Desempregado é encontrado morto em ‘acampamento’ no Jardim Amanda

O desempregado Fabrício de Oliveira Vaz, de 27 anos, foi encontrado morto na noite de terça-feira, em um “acampamento”, em uma área verde no Jardim Amanda, em Hortolândia. O corpo, com vários tiros, estava em uma barraca improvisada. Na roupa da vítima, a Guarda Civil Municipal encontrou um cachimbo, geralmente utilizado por usuários de crack.

Segundo a GCM, durante a noite, foram acionados após uma denúncia informando que havia um corpo no local. Ao chegar ao matagal, os agentes se depararam com um “acampamento” e dentro da barraca de lona estava o corpo do rapaz.

Anuncio


Com a qualificação da vítima, os agentes conseguiram acionar a família, que reconheceu o corpo como sendo do desempregado, que segundo a polícia, era usuário de drogas.

Os agentes não souberam informar a data e a hora do crime, visto que não havia nenhuma testemunha ocular do crime. O corpo foi removido e encaminhado para o IML (Instituto Médico Legal), onde passou por exames necroscópicos e será enterrado no Cemitério Parque de Hortolândia.

A perícia técnica do IC (Instituto de Criminalística) foi acionada e esteve no local. Apenas o cachimbo foi apreendido. Nenhum projétil deflagrado foi encontrado no local.

O caso foi registrado no Plantão Policial de Hortolândia e será encaminhado para o 2º Distrito Policial do Município. A Polícia Civil trabalha com a hipótese de dívida com o tráfico de drogas, mas nada foi confirmado.

Até o fechamento desta edição, nenhum responsável pelo crime havia sido identificado.

Sair da versão mobile