Eventos

Loira, ruiva ou morena. Que tal uma geladinha artesanal no final de semana?

cerveja

Neste final de semana, o Mercado Mundo Mix promove uma edição especial na Estação Cultura, em Campinas, para comemorar seus 21 anos de história no Brasil. Um dos destaques, para quem quer se refrescar do forte calor é visitar o Festival da Cerveja Artesanal.

Da tradicional Pilsen, como India Pale Ale, que é mais amarga devido ao lúpulo, à Weizenbier (de trigo alemã) e Witbier (estilo belga com especiarias), o festival conta com mais de de 20 rótulos artesanais a preços acessíveis (chope a partir de R$ 8). Entre as marcas nacionais que estarão presentes no Festival da Cerveja Artesanal – como a Mea Culpa, Jupiter, Capitu, Landel, Crazy Rocker e Votus -, grande parte deu início à produção em casa e todas possuem de 1 a 3 anos no mercado, o que reforça a aposta do Mundo Mix em um segmento que está em expansão.

Segundo relatório divulgado pelo SEBRAE em agosto de 2015, o mercado de cervejas artesanais está em crescimento e é impulsionado pela tendência de valorização da sensorialidade e a busca pelo prazer no consumo. Esse aspecto favorece também a análise do custo-benefício feito pelo consumidor, que é refletido pelo lema “beba menos, beba melhor”.
Opções de cervejas artesanais

Crazy Rocker
Entre os rótulos oferecidos, a American Pale Ale é produzida pela cervejaria paulista Crazy Rocker, cujos cervejeiros são de Campinas. Encorpada e amarga na medida, pode ser pedida em versão chope (R$ 10) ou em garrafa (R$ 20; 600ml). O estande ainda oferece uma pilsen e uma cerveja escura, do tipo stout, com maltes torrados e aroma que lembra o café, novo lançamento da marca.

Mea Culpa
Direto de Cotia, a cervejaria nasceu em 2015 e é uma boa promessa. A marca produz serte versões, todas apelidadas com os nomes dos pecados capitas, mas há somente três delas no estande. A gula é uma pilsen, a Vaidade é uma ápia, a Ira é uma deliciosa cerveja imperial amarga que vale experimentar e e Preguiça é uma Witbier com camomila. Os chopes de R$ 300 ml saem por R$ 10,00.

Capitu
Acabou de fazer um ano e lançou o terceiro rótulo, uma saison com mandioquinha chamada Diadorim. Tem em linha a Tilted Barn (Speciality Ale) e uma Amber Ale. Fred Ming, cervejeiro, começou fazendo cerveja na panela com o sócio Marcelo Cury.

Jupiter 
Com pouco mais de dois anos de mercado, também nasceu das panelas de David Michelson. Ele e os irmãos tocam o negócio e já têm várias cervejas em linha entre elas India Pale Ale, Imperial India Pale Ale, American PAle Ale, Witbier e Porter.

Votus 
Mais uma paulista nova no mercado. Tem Weizenbier, Brown Ale, Doppelbock, India Pale Ale e Pilsen no portfólio.

Landel 
Marca de Campinas. Vai participar desta edição com seu Beer Truck.Burgman (com truck)
São de Sorocaba e estarão com um caminhão recheado de algumas da suas criações como IPA, Casanova (Lager com Dry hopping) e Fun weiss.

Quinta do Malte

Camale
Novíssima. A IPA deles foi vencedora como uma das melhores cervejas caseiras nacionais antes de ser lançada comercialmente.

Schornstein
Transportada na SP Bike Chopp, uma bicicleta que serve cerveja.

Chopp do Gordo com um truck

Sobre o Mercado Mundo Mix

Idealizado em dezembro de 1994 pelo empresário Beto Lago, o Mercado Mundo Mix comemora o auge de sua maioridade com uma edição especial em Campinas, que sediou edições históricas no galpão da Forbrasa. O evento também marca um ano de retorno ao Brasil, depois de longa temporada na Europa. Nos dias 12 e 13 de dezembro, a Estação Cultura recebe mais de 100 expositores, entre designers de moda, chefs de cozinha, artesãos, designers de objetos, ONG’s e projetos sociais – sendo metade deles de Campinas – para o maior evento de Economia Criativa do País. A entrada e o estacionamento são gratuitos.

Durante este um ano, o Mercado Mundo Mix já esteve presente em grandes eventos do calendário nacional como os festivais Tomorrowland Brasil, em Itu/SP, e Brahma Valley, na capital. De acordo com Beto Lago, a edição especial de comemoração dos 21 anos será realizada em Campinas como um reconhecimento da importância da cidade e como uma forma de valorizar a Economia Criativa local. “Temos um carinho enorme por Campinas, que é um verdadeiro celeiro de artesãos e designers de moda. Para esta edição, selecionamos os melhores produtores locais, além de atrações culturais e artísticas de primeira linha”, explica o idealizador do Mercado Mundo Mix.

Com o intuito de estimular a Economia Criativa, o Mercado Mundo MIx transforma, desde a década de 1990, criatividade em resultado. “Propomos um novo olhar sobre o empreendedorismo, que pede multidisciplinaridade por parte do empreendedor, atenção a novas profissões e tem a economia colaborativa como seu carro-chefe”, explica Beto Lago, idealizador do evento.

Comemorando 21 anos, o Mercado Mundo Mix é considerado um dos principais precursores da Economia Criativa no Brasil, cedendo espaço aos anseios criativos da juventude brasileira desde sua criação, em 1994. “O Mundo Mix é considerado uma grande oportunidade para artesãos, designers e artistas de diversos segmentos exporem e comercializarem seus trabalhos sem o alto investimento necessário para se montar um negócio. Muitos profissionais de renome hoje no mercado deram seus primeiros passos no Mundo Mix, como os estilistas Heitor Werneck, Marcelo Sommer e Alexandre Herchcovitch, e marcas como Chilli Beans e Cavalera surgiram lá dentro.

Foi também no Mercado Mundo Mix que tendências de comportamento e novas profissões e talentos ganharam destaque. A cultura clubber, o aparecimento das primeiras raves e dos primeiros festivais de música eletrônica aconteceram em volta do Mundo Mix, que representa todo esse movimento surgido nos anos 1990 e que perdura até hoje.

Programação

Sábado – 12/12

Dj Ale Pagu

Dj Barata

Dj Hugo Seppi 

Polo Funk Master

Teatro Usina Geradora – O Auto da Barca do Inferno

Teatro de Boneco

Sarau Poetizas

 

Domingo – 13/12

Fierce Dance 

Banda Hakavuna 

Banda Laranja Oliva

Teatro Usina Geradora – O Auto da Barca do Inferno

 

Serviço

Mercado Mundo Mix em Campinas

Data: 12 e 13 de dezembro, das 10h às 21h.

Local: Estação Cultura – Praça Marechal Floriano Peixoto, s/nº, Centro. Campinas/SP

Entrada e estacionamento gratuitos

Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98