Connect with us

Outros

Jeep tem o Compass que o consumidor precisa

Avatar de Redação Portal Hortolândia

Published

on

Compass

Compass: a Stenllantis tem em seu portfólio global as marcas Abarth, Alfa Romeo, Chrysler, Citroën, Dodge, DS Automobiles, Fiat, Jeep, Lancia, Maserati, Opel, Peugeot, Ram, Vauxhall. Por esse motivo seus movimentos no mercado em que atua são sempre muito bem estudados e geralmente tem dado muito certo.

É o caso do Jeep Compass, modelo que o passou pela garagem do Portal Hortolândia, teve sua produção iniciada no Brasil no final de 2016 e desde 2017 lidera com folga o segmento de SUVs médios. Considerando os dez primeiros meses desse ano, o modelo já teve 49,4 mil unidades emplacadas contra 35 mil do Toyota Corolla Cross, o segundo mais emplacado.

Anuncio


Um dos motivos do sucesso do modelo certamente está relacionada com a sua ampla variedade de versões: dez no total, desde as equipadas com motorização flex, passando pelas equipadas com motorização diesel até chegar na equipada com motorização híbrida.

As versões flex são as Sport T270, Longitude T270, Longitude Dark T270 e Limited T270; as diesel são as Longitude TD350 4X4, Longitude Dark TD350 4X4, Limited TD350 4X4 e Trailhawk TD350 4×4; e a híbrida S 4XE PHEV.

Advertisement

A motorização T270 vem sempre em conjunto com o câmbio automático de seis velocidades, potência máxima de 185 cavalos a 5.750 rpm e torque máximo de 270 Nm a 1.750 rpm, fazendo de 0 a 100 km/h em apenas 8,8 segundos e tem nota A de consumo pelo Inmetro.

Já a motorização TD350 4X4 vem equipada com o câmbio de novo velocidades da alemã ZF, com paddle shift que permite a troca de marchas pela borboleta no volante e tem 170 cavalos de potência e 350 Nm de torque. Ele registra um consumo de 10,3 km/l na cidade e 13,5 km/l na estrada e ótima autonomia, com mais de 800 quilômetros com tanque de 60 litros.

Todas as versões com motor TD350 possuem sistema de tração 4×4 Jeep Active Drive Low e traz seletor de terrenos, que permite distribuir o torque de forma seletiva entre os eixos da forma mais adequada para as condições de aderência do piso trafegado, e HDC – Hill Descent Control, que auxilia o motorista em descidas íngremes durante percursos off-road.

Por fim a motorização híbrida plug-in conta com o motor 1.3 turbo a gasolina de 180 cavalos e 27,5 kgfm de torque montado no eixo dianteiro e uma unidade elétrica de 60 cavalos e 25,5 kgfm na traseira, que entregam uma potência combinada é de 240 cavalos.

Advertisement

No design externo a linha Jeep Compass apresentou mudanças significativas no para-choque dianteiro, rodas de todas as versões, lanterna traseira, pintura das partes plásticas, faróis Full LED com assinatura em LED e faróis de neblina em LED desde a linha 2022.

Os faróis entregam sofisticação ao conjunto óptico do Jeep Compass, com performance superior aos bi-halógenos ou xênon, por exemplo, garantindo maior segurança ao dirigir à noite e maior vida útil, acima de 100.000 horas, reduzindo a necessidade de manutenção.

Interno – Compass

Internamente o quadro de instrumentos full digital e HD tem tela de 10,25” e a sua central multimídia conta com maior capacidade de processamento e armazenamento de dados. Com tela de 10,1” Full HD presente em praticamente em todas as versões, ainda apresenta navegação embarcada de série e espelhamento para Android Auto e Apple CarPlay através de conexão sem fio.

compass

A linha Jeep Compass ainda vem equipada com recursos como direção autônoma, controle de velocidade adaptativo (ACC), o alerta de colisão com frenagem automática (FCW), o alerta de mudança de faixa (LDW), o Park Assist e o farol alto automático (AHB).

E dependendo da versão por ter como opcional a frenagem de emergência para pedestres, ciclistas ou motociclistas, detector de fadiga do motorista e reconhecimento de placas.

Advertisement

Além das tradicionais bolsas de ar frontais para motorista e passageiros, o modelo traz também como item de série para todas as versões os airbags laterais e de cortina, o que proporciona ainda mais segurança para seus ocupantes.

Notas Rápidas, por Sérgio Dias

Honda ZR-V estreia no Brasil no competitivo segmento dos SUVs

A Honda decidiu ampliar sua oferta de SUVs no mercado brasileiro com o ZR-V, modelo posicionado entre o HR-V e CR-V que chega na versão Touring equipada com motor 2.0 16V DOHC i-VTEC a gasolina, 161 cavalos de potência e transmissão do tipo CVT, com paddle-shifts para troca de marchas, com preço a partir de R$ 214.500,00.

Embora não ofertada no Brasil, o Honda ZR-V tem versão com motorização híbrida que entrega mais eficiência. Apenas no item consumo, de acordo com o PBEV – Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular, o ZR-V daqui faz 10,2 km/l na cidade e 12,1 km/l na estrada, enquanto o híbrido faz 17,2 km/l.

Advertisement

Audi confirma venda no Brasil em 2024 do RS 6 Avant Performance

A Audi anuncia o lançamento no Brasil no primeiro semestre de 2024 do novo RS 6 Avant Performance com preço a partir de R$ 1.193.990,00 na venda direta.

O propulsor 4.0 litros TFSI V8 biturbo agora é equipado com turbo-compressores maiores e um ajuste fino de software de controle do motor e transmissão para respostas ainda mais rápidas do conjunto mecânico.

Mitsubishi atualiza no mercado brasileiro a linha Pajero Sport 2024

A linha Mitsubishi Pajero Sport teve suas versões atualizadas no mercado brasileiro e agora é oferecida nas configurações HPE, com preço a partir de R$ 339.990,00; HPE-S, com preço a partir de R$ 369.990,00; e a nova Legend, com preço a partir de R$ 409.990,00.

Todas as versões são equipadas com motor MIVEC 2.4L turbo diesel, com 190 cavalos de potência e 43,9 kgf.m de torque, além da transmissão automática de oito velocidades com opção de trocas sequenciais por meio dos Paddle Shifters atrás do volante.

Advertisement

Range Rover Velar chega em versão única e híbrida na linha 2024

A Range Rover aproveitou a abertura da “Range Rover Boutique”, espaço de luxo da marca no shopping Iguatemi, São Paulo, para apresentar a linha Velar 2024, que será comercializada apenas na versão Dynamic HSE com preço a partir de R$ 643.950,00.

O Range Rover Velar Dynamic HSE 2024 é equipado com a motorização 2.0 PHEV de 404 cavalos e câmbio automático de oito velocidades. O híbrido plug-in tem autonomia puramente elétrica de até 64 quilômetros.

Scania investe e dobra capacidade física de centro logístico no Brasil

A Scania vai investir R$ 65,7 milhões para ampliação de seu centro logístico de peças de reposição localizado em Vinhedo, São Paulo. A iniciativa visa aumentar o número de mercados atendidos a partir do Brasil, além de melhorar a eficiência dos processos e fluxos e preparar o armazém para receber itens relacionados a novos produtos, como, por exemplo, os veículos elétricos.

“Hoje somos responsáveis por abastecer 180 pontos de atendimento no país, somados aos destinos internacionais da Bélgica, África do Sul, América Central e sete Unidades de Negócio da Scania na América do Sul. Com este aporte estamos nos preparando para o futuro, com foco sempre na garantia da disponibilidade para os clientes”, conta Paulo Moraes, Vice-Presidente de Vendas e Marketing da Scania para a América Latina.

Advertisement

Stellantis vai equipar o novo Citroën C3 Aircross com motor turbo

A Stellantis confirmou que o novo Citroën C3 Aircross para até sete pessoas será equipado com motor Turbo 200 de até 130 cavalos e 200 Nm de torque. Essa motorização será oferecida sempre com câmbio automático CVT de sete marchas com gerenciamento inteligente e opção de trocas sequenciais.

Além da motorização, o Citroën C3 Aircross tem um visual marcante, excelente espaço interno, terceira fileira com assentos removíveis e o maior porta-malas entre seus rivais diretos. O modelo desenvolvido na América do Sul e produzido no Polo Industrial da Stellantis em Porto Real (RJ).

Abarth amplia família no Brasil com o novo Fastback

A Abarth apresentou o Fastback, segundo modelo da marca no mercado brasileiro que chega equipado com escapamento duplo esportivo, central multimídia de 10,1″ com serviços conectados, paddle shifters, sistemas avançados de assistência à direção, freio de mão eletrônico com Auto Hold e carregador por indução.

O Abarth Fastback chega equipado com motor Turbo 270 e transmissão automática de seis velocidades, que entrega até 185 cavalos de potência quando abastecido com etanol e 270Nm, capaz de acelerar o modelo de 0 a 100 km/h em apenas 7,6 segundos, com velocidade máxima de 220km/h com etanol.

Advertisement

Renault Group e Valeo desenvolvem em conjunto nova geração de motor elétrico

O Renault Group continua avançando com o desenvolvimento da terceira geração de motores elétricos, que conta com a parceria da Valeo, que está contribuindo com sua expertise em matéria de estatores.

Graças aos frequentes intercâmbios entre a montadora e o fabricante de componentes automotivos, a parceria iniciada em 2021 rapidamente se transformou em desenvolvimento conjunto. Cada empresa contribuiu com sua expertise e um componente-chave para o desenvolvimento tecnológico e produção: o Renault Group com o rotor e a Valeo com o estator.

Texto: Sérgio Dias

Fotos: Sérgio Dias

Advertisement
Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98

Outros

R$ 10 mil de bonus no BYD Dolphin Mini, confira:

Avatar de Redação Portal Hortolândia

Published

on

Dolphin Mini

O aguardado BYD Dolphin Mini, o carro elétrico urbano mais acessível da BYD, está agora disponível para reservas no Brasil. Em um anúncio emocionante feito durante o programa Domingão com Luciano Huck, no último domingo (25), na TV Globo, a montadora chinesa revelou que as reservas estão sendo aceitas através da plataforma Mercado Livre, em um lote inicial limitado antes do lançamento oficial agendado para o dia 28 de fevereiro.

Os consumidores interessados em garantir uma das primeiras unidades do Dolphin Mini podem fazer sua reserva no Mercado Livre, onde os primeiros compradores serão agraciados com um bônus especial de R$ 10.000. Embora o preço oficial ainda não tenha sido divulgado, informações obtidas pelo InsideEVs Brasil indicam que o compacto chinês será altamente competitivo no mercado nacional.

Anuncio


Inicialmente, especula-se que o preço de tabela do Dolphin Mini partirá de R$ 98.900, estabelecendo-o como o carro elétrico mais acessível disponível no Brasil. Entretanto, é importante notar que o modelo inicial será configurado com quatro lugares. No entanto, concessionários revelaram ao InsideEVs.com que um segundo lote está em preparação, trazendo unidades com capacidade para cinco passageiros, ainda em processo de homologação.

Com isso, os primeiros compradores serão beneficiados com um preço ainda mais atrativo, estimado em R$ 89.000, justificando assim o bônus anunciado de R$ 10.000 para os primeiros reservistas. Este movimento promete tornar o BYD Dolphin Mini uma opção ainda mais tentadora para os consumidores interessados em adotar a mobilidade elétrica no Brasil.

Advertisement
Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98
Continue Reading

Outros

Favorito dos brasileiros Hyundai i30 N é incrível, mas não deve lançado no Brasil

Avatar de Redação Portal Hortolândia

Published

on

Hyundai i30

O Hyundai i30 N 2024 se destaca como um dos principais representantes da marca no segmento de hatches esportivos. No entanto, é lamentável que este modelo não esteja disponível no Brasil e, até o momento, não haja qualquer previsão de lançamento por aqui. Essa ausência deixa os entusiastas brasileiros do automobilismo na expectativa por uma possível chegada deste carro que promete agitar o mercado com sua performance e estilo.

Ao dar o primeiro olhar no i30 N, somos instantaneamente cativados pelo seu visual agressivo, repleto de detalhes que exalam esportividade. As rodas de 19 polegadas, os pneus 235/35 e os elementos de design exclusivos, como o aerofólio e o duplo escape, são apenas alguns dos destaques que conferem uma identidade única a este modelo.

Anuncio


Sob o capô, o i30 N abraça seu espírito rebelde com um motor 2.0 turbo capaz de entregar 280 cavalos de potência, colocando-o lado a lado com os melhores do segmento. E não é só potência bruta, o i30 N também oferece uma experiência de direção emocionante, com uma velocidade máxima de 250 km/h que desafia qualquer limite.

No interior, somos recebidos por um ambiente que combina conforto e tecnologia de forma sublime. Os bancos esportivos, com o emblema N iluminado, prometem suporte em cada curva, enquanto a central multimídia oferece uma série de recursos que mantêm o motorista conectado e informado durante toda a jornada.

Advertisement

Mas o legado do i30 não se restringe apenas a esta nova iteração. No Brasil, o modelo original conquistou os corações dos consumidores desde o seu lançamento em 2009. Equipado com uma lista generosa de itens de série e um motor confiável, o i30 rapidamente se estabeleceu como uma escolha popular entre os brasileiros, destacando-se em um mercado repleto de concorrentes.

Apesar dos desafios enfrentados ao longo do caminho, o apreço dos brasileiros pelo i30 nunca diminuiu, destacando a força e a resiliência deste modelo icônico. Agora, com o lançamento global do i30 N, a Hyundai reafirma seu compromisso em oferecer veículos que combinam desempenho, estilo e inovação, conquistando uma nova geração de entusiastas automotivos em todo o mundo.

Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98
Continue Reading

Outros

Preço dos Carros: Perspectivas de queda com influência da concorrência

Avatar de Redação

Published

on

Carros BYD King

O mercado automobilístico brasileiro encontra-se em um ponto crucial, possivelmente à beira de uma significativa redução nos preços dos carros. Este cenário é impulsionado pela intensificação da concorrência, especialmente com a entrada de montadoras chinesas no país. Historicamente, o Brasil experimentou um fenômeno semelhante na década de 1990, quando a reabertura das importações resultou em uma queda dos preços e um aumento na qualidade dos veículos disponíveis no mercado nacional.

A década de 1970 marcou o início de uma era de protecionismo no Brasil, com a interrupção das importações de automóveis para fortalecer a indústria nacional. Durante anos, apenas três montadoras tinham permissão para operar no país, resultando em uma estagnação do setor. Essa limitação de escolha manteve os preços elevados e a inovação em baixa, cenário que só começou a mudar com a liberalização das importações duas décadas depois.

Anuncio


A reentrada de carros importados no mercado brasileiro pressionou as montadoras nacionais a melhorarem seus produtos e reduzirem seus preços para se manterem competitivas. Agora, a história parece se repetir com a chegada de novas montadoras chinesas, que prometem oferecer veículos de qualidade a preços mais acessíveis, forçando novamente uma revisão dos preços praticados pelas marcas estabelecidas.

Além disso, fatores como a redução no custo dos componentes, a estabilização do dólar e a diminuição dos custos logísticos contribuem para um cenário favorável à redução dos preços dos automóveis. Este conjunto de fatores sugere que estamos à beira de uma nova era no mercado automobilístico, onde a concorrência poderá beneficiar significativamente os consumidores.

Advertisement
Reembolso para motoristas licenciamento do carros

Entretanto, é preciso considerar se essa potencial queda nos preços será suficiente para tornar os carros mais acessíveis à população ou se apenas refletirá uma adequação ao novo panorama econômico e competitivo. O impacto real dessa mudança no mercado dependerá de diversos fatores, incluindo a capacidade das montadoras nacionais de se adaptarem e competirem em igualdade de condições com as marcas estrangeiras.

Confira a analise detalhada do Primo Rico no vídeo: PREÇO DOS CARROS VAI DESPENCAR? | O QUE ESTÁ ACONTECENDO?

Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98
Continue Reading

Populares

Copyright © Portal Hortolândia