Policial

Bandido assalta residência, mas é espancado pelas vítimas em Hortolândia

portal_delegacia-hortolandia

A Polícia Militar de Hortolândia prendeu na manhã de sexta-feira, o desempregado André Luis Ribeiro Correa Fernandes, de 23 anos, acusado de assaltar uma residência na Vila Real, em Hortolândia. O criminoso estava na companhia de um comparsa, porém, na hora da fuga, acabou sendo detido pelas vítimas, que espancaram o crimino. O outro ladrão abandonou o companheiro e fugiu em uma motocicleta.

De acordo com a PM, por volta das 11h, o indiciado e um comparsa, em uma motocicleta, renderam o pintor A. L. M. O., de 25 anos,  e seu irmão, o desempregado L. M. O., de 2º anos, em frente a residência dos irmãos. O indiciado estava armado com uma faca e o comparsa com um revólver e, sob grave ameaça, obrigaram as vítimas a entrarem para o interior da casa. Já em seu interior, os marginais passaram a recolher diversos eletrônicos, entre vídeogame, celulares e máquina de fotografia. Após pegar os produtos, os bandidos saíram em direção à saída. Porém, o indiciado acabou sendo imobilizado pelas vítimas. O comparsa se assustou e tomou a direção da motocicleta, fugindo do local e abandonando o “amigo”. O bandido e os irmãos entraram em luta corporal, momento em que o marginal foi espancado pelas vítimas. Vizinhos ouviram o barulho e acionaram a PM. A polícia chegou e viu o trio no chão, com o criminoso rendido. O indiciado recebeu voz de prisão em flagrante por roubo e foi levado para a cadeia Pública de Sumaré, onde aguardará transferência para uma unidade prisional. Os objetos foram apreendidos e devolvidos a vítima. A faca usada no crime também foi apreendida e encaminhada ao IC (Instituto de Criminalística), em Americana. O criminoso e as vítimas passarão por exame de corpo de delito no IML (instituto Médico Legal), em Americana.




Para mais notícias, eventos e empregos, siga-nos no Google News (clique aqui) e fique informado

Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98