, evidenciando um dinamismo particular nesse segmento.

Regionalmente, a maioria das unidades da federação registrou saldo positivo na criação de empregos, com exceção de Alagoas e Sergipe. Os estados com maior crescimento relativo foram Acre, Goiás e Piauí, enquanto em termos absolutos, São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro lideraram a criação de empregos.

Estes resultados indicam uma recuperação contínua e significativa do mercado de trabalho formal no Brasil, conforme detalhado nas estatísticas do Novo Caged disponíveis no site do Ministério do Trabalho e Emprego.

Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98