Desempregado pede copo de água e aproveita para furtar celular

O desempregado F. H. D., de 24 anos, foi preso na tarde de segunda-feira, após furtar um aparelho celular em um bar no Jardim Santana, em Hortolândia. O acusado teria pedido um copo de água para a vítima, a comerciante S. B. A., de 42 anos, e aproveitou um momento de distração para furtar o aparelho celular. No entanto, ele acabou sendo preso pela PM.

Anuncio


O aparelho estava carregando em cima do balcão do comércio. Acreditando que o rapaz estava com sede, a comerciante se afastou. Mas quando voltou, o aparelho havia sido furtado.

Após furtar o celular, o suspeito saiu correndo e se escondeu dentro de uma igreja, onde ele foi flagrado pela PM. Para os agentes, ele alegou que estava pernoitando nas dependências do templo e acabou sendo preso em flagrante por furto.

O indiciado ainda afirmou que havia furtado o celular para usar e não para vender, “pois não tinha celular”.

O delegado responsável pelo plantão, Diego Bini, arbitrou fiança criminal no valor de R$ 1.500, mas o valor não foi apresentado na delegacia, sendo assim, o indiciado foi encaminhado para a Cadeia Pública de Sumaré.

Sair da versão mobile