Nossa Cidade

Protesto de Hortolândia tem Habeas Corpus preventivo para a realização da marcha

P1230014O Juiz do Foro Distrital de Hortolândia, Luiz Mario Móri Domingues, concedeu liminar para Habeas Corpus, visando a prevenção contra a chamada prisão para averiguação, rotineira efetuada pela policia militar, aos organizadores do movimento “Movimenta Hortolândia”.

Representantes do movimento estiveram na manhã de sexta feira (21) no estúdio da Rádio Comunicativa FM, durante o programa Cidadão em Foco para esclarecer à população de Hortolândia, a cerca da organização do protesto que será realizado a partir das 16hs desse mesmo dia, em frente a prefeitura de Hortolândia.

Segundo um dos membros presente na entrevista, David Menesses, o protesto de hoje está sendo organizado de forma coletiva e não violenta e visa as seguintes reinvindicações:

– Passagem a 1 real com Subsídio ZERO para as empresas;
– Aumento dos itinerários e linhas de ônibus na cidade;
– Contra a precarização do transporte público municipal;
– Contra o monopólio das empresas de transporte (a favor do transporte alternativo!);
– Por ônibus adaptados que garantam a acessibilidade de todos;
– Por um sistema de transporte realmente público, eficiente e de qualidade;
– Por uma política sustentável de mobilidade (ciclovias e eco-bikes);
– Contra a violência da PM nas mobilizações em defesa do transporte público;
– Solidariedade aos presos políticos do Movimento Passe Livre.

O ponto de concentração será em frente ao paço municipal e a partir das 16hs, os manifestantes se dirigirão até a rotatória da SP 101 que dá acesso à Hortolândia, passando por avenidas de grande movimento da cidade.

Sair da versão mobile